Infância, experiência e rememoração: encontros com a música Yiddish

  • Aline Faria Silveira
  • Sonia Kramer
Palavras-chave: Yiddish, Música Yiddish, Infância

Resumo

Este artigo resulta de uma pesquisa sobre língua e música Yiddish realizada no Brasil. Seu contexto é a revalorização recente da língua Yiddish em diversos países, por jovens judeus e não judeus. O primeiro item sintetiza o referencial teórico-metodológico da pesquisa baseado nos estudos da linguagem, na teoria crítica da cultura e na filosofia do diálogo e analisa conceitos de linguagem, infância e rememoração, com base em Walter Benjamin, Mikhail Bakhtin e Martin Buber. O segundo trata de Yiddish e de música Yiddish. Reconhecida como língua em 1750, a densa literatura Yiddish atravessa culturas e penetra na música: muitas canções são poemas musicados. As letras das canções registram a história de comunidades judaicas do século 19 até os dias de hoje. O terceiro trata de crianças e de lembranças, e analisa letra e melodia de quatro canções nas quais emergem memórias e concepções de infância; brincadeiras e humor; medo e esperança. E resistência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. Trad. Maria Ermantina Galvão Gomes Pereira. São Paulo: Martins Fontes, 1992.
BAKHTIN, Mikhail. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. Trad. Yara Frateschi Vieira. São Paulo: Hucitec, 1999.
BELK, Samuel. A memória e a história do ‘Shteitl’ na canção popular judaica. Mestrado Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaica. USP, 2003.
BENJAMIN, Walter. Documentos de cultura, documentos de barbárie: escritos escolhidos. Trad. Celeste H. M. Ribeiro de Sousa et al. São Paulo: Cultrix/Edusp, 1986.
BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas I. Magia e técnica. Arte e política. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1987a.
BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas II. Rua de Mão Única. Trad. Rubens Torres Filho e José Carlos Martins Barbosa. São Paulo: Brasiliense, 1987b.
BENJAMIN, Walter. Reflexões: a criança, o brinquedo, a educação. Trad. Marcus Vinícius Mazzari. São Paulo: Summus, 1984
BINES, Rosana Kohl. Assombrações da infância com Boltanski e Benjamin. Alea: Estudos Neolatinos (On-line), v. 17, p. 227-245, 2015.
BUBER, Martin. El caminho del ser humano y otros escritos. Trad. Carlos Díaz. Salamanca: Kadmos, 2004.
BUBER, Martin. Do diálogo e do dialógico. Trad. Marta Ekstein de Souza Queiroz e Regina Weinberg. Campinas: Perspectiva, 2009.
BUBER, Martin. Sobre comunidade. Trad. Newton Aquiles von Zuben. Campinas: Perspectiva, 2012.
GOUSSINSKY, Sonia. Era uma vez uma voz: o cantar ídiche, suas memórias e registros no Brasil. Tese de Doutorado USP/ Pós-Graduação em Estudos Judaicos e Árabes, 2012.
GUINSBURG, Jacob. Aventuras de uma língua errante. Campinas: Perspectiva, 1996.
HARSHAV, Benjamin. O significado do Ídiche. Trad. Jacó Guinsburg. Campinas: Perspectiva, 1994.
HESKES, Irene. Passport to Jewish Music: Its History, Traditions and Culture. Paperback, 2002.
HUIZINGA, Johan. Homo Ludens: o jogo como elemento da cultura. Trad. João Paulo Monteiro. São Paulo: Perspectiva, 1980.
KRAMER, Sonia ; SILVEIRA, Aline ; RIAN, B. (Org.). Viver com Yiddish: Likhtik (iluminado). Rio de Janeiro, 2018.
MLOTEK, Joseph; MLOTEK, G. Eleanor. Pearls of the Yddish Song. Miami: Workers Circle, 1988.
MLOTEK, Eleanor; MLOTEK, Joseph. Songs of Generations. New Pearls of Yddish Songs. New York: The Workmen’s Circle, [s.d.].
MLOTEK, Eleanor. Mir Trogn a Gezang: Favorite Yddish Songs. New York: Workmen’s Circle, 2000.
RUBIN, Ruth. Voices of a people: The Story of Yiddish Folksong. New York: Mcgraw-Hill Book Company, 1973.
SCHUBACK, Marcia Sá. A língua do começo. In: ______. Ensaios de longe. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2011.
STROM, Yale. The Essential Klezmer. Chapel Hill: Algonquin Books, 2000.
STROM, Yale. The Book of Klezmer: The History, The Music, The Folklore. Chicago: Chicago Review Press, 2011.
YIVO INSTITUTE FOR JEWISH RESEARCH. Basic Facts about Yiddish. New York, 2014.
Publicado
2020-06-02
Como Citar
Silveira, A. F., & Kramer, S. (2020). Infância, experiência e rememoração: encontros com a música Yiddish. Arquivo Maaravi: Revista Digital De Estudos Judaicos Da UFMG, 14(26), 2-19. https://doi.org/10.35699/1982-3053.2020.21705