Contributos da aprendizagem significativa de David Ausubel para o desenvolvimento da Competência em Informação

Autores

  • Gabriela Belmont de Farias Universidade Federal do Ceará

Palavras-chave:

Competência; Competência em Informação; Aprendizagem Significativa.

Resumo

O artigo abrange os conceitos da aprendizagem significativa de David Ausubel e a sua interferência na aprendizagem enquanto construção cognitiva, além de sua influência no campo da Competência em Informação. O método utilizado no presente estudo foi a pesquisa qualitativa explicativa, com visão interpretativa e crítica, das obras analisadas. A pesquisa oferece uma reflexão sobre o referencial teórico, a fim de trazer benefícios para a prática profissional em relação ao desenvolvimento da Competência em Informação. Dentre os resultados obtidos é possível evidenciar que, a ação e o programa de desenvolvimento de habilidades informacionais terão maior sucesso com a inserção dos elementos basilar da aprendizagem significativa. Conclui-se que, para Ausubel, o sujeito já tem uma história, sendo esta a base para uma aprendizagem significativa. O profissional deve estar atento ao fazer uma intervenção, levando em consideração a formação da estrutura cognitiva do indivíduo, trazendo importantes contribuições para diversas áreas do conhecimento, principalmente, para o campo da Competência em Informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Belmont de Farias , Universidade Federal do Ceará

Professora Adjunta do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFC. Líder do Grupo de Pesquisa Competência e Mediação em Ambientes de Informação. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Membro do Grupo de Trabalho de Competência em Informação da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições (GT-CoInfo FEBAB).

Referências

AUSUBEL, D. P. Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva. Lisboa: Plátano, 2003.

AUSUBEL, D. P. Educational psychology: a cognitive view. Nova York: Holt, Rienehart and Winston, 1968.

AUSUBEL, D. P. The acquisition and retention of knowledge: a cognitive view. Dordrecht: Kluwer Academic Publishers, 2000.

AUSUBEL, D. P. The psychology of meaningful verbal learning. New York: Grune and Stratton. 1963.

AUSUBEL, D. P.; NOVAK, J. D.; HANESIAN, H. Educational psychology: a cognitive view. 2. ed. New York: Holt, Rinehart and Winston, 1978.

AUSUBEL, D. P.; NOVAK, J. D.; HANESIAN, H. Psicologia educacional. Rio de Janeiro: Interamericana, 1980.

BELLUZZO, R. C. B. Construção de mapas: desenvolvendo competências em informação e comunicação. 2. ed. Bauru: Cá entre Nós, 2007.

BESSA, V. H. Teorias da aprendizagem. Curitiba: IESDE Brasil, 2008.

DISTLER, R. R. Contribuições de David Ausubel para a intervenção psicopedagógica. Revista Psicopedagogia, São Paulo, v.32, n.98, p. 191-199, 2015. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/psicoped/v32n98/09.pdf. Acesso em: 15 dez. 2021.

FARIAS, G. B. de. Competência em informação no ensino de biblioteconomia: por uma aprendizagem significativa e criativa. 2014. 183 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2014. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17908. Acesso em: 13 dez. 2021.

FARIAS, G. B. de. Competência informacional e midiática no ensino de biblioteconomia: apontamentos para o contexto brasileiro. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, n. Esp., v. 13, p. 111-135, 2017. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/665. Acesso em: 16 dez. 2021.

FARIAS, G. B. de. Teorias de aprendizagem aplicáveis ao ensino de Biblioteconomia. Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, São Paulo, n. 2, v. 2, p. 3-17, 2015. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/28/pdf. Acesso em: 14 dez. 2021.

FARIAS, G. B. de; BELLUZZO, R. C. B. Como desenvolver a competência em informação mediada por modelagem conceitual teórico-prática: por uma aprendizagem significativa e criativa na educação. Londrina: ABECIN, 2015. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/editora/issue/view/28. Acesso em: 15 dez. 2021.

FARIAS, G. B. de; BELLUZZO, R. C. B. Competência em Informação: perspectiva didática pedagógica. Informação & Informação, Londrina, v. 22, n. 3, p. 112-135, 2017. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/26716. Acesso em: 14 dez. 2021.

FARIAS, G. B. de; SALES, O. M. M. A concepção do conhecimento e o desenvolvimento da competência em informação por meio da aprendizagem significativa. In: ENCUENTRO IBÉRICO ASOCIACIÓN DE EDUCACIÓN E INVESTIGACIÓN EN CIENCIA DE LA INFORMACIÓN DE IBEROAMÉRICA Y EL CARIBE, 7., 2015, Madrid. Actas del […]. Madrid: EDICIC, 2015. Tema: Desafíos y oportunidades de las Ciencias de la Información y la Documentación en la era digital. Disponível em: https://eprints.ucm.es/id/eprint/34588/1/209-Belmont_aprendizagem-significativa.pdf. Acesso em: 16 dez. 2021.

MOREIRA, M. A. Teorias de Aprendizagem. São Paulo: E.P.U., 2017.

MOREIRA, M. A.; MASINI, E. F. S. Aprendizagem significativa: a teoria de David Ausubel. São Paulo: Centauro, 2001.

NOVAK, J. D.; GOWIN, B. Aprender a aprender. 2. ed. Lisboa: Plátano, 1999.

PELIZZARI, Adriana; KRIEGL, Maria de Lurdes; BARON, Márcia Pirih; FINCK, Nelcy Teresinha Lubi; DOROCINSKI, Solange Inês. Teoria da aprendizagem significativa segundo Ausubel. Revista PEC, Curitiba, v.2, n.1, p. 39-42, jul.2001-jul.2002. Disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/materiais/0000012381.pdf. Acesso em: 14 dez. 2021.

SILVA, E. L.; MENEZES E. M. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 3. ed. Florianópolis: Laboratório de Ensino a Distância da UFSC; 2005.

Downloads

Publicado

2022-06-07

Edição

Seção

Seção 1: Apontamentos e tendências teóricas em Competência em Informação