Compensação e deficiência no pensamento de Alfred Adler (1870-1937)

  • Daniela Leal Faculdade Paulista de Arte
  • Mitsuko Aparecida Makino Antunes Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Palavras-chave: compensação; deficiência; história da psicologia

Resumo

Por volta do ano de 1907, Alfred Adler descreveu pela primeira vez o conceito de compensação ao expor sua teoria sobre o sentimento de inferioridade. Para ele, o estudo sobre a compensação psíquica foi o ponto de partida para novas questões sobre as relações entre indivíduo, família, sociedade, corpo e alma no âmbito da psicologia individual. No que se refere especificamente à deficiência, pode-se dizer que sua teoria permitiu criar novos caminhos para que fossem superadas as concepções pautadas na perspectiva da insuficiência, para se pensar em uma relação desenvolvimento-aprendizagem mais efetiva. Para tanto, objetiva-se, neste artigo, baseado em pesquisa de cunho histórico, de natureza documental, tendo como principal fonte de dados os escritos de Adler, apoiados por alguns de seus comentadores, apresentar um estudo sobre a teoria adleriana, o conceito de compensação e sua importância para a psicologia da educação, particularmente no que diz respeito à compreensão da deficiência e à intervenção pedagógica.

 

Biografia do Autor

Daniela Leal, Faculdade Paulista de Arte
mestre e doutora em Educação: Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). É docente na Faculdade Paulista de Artes no Curso de Formação de Professores e pesquisadora no Núcleo de Estudos em História da Psicologia (NEHPSI) da PUC-SP.
Mitsuko Aparecida Makino Antunes, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
mestre em Filosofia da Educação e doutora em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É pesquisadora e docente titular do Programa de Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Referências

Adler, A. (1948). Guiando al niño según los principios de la psicología del individuo(R. J. Velzi, Trad.). Buenos Aires: Paidos. (Original publicado em 1930).

Adler, A. (1954). La psicología individual en la escuela. Em L. Luzuriaga (Org.). Ideas Pedagógicas del Siglo XX(pp. 69-79). Buenos Aires: Nova. (Original publicado em 1930).

Adler, A. (1956). La compensation psychique de l’etat d’inferiorite des organes suivi de le problème de l’homosexualité(H. Schaffer, Trad.). Paris: Payot. (Original publicado em 1917).

Adler, A. (1959). La psicología individual y la escuela(J. Salas, Trad.). Buenos: Aires: Losada. (Original publicado em 1930).

Adler, A. (1967). A ciência da natureza humana(G. Rangel & A. Teixeira, Trad.s). São Paulo: Companhia Editora Nacional. (Original publicado em 1927).

Adler, A. (1968a). Ventajas e desventajas del sentimiento de inferioridad.Em A. Adler. Superioridad e interes social:una colección de sus últimos escritos(pp. 53-59).(H. L. Ansbacher & R.R. Ansbacher, Org.s;M.M.Penaloza, Trad.). México: Fondo de Cultura Económica. (Original publicado em1933).

Adler, A. (1968b). Tipología del enfrentamiento a los problemas de la vida. Em A. Adler. Superioridad e interes social:una colección de sus últimos escritos(pp. 66-69).(H. L. Ansbacher & R.R. Ansbacher, Org.s;M.M.Penaloza, Trad.).México: Fondo de Cultura Económica.(Original publicado em 1935).

Adler, A. (1968c). El progreso de la humanidad. Em A. Adler. Superioridad e interes social:una colección de sus últimos escritos(pp. 31-35).(H. L. Ansbacher & R.R. Ansbacher, Org.s;M.M.Penaloza, Trad.).México: Fondo de Cultura Económica.(Original publicado em 1937).

Adler, A. (1968d). Breves comentarios sobre razón, inteligencia y debilidad mental. Em A. Adler. Superioridad e interes social:una colección de sus últimos escritos(pp. 46-52).(H. L. Ansbacher & R.R. Ansbacher, Org.s;M.M.Penaloza, Trad.).México: Fondo de Cultura Económica. (Original publicado en 1928).

Adler, A. (1993). El carácter neurótico(A. V. Ritter-Zahóny & P. F. Valdés, Trad.s). Barcelona/ Buenos Aires/México: Paidos. (Original publicado em 1912).

Adler, A. (2012). Study of organ inferiority and its psychical compensation: a contribution to clinical medicine (S. E. Jelliffe, Trad.).Charleston, Estados Unidos da América: Nabu Press. (Original publicado em 1917).

Alfred Adler Institutes. (s.d.). Biographical sketch of Alfred Adler. Bellingham, Estados Unidos da América: Alfred Adler Institutes of San Francisco &Northwestern Washington.Recuperado em 30 de setembro, 2014, de www.adlerian.us/adler.htm.

Ansbacher, H. L. & Ansbacher, R. R. (1968). Prólogo. Em A. Adler. Superioridad e interes social:una colección de sus últimos escritos(pp. 9-12).(H. L. Ansbacher & R.R. Ansbacher, Org.s). México: Fondo de Cultura Económica.

Claparède, E. (1958). A educação funcional(5aed.). (J. B. D.Penna, Trad.) São Paulo: Companhia Editora Nacional. (Original publicado em 1931).

Collette, A. (1963). Introdução à psicologia dinâmica: das teoriaspsicanalíticas à psicologia moderna(L. L. Oliveira & J. B. D. Penna, Trad.s). São Paulo: Editora Nacional. (Original publicado em 195[¿]).

Friedrich, S.M.(2009). Alfred Adler (1870 –1937). Rio de Janeiro: Federação Brasileira de Psicanálise. Recuperado em 30 de setembro, 2014, de www.febrapsi.org.br/biografias/alfred-adler/.

Furtmüller, C. (1968). Alfred Adler: un ensayo biográfico de Carl Furtmüller. Em A. Adler. Superioridad e interes social:una colección de sus últimos escritos(pp. 269-341).(H.L. Ansbacher & R.R. Ansbacher, Org.s;M.M.Penaloza, Trad.).México: Fondo de Cultura Económica.

Leal, D. (2015). Compensação e cegueira: um estudo historiográfico. Jundiaí, SP: Paco.

Leal, D. (2013). Compensação e cegueira: um estudo historiográfico. Tese de Doutorado, Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, SP.

Ramos, A. (1939). A creança problema: a hygiene mental na escola primaria(Coleção Actualidades pedagógicas, Vol.37). São Paulo: Companhia Editora Nacional.

Stein, H. T. &Edwards, M. E. (1998). Classical adlerian theory and practice. Bellingham, Estados Unidos da América: Alfred Adler Institutes of San Francisco &Northwestern Washington.Recuperado em01 de outubro, 2014, de www.adlerian.us/theoprac.htm.

Vries, S. (1951). Some basic principles of individual psychology. Bellingham, Estados Unidos da América: Alfred Adler Institutes of San Francisco & Northwestern Washington.Recuperado em 01 de outubro, 2014, de www.adlerian.us/basic.htm.

Publicado
2015-10-01
Como Citar
Leal, D., & Antunes, M. A. M. (2015). Compensação e deficiência no pensamento de Alfred Adler (1870-1937). Memorandum: Memória E História Em Psicologia, 29, 13-33. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/memorandum/article/view/6503
Seção
Artigos