A taxonomia e a folksonomia na representação da informação de fotografias

Autores

  • Thais Helen do Nascimento Santos Universidade do Porto

Palavras-chave:

Representação da Informação, Fotografias, Taxonomia, Folksonomia

Resumo

A folksonomia se caracteriza como um recurso democrático e interativo para a representação de documentos em ambiente on-line. No tratamento das fotografias, a utilização da folksonomia se torna oportuna em virtude da exaustividade e especificidade em pontos de acesso, representação por meio da linguagem natural e o fomento à inteligência coletiva. Em contrapartida, as desvantagens da polissemia conceitual e o descontrole do vocabulário implicam a eficácia dos sistemas de recuperação da informação em uso da folksonomia, fundamentando, assim, a proeminência dos vocabulários controlados na representação da informação. Nesse contexto, o objetivo deste estudo é o de indicar e preconizar o ajustamento das vantagens da folksonomia e da taxonomia na representação do conteúdo de fotografias. A metodologia empregada se voltou à revisão de literatura nas áreas da Ciência da Informação, Arte, História e Tecnologia para a elaboração do alicerce teórico, bem como à exploração de casos práticos. A investigação deflagrou os resultados satisfatórios na convergência da folksonomia com a taxonomia, isto é, na adequação dos contributos dos usuários (por meio de etiquetas, descrições e/ou comentários) aos vocabulários controlados adotados para a representação e recuperação da informação por documentos fotográficos, textuais ou de qualquer outro gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thais Helen do Nascimento Santos, Universidade do Porto

Doutoranda em Informação e Comunicação em Plataformas Digitais pela Universidade do Porto (UP). Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Graduada em Arquivologia pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Downloads

Publicado

2018-06-29

Edição

Seção

Artigos