UM FUNIL MODERNO? O PROJETO SOCIAL DOS POSITIVISTAS GAÚCHOS

Autores

  • Ricardo Cortez Lopes

DOI:

https://doi.org/10.35699/2525-8036.2017.5033

Resumo

Ao analisar os escritos de divulgação de positivistas gaúchos do Templo Positivista de Porto Alegre entre o século XIX e XX, esse trabalho buscou compreender a noção positivista de modernidade, que envolve uma série de outros aspectos teóricos para além da teoria dos três estados, sem dúvida o aspecto mais famoso da teoria comteana. Assim, ao abordarmos características dessa doutrina, esperamos mostrar alguns pressupostos (evidências para nossos atores) que embasam esse projeto teleológico de modernidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-07-28

Como Citar

CORTEZ LOPES, R. UM FUNIL MODERNO? O PROJETO SOCIAL DOS POSITIVISTAS GAÚCHOS. Revista de Ciências do Estado, Belo Horizonte, v. 2, n. 1, 2017. DOI: 10.35699/2525-8036.2017.5033. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revice/article/view/5033. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos