Representações formais do conhecimento aplicadas à interoperabilidade semântica de terminologias clínicas

  • Jeanne Louize Emygdio Universidade Federal de Minas Gerais
  • Maurício Barcellos Almeida Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Interoperabilidade semêntica, Terminologias clínicas, Representação do conhecimento, Ontologias formais

Resumo

Apresenta-se uma pesquisa em andamento cujo propósito é o de demonstrar por meio de um experimento, que abordagens ontológicas podem ser melhores do que as de caráter puramente linguístico para fins de interoperabilidade semântica. A metodologia envolve uso de métodos léxicos e estruturais para combinar, mapear, alinhar e integrar terminologias clínicas, sob o enfoque linguístico e sob o enfoque ontológico. Prevê-se uma análise qualitativa dos dados, através da mensuração do grau de eficiência de cada abordagem para prover integração entre as terminologias clínicas. Espera-se obter contribuições teóricas que permitam: i) a descoberta e distinção dos aspectos ontológicos e epistêmicos inerentes às terminologias clínicas, ii) dos desafios epistêmicos à interoperabilidade semântica e iii) a relevância da abordagem ontológica para mitigar tais problemas. Em última instância, espera-se obter uma ontologia computacional de integração entre o SNOMED CT e a CID no âmbito obstétrico, a ser distribuída publicamente, em formato aberto e documentada.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-02-03
Como Citar
EMYGDIO , J. L.; ALMEIDA , M. B. Representações formais do conhecimento aplicadas à interoperabilidade semântica de terminologias clínicas. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, v. 9, n. 2, 3 fev. 2020.