Reação e afirmação:

o despertar nacional albanês na Península Balcânica (1878-1913)

Palavras-chave: Nacionalismo Albanês, Península Balcânica, Estado-nação, Guerras balcânicas

Resumo

Em 1878, com a vitória do Império Russo na Guerra Russo-Turca, um novo cenário se desenhava na geopolítica da Península Balcânica. Após quatro longos séculos de julgo otomano, os povos da península vislumbravam a possibilidade de um novo arranjo político. Contudo, embora teoricamente libertos do domínio de Istambul, os povos da península ainda não poderiam ser considerados como responsáveis por traçar as linhas de seu próprio destino. A estratégica localização da península – localizada na transição entre ocidente e oriente – tornavam a região um palco de disputa das grandes potências. Após 400 anos de controle por uma força externa, o destino dos povos da região estava novamente nas mãos de forças exógenas. Neste sentido, o presente trabalho se propõe a analisar o desenvolvimento do nacionalismo albanês dentro do conturbado e volátil cenário da Península Balcânica, durante a etapa final do século XIX e início do XX. A hipótese apresentada para a pesquisa é a de que o surgimento do nacionalismo albanês consiste em um movimento de caráter reativo, frente a um cenário de ruptura do status quo na região.

Biografia do Autor

Tiago Valêncio de Melo

Mestrando do Programa de pós-graduação em Ciência Política da Universidade Federal de Goiás (UFG). Bacharel em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA, 2016).

Referências

ALIA, Ramiz. The Albanian League of Prizren: A brilliant page of our history written in blood. The Nentori Publishing House: Tirana, Albania, 1878.

BIERNAT, Agata. Albanian Political Activity in Ottoman Empire (1878-1912). World Journal of Islamic History and Civilization, v. 3, p. 1-8, 2013

BOZBORA, Nuray. Albanian perception of 1908 Revolution and its effects on Albanian Nationalism. IBAC, vol. 2, p. 623-644, 2012.

CARR, Eric H. Nationalism and After. Londres: Macmillan, 1945.

GASHI, Defrim. Berlin Congress and the Albanian Lands (13 June - 13 July 1878). Kultur Evreni, v. 22, p. 56-66, 2014.

GELLNER, Ernest. Nations and Nationalism. Nova York: Cornell University Press, 1983.

HOBSBAWM, Eric J. Nações e Nacionalismo desde 1780. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.

INGLIS, Sarah. Origins of the Albanian National Awakening. Haemus Journal, v. 2, p. 77- 87, 2013.

ISKENDEROV, Petr A. Great Powers and Albanian National Movement (1878-1914). International Relations and Diplomacy, v. 6, n. 4, abril/2018. p. 239-250

JELAVICH, Barbara. History of the Balkans: Eighteenth and Nineteenth Centuries. Cambridge: Cambridge University Press, 1983

LICURSI, Emiddio P. Empire of Nations: The Consolidation of Albanian and Turkish National Identities in the Late Ottoman Empire, 1878 – 1913. Nova York: Columbia University. 2011.

MUÑOZ, Isidro S. La investigación del Nacionalismo: evolución, temas y metodología. Espacio, Tiempo y Forma, Serie V, H." Contemporánea, t. 9, p. 315-336, 1996.

PAHUMI, Nevila. The Consolidation of Albanian Nationalism: The League of Prizren 1878-1881. University of Michigan: Ann Arbor, EUA. 2007.

PIERSON, Christopher. The Modern State. Londres: Routledge, 2004.

ROESLER, Carlos Eduardo N. Nacionalismo, Tradição e Modernidade. São Paulo: Universidade de São Paulo. 2008.

RRAPAJ, Jonilda; KOLASI, Klevis. The Curious Case of Albanian Nationalism: the Crooked Line from a Scattered Array of Clans to a Nation-State. The Turkish Yearbook of International Relations, v. 44, p. 185-228, 2013.

SCHEVILL, Ferdinand. The History of the Balkan Peninsula: From the earliest times to the present day. Nova York: Harcourt, Brace and Company, 1922.

SOBRAL, José Manuel. A formação das nações e o nacionalismo: os paradigmas explicativos e o caso português. Análise Social, vol. 37, p. 1093-1126, 2003.

SOHRABI, Nader. Reluctant Nationalists, Imperial Nation-State, and Neo-Ottomanism: Turks, Albanians, and the Antinomies of the End of Empire. Social Science History, v. 42, n. 4, 2018. p. 835-870.

SOTIROVIC, Vladislav. Serbia, Montenegro and the "Albanian Question", 1878-1912: A Greater Albania between Balkan Nationalism & European Imperialism. Lambert Academic Publishing: Saarbucken, Alemanha. 2015.

VARA BRANCO, Alberto M. O Nacionalismo nos séculos XVIII, XIX e XX: o princípio construtivo da modernidade numa perspectiva histórico - filosófica e ideológica. Um caso paradigmático: A Alemanha. Millenium, n. 16, maio/2009

UZELAC, Nikola. Nationalism and Security in the Western Balkans: The unresolved Albanian question. University of Macedonia: Thessaloniki. 2013

WIMMER, Andreas; FEINSTEIN, Yuval. The rise of the nation-state across the world, 1816 to 2001. American Sociological Review. v. 75, p. 764-790, 2010.

Publicado
2019-03-31
Como Citar
MELO, T. Reação e afirmação:. Revista de Ciências do Estado, v. 4, n. 1, p. 18, 31 mar. 2019.
Seção
Artigos