Constituição e Mobilização de Saberes Docentes: Perscrutando Práticas de Professores de Biologia no Ensino Médio

Palavras-chave: Professor Biologia, Ensino Médio, Formação de Professores, Saberes docentes.

Resumo

O presente estudo circunscreve-se no campo da epistemologia da prática e se justifica pela necessidade de apreender os processos de constituição profissional e de apropriação e mobilização de saberes dos professores, com vistas a analisar as práticas que se desenrolam no cotidiano das escolas e das salas de aula. No esforço de identificar as especificidades que caracterizam a prática de dois professores de Biologia no ensino médio, investigou-se como se constituem e mobilizam seus saberes docentes na confluência das experiências familiares, escolares, formativas e sociais. O caminho metodológico foi percorrido a partir da triangulação entre três procedimentos: a história de vida, a entrevista semiestruturada e a observação de aulas. Depreende-se, dos percursos desses professores, a influência de seus educadores ao longo da escolarização básica e superior. A experiência também ocupa lugar central na constituição de seus saberes enquanto professores de Biologia. No que concerne aos modos de mobilização de saberes, compreende-se que os percursos são muito particularizados em função,dentre outros fatores que apareceram menos evidentes, da fase em que se encontram na carreira. A professora experiente parece mobilizar saberes mais especificamente na gestão da classe, ao passo que o professor novato o faz na gestão da matéria. Ainda, evidencia-se que a prática destacada dos dois professores investigados é marcada pelo gosto de exercer a docência, por um profundo carinho pelos alunos, pela importância que atribuem ao ser professor, pela responsabilidade com que assumem a condução da sala de aula.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Confortin, Universidade de Passo Fundo
Possui graduação em Ciências Biológicas- LP/Bel pela Universidade de Passo Fundo (1995) e Mestrado em Educação (2014). Atualmente é professora do quadro do magistério público estadual e privado na disciplina de Biologia, e na disciplina de Metodologia da Pesquisa em cursos de graduação da IDEAU. Assessora Pedagógica do SICREDI no Programa A União Faz a Vida
Flávia Eloisa Caimi, Universidade de Passo Fundo
Possui graduação em História pela Universidade de Passo Fundo (1986), especialização em Supervisão Escolar (1990) e em História Regional (1997) pela Universidade de Passo Fundo, mestrado em Educação pela Universidade de Passo Fundo (1999), doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006). Realizou estágio pós-doutoral na Flacso/Argentina, com auxílio CAPES (2014). É professora titular da Universidade de Passo Fundo, atuando no Curso de História e no Programa de Pós-Graduação em Educação, com experiência nas áreas de História e Educação, especialmente nos seguintes temas: ensino de história, aprendizagem, formação de professores, saberes escolares. Desenvolve os seguintes projetos de pesquisa: Historiografia, ensino e aprendizagem histórica e Especificidades nacionais e dimensões transnacionais do livro didático de história no período 1920-2010: uma análise comparada entre Brasil e Argentina . É líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação-Gespe, membro do Grupo Oficinas de História (Rio de Janeiro) e Editora-Chefe da Revista Espaço Pedagógico da Faculdade de Educação e PPGEDU da Universidade de Passo Fundo.
Publicado
2017-04-30
Como Citar
Confortin, R., & Caimi, F. E. (2017). Constituição e Mobilização de Saberes Docentes: Perscrutando Práticas de Professores de Biologia no Ensino Médio. Revista Brasileira De Pesquisa Em Educação Em Ciências, 17(1), 157-181. https://doi.org/10.28976/1984-2686rbpec2017171157
Seção
Artigos