O assombro e a profecia na poética de Primo Levi

Autores

  • Karla Louise de Almeida Petel

DOI:

https://doi.org/10.35699/1982-3053.2022.40571

Palavras-chave:

Poética de Primo Levi, Assombro, Profecia, Shoá

Resumo

O italiano e sobrevivente do Holocausto, Primo Levi, é considerado o maior expoente da prosa testemunhal do pós-guerra. Seu trabalho poético, entretanto, parece estar localizado no vértice disso: caracterizando-se a priori como mais esporádico e menos conhecido. Este artigo objetiva, portanto, pensar qual o seu lugar na linha do tempo e no quadro de suas produções literárias. A pesquisa aborda também os principais aspectos da poesia de Levi, tanto no que diz respeito à forma como no que concerne ao conteúdo. Para tanto, analisa-se, em termos gerais, as linhas de força que constroem sua identidade como escritor de textos em versos, através de dois temas que potencialmente se alastram pelos seus poemas – o assombro e a profecia (cuja relação com a experiência do Lager está dada). A partir desse par temático, desdobram-se outros tópicos associados, que serão também contemplados através de uma reflexão crítica e interpretativa, perfazendo ainda um caminho de busca pelo inconsciente dos textos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O que resta de Auschwitz: o arquivo e a testemunha (Homo Sacer III). Tradução de Selvino J. Assman. São Paulo: Boitempo, 2008.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Tradução de Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 2012. (Obras Escolhidas, V. 1)

BENJAMIN, Walter. Sobre a linguagem em geral e sobre a linguagem do homem. In: BENJAMIN, Walter. Escritos sobre mito e linguagem (1915-1921). Tradução de Susana Kampff Lages e Ernani Chaves. Jeanne Marie Gagnebin (org.). 2ª. ed. São Paulo: Duas cidades; Editora 34, 2013.

DIAS, Maurício Santana. A poesia de um sobrevivente. In: LEVI, Primo. Mil sóis: poemas escolhidos. Rio de Janeiro: Todavia, 2019.

GROSSMAN, David. Ver: Amor. Tradução de Nancy Rozenchan. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

LEVI, Primo. É isto um homem?. Tradução de Luigi Del Re. Rio de Janeiro: Rocco, 1988.

LEVI, Primo. Mil sóis: poemas escolhidos. Seleção, tradução e apresentação de Maurício de Santana Dias. São Paulo: Todavia, 1ª Ed., 2019.

MACÊDO, Lucíola Freitas de. Primo Levi: sonho, poesia e política. Arquivo Maaravi: Revista Digital de Estudos Judaicos da UFMG. Belo Horizonte, v. 13, n. 25, nov. 2019.

RODRIGUES, Breno Fonseca. A poesia como herança genética em Primo Levi. Annales FAJE, Belo Horizonte-MG, v. 4, n. 3, 2019.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Narrar o trauma – A questão dos testemunhos de catástrofes históricas. Psic. Clin., Rio de Janeiro, v. 20, n. 1, p. 65-82, 2008.

Downloads

Publicado

2022-07-26

Como Citar

Louise de Almeida Petel, K. . (2022). O assombro e a profecia na poética de Primo Levi. Arquivo Maaravi: Revista Digital De Estudos Judaicos Da UFMG, 16(30), 35–51. https://doi.org/10.35699/1982-3053.2022.40571

Edição

Seção

Artigo-Dossiê