Nanopublicação e indexação: interlocuções semânticas, pragmáticas e discursivas em aplicações metodológicas

Autores

  • Lorena Tavares de Paula

Resumo

A presente tese traz a proposição de uma metodologia, baseada em experimentações, para o desenvolvimento de ambientes de organização de informação em meio digital que possibilitem a indexação de documentos em contexto. O estudo partiu da seguinte indagação: como uma metodologia de organização de informação, baseada na indexação e na nanopublicação, pode orientar a construção de unidades de conteúdos de informação recuperáveis e com coerência semântica, pragmática e discursiva? É apresentado, então, o conceito de nanopublicações (nanopublications) e estabelecida uma interconexão entre esse modelo emergente de representação da informação em ambientes digitais e as diretrizes postuladas pelo processo de indexação de informações. O conceito de nanopublicações, em interface com a indexação, no âmbito dos processos de organização da informação em contexto, objetiva diretrizes para estabelecer mecanismos que viabilizem um modelo de representação de informação em ambientes digitais para a difusão de conhecimentos em rede. Como objetivos específicos, foi identificada a viabilidade metodológica de integração dos princípios de indexação à modelização de Nanopublicações. Também foram analisados os aspectos semânticos, pragmáticos e discursivos referentes à representação da informação em ambientes digitais. Foram estabelecidas ponderações quanto às correlações entre representação da informação, ambientes digitais e aplicações tecnológicas. Foram, também, situadas evidências por meio da sugestão de uma interface que configure uma rede de difusão de conhecimento em modelos de metadados revelados pelas nanopublicações. Uma revisão de literatura, em torno dos conceitos utilizados para o desenvolvimento dos experimentos, foi realizada. Ainda, foi situado o cotejamento conceitual relativo à temática nanopublicações e indexação juntamente com os aspectos linguísticos que orientaram os experimentos de modelagem de nanopublicações. A metodologia foi estabelecida a partir da estruturação e análise de dados em três dimensões consideradas fundamentais para a organização da informação em ambientes digitais: a dimensão informacional, a dimensão computacional e a interface. A dimensão informacional do método foi estabelecida através da geração de mapeamento dos elementos do corpus, da extração conceitual, da aplicação dos princípios de indexação e da modelagem da nanopublicação. A dimensão computacional foi formulada a partir de classificadores semânticos (software tropes) e linguagens da web semântica (XML e RDF). A interface consistiu na delimitação de aspectos essenciais que auxiliem o usuário pesquisador e o usuário gestor de informações. Foram selecionados e analisados artigos relacionados ao conceito “netnografia” e “inovação”, a partir de seleção realizada no “Google Scholar” e na base de dados “Scielo”. Os resultados obtidos no experimento desenvolvido demonstraram a potencialidade e a eficiência das nanopublicações na construção de unidades de conteúdos de informação recuperáveis e com coerência semântica, pragmática e discursiva a partir da interlocução metodológica com os princípios de indexação. Os experimentos propostos nesta tese fizeram emergir o conceito de nanodocumento, que pode ser considerado um elemento de mediação discursiva entre a informação e o usuário. Além disso, o nanodocumento pode ser considerado um produto para a representação da informação e do conhecimento composto por elementos enunciativos e discursivos referenciados por componentes semânticos e pragmáticos, estruturados a partir de tecnologias da web semântica. Concluiu-se que, diante dos visíveis avanços do conhecimento e da consequente explosão informacional em rede, deve-se buscar metodologias de organização da informação em contextos dinâmicos que apoiem e impulsionem o uso da crescente produção documental. A metodologia de organização de informação, baseada na indexação e na nanopublicação desenvolvida no âmbito dessa tese, coaduna-se com essa perspectiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-02-07

Edição

Seção

Teses e Dissertações