Aporte da linguística no mapeamento dos sentidos dos verbos em tesauros

Autores

Palavras-chave:

Teoria da Valência Verbal, Estrutura Qualia, Refinamento das relações semânticas, Tesauros, Sistemas de organização do conhecimento

Resumo

O sistema conceitual nos tesauros é formado das relações semânticas. O refinamento delas exige a sua explicitação, quando são evocadas por expressões verbais, conforme indicado por Soergel et al. (2004), Lauser et al. (2006) e Maculan (2015). Nesse contexto, é preciso considerar as valências verbais, que se referem aos valores semânticos que eles podem emanar, sendo necessário impor restrições para o controle de significação dentro de um domínio. Vista a dificuldade de compreensão sobre a valência semântica, este estudo busca contribuir no entendimento desse problema, a partir da análise de dois aportes linguísticos: Teoria da Valência Verbal e a Estrutura Qualia, questão inicialmente levantada por Maculan (2015). A metodologia adota a Análise de Conteúdo e critérios para construção do corpus, tecnologia utilizada para compilação, análise para atribuição da valência verbal e dos papéis Qualia e verificação do real sentido em um tesauro específico. Os resultados confirmaram a contribuição dos argumentos na identificação das relações semânticas entre objetos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMARAL, L. A. M. Um modelo de restrições semântico-selecionais para sistemas de processamento automático de linguagem natural. Veredas, Revista de Estudos Linguísticos, Juiz de Fora, v. 5, n. 2, p. 31-45, 2009.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Tradução de L. de A. Rego e A. Pinheiro. Lisboa: Edições 70, 2006. (Obra original publicada em 1977).

BERNERS-LEE, T.; HENDLER, J.; LASSILA, O. The semantic web. Scientific American, New York, v. 284, n. 5, p. 34-43, May 2001.

BORBA, F. S. et al. Dicionário gramatical de verbos do Português contemporâneo. São Paulo: UNESP, 1990.

BORBA, F. S. Uma gramática de valências para o português. São Paulo: Ática, 1996.

BOSERUP, E. The conditions of agricultural growth: the economics of agrarian change under population pressure. Chicago: Aldine, 1965.

CANÇADO, M. Manual de Semântica: noções básicas e exercícios. São Paulo: Contexto, 2012.

DAHLBERG, I. Teoria do conceito. Tradução Astério Tavares Campos. Ci. Inf., Rio de Janeiro, v. 7, n. 2, p. 101-107, 1978.

FARINELLI, F.; MELO, S.; ALMEIDA, M. B. Interoperabilidade semântica em sistemas de informação de saúde por meio de ontologias formais e informais: um estudo da norma OPENEHR. In: XVI ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 17., 20 1 25 de novembro de 2016, Universidade Federal da Bahia. Anais… Salvador: ENANCIB, 2016.

FILLMORE, C. J. Frame semantics. In: LINGUISTICS IN THE MORNING CALM, selected papers from SICOL-198. Proceedings… Soeul: Linguistic Society of Korea, 1982. p. 111-137.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1994.

GOMES, H. E. (Coord.). Manual de elaboração de tesauros monolíngues. Brasília: Programa Nacional de Bibliotecas das Instituições de Ensino Superior, 1990.

GREEN, R. Overview of relationships in knowledge organization. In: BEAN, C. A.; GREEN, R. (Ed.). Relationship in knowledge organization. Dordrecht: Kluwer, 2001. Chapter 1, p. 3-18.

LANGACKER, R. Foundations of cognitive grammar: descriptive application. Stanford, CA, USA: Stanford University Press, 1991. v. 2.

LAUSER, B. et al. From Agrovoc to the agricultural ontology service: concept server an OWL model for creating ontologies in the agricultural domain. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON DUBLIN CORE AND METADATA APPLICATIONS, 2006, Colima, Mexico. Proceedings… México: DCMI, 2006.

MACULAN, B. C. M. S.; LIMA. G. Â. B. O. Relacionamentos em tesauros: o valor semântico dos verbos. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 19, n. 4, p. 182-201, out./dez. 2014.

MACULAN, B. C. M. S. Estudo e aplicação de metodologia para reengenharia de Tesauro: Remodelagem do Thesagro, 2015. 345f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação), Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG, Belo Horizonte, 2015.

MACULAN, B. C. M. S. et al. Refinamento de relações em tesauros: reengenharia do THESAGRO. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 16., 2015, João Pessoa. Anais... João Pessoa: UFPB, 2015.

NUNES, F. R. E. Proposta de filtros cognitivos a partir dos aportes da Teoria da Valência Verbal e dos Papéis Qualia para mapear os sentidos dos verbos que expressam as relações semânticas em Tesauros. 2019. 153f. Dissertação (Mestrado, área de concentração Ciência da Informação) – Programa de Pós-Graduação em Gestão & Organização do Conhecimento, Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte: UFMG, 2019.

PERINI, M. A. 2003. Sobre o conceito de ‘item léxico’: uma proposta radical. In: ALBANO, E. et al. (Org.). Saudades da Língua. Campinas: Mercado de Letras, 2003. p. 285- 310.

PERINI, M. A. Estudos de gramática descritiva: as valências verbais. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

PERINI, M. A. Describing verb valency: practical and theoretical issues. New York: Springer Cham Heildeberg, 2015.

PERINI, M. A. Projeto Valências Verbais do Português (VVP). (Em elaboração).

PROJETO ADESSE. Disponível em: www.adesse.uvigo.es HYPERLINK "http://www.adesse.uvigo.es/". Acesso em: 4 jun. 2018.

PUSTEJOVSKY, J. The generative lexicon. Cambridge: The MIT, 1995.

PUSTEJOVSKY, J. Generativity and explanation in semantics: a reply to Fodor and Lepore. Linguistic Inquiry, Cambridge, v. 29, n. 2, p. 289-311, primavera de 1998.

ROTHER, E. T. Revisão sistemática X revisão narrativa. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 20, n. 2, jun. 2007.

SOERGEL, D. et al. Reengineering thesauri for new applications: the AGROVOC example. Journal of Digital Information, v. 4, n. 4, 2004.

Downloads

Publicado

2021-12-04

Como Citar

NUNES, F. R. E. .; MACULAN, B. C. M. dos S. .; ALMEIDA, M. B. . Aporte da linguística no mapeamento dos sentidos dos verbos em tesauros. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, [S. l.], n. Especial, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/moci/article/view/37259. Acesso em: 18 maio. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)