Ensino de evolução biológica por uma perspectiva integradora

uma proposta didática para formação inicial

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2018.2383

Palavras-chave:

Formação inicial, Ensino por investigação, Evolução biológica

Resumo

“Como a evolução forjou a grande quantidade de criaturas que habitam o nosso planeta?”. Essa reflexão suscita especulações acerca dos mecanismos de criação e/ou origem das diferentes formas orgânicas existentes ou já extintas do planeta. O darwinismo e a síntese moderna explicam essa diversidade com base nos conceitos de mutação, deriva genética e seleção natural, enfatizando a perspectiva DNA-centrista do processo evolutivo. No entanto, as interações resguardadas entre os genes, organismos e ambientes podem fornecem respostas sobre a concepção da palavra forjar no contexto evolutivo. A partir desses questionamentos acerca da diversidade orgânica e da necessidade de inserir essas discussões na formação inicial, elaboramos uma proposta didática cuja metodologia foi baseada no ensino por investigação. Os exercícios propostos fornecem um esteio inicial para a inserção das questões evolutivas contemporâneas nas salas de aula a partir do levantamento de hipótese, discussões e pesquisas subjacentes a uma concepção integrada e sistêmica do conhecimento biológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thais Benetti de Oliveira, Universidade do Sagrado Coração (USC), Bauru, SP, Brasil.

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho, campus de Bauru (UNESP-Bauru). Possui mestrado, doutorado e pós-doutorado em Educação para Ciência, também pela UNESP-Bauru, onde é membro do grupo de pesquisa em Epistemologia da Biologia. É professora titular da Universidade do Sagrado Coração (USC). 

Beatriz Ceschim, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Bauru, SP, Brasil

Graduada em Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidae Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), mestra e doutoranda em Educação para Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Educação para Ciência da Faculdade de Ciências da UNESP-Bauru.

Ana Maria de Andrade Caldeira, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)

Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP-Bauru), e em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Botucatu, mestra em Agronomia – Genética e Melhoramento de Plantas pela Universidade de São Paulo e doutora em Educação pela UNESP. É professora adjunta no Departamento de Educação da Faculdade de Ciências da UNESP-Bauru, credenciada nos Programas de Pós Graduação em Educação para Ciência e Docência para Educação Básica. Líder do Grupo de Pesquisa em Epistemologia da Biologia (GPEB).

Downloads

Publicado

11-07-2018

Como Citar

OLIVEIRA, T. B. de; CESCHIM, B.; CALDEIRA, A. M. de A. Ensino de evolução biológica por uma perspectiva integradora: uma proposta didática para formação inicial. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 8, n. 1, p. 242–262, 2018. DOI: 10.35699/2237-5864.2018.2383. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/2383. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos