A diversidade na poética de Jorge dos Anjos

Autores

  • Marília Andrés Ribeiro Instituto Maria Helena Andrés

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-770X.2015.2728

Palavras-chave:

Diversidade, Arte Brasileira

Resumo

Com base em uma perspectiva teórica pós-colonialista que focaliza as diferenças culturais, valoriza as comunidades específicas e dá voz às minorias e aos novos sujeitos sociais, apresento um recorte da obra de Jorge dos Anjos, inserindo-o na vertente construtiva da arte afro-brasileira. Procuro analisar seu trabalho com um enfoque transversal, considerando a matriz África-Brasil como eixo que perpassa suas diferentes práticas artísticas: o desenho, a pintura, a escultura, o objeto, as experiências com diversos materiais e a performance.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marília Andrés Ribeiro, Instituto Maria Helena Andrés

Historiadora da Arte e Presidente do Instituto Maria Helena Andrés.

Referências

ALEIXO, Ricardo. A Ferro e Fogo. In: Coleção Jorge dos Anjos. Belo Horizonte: Edição do autor, 2011.

BHABHA, Homi K. O pós-colonial e o pós-moderno. A questão da agência. In: ____. O local da cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1998.

BRANDÃO, Carlos Antônio Leite. Introdução. In: PAULA, João Antônio de (Org.). A transdisciplinaridade e os desafios contemporâneos. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

CATTANI, Icleia Borsa (Org.). Mestiçagens na arte contemporânea. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2007.

CONDURU, Roberto. Arte afro-brasileira. Belo Horizonte: C/Arte, 2007.

CONDURU, Roberto. À guisa de introdução: colorido negror – arte, África e Brasil para além das noções de raça e etnia. In: _____. Pérolas negras – primeiros fios: experiências artísticas e culturais nos fluxos entre África e Brasil. Rio de Janeiro, EdUERJ, 2013. p. 13-23.

CONDURO, Roberto. Construção e libido. In: CONDURU, Roberto. Pérolas negras – primeiros fios: experiências artísticas e culturais nos fluxos entre África e Brasil. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2013. p. 95-96.

DUARTE, Eduardo de Assis; SCARPELLI, Marli Fantini (Org.). Poéticas da diversidade. Belo Horizonte: FALE/UFMG, 2002.

MÉRCIA, Janaina; RIBEIRO, Marília; SILVA, Fernando Pedro da (Org.). Jorge dos Anjos – depoimento. Belo Horizonte: C/Arte, 2002. (Coleção Circuito Atelier).

NANDY, Ashis. A Imaginação emancipatória: desafios do século 21. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2015.

QUEIROZ, Sônia. Vozes da África em terras diamantinas. Suplemento Literário de Minas Gerais. Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais. Belo Horizonte, outubro de 2008. Edição Especial sobre Cantos Afrodescendentes.

RIBEIRO, Marília Andrés. Diálogos entre lo local y lo global en el arte contemporáneo brasilero. In: MOREDA, Dannys Montes de Oca (Org.). Integración y Resistencia en la era Global. Anais do Evento teórico Décima Bienal de La Habana, La Habana, 31 de marzo al 3 de abril del 2009, p.197- 208.

RIBEIRO, Marília Andrés. A transversalidade nas poéticas de Gego e Jorge dos Anjos. In: MARTINS, Maria Virginia Gordilho; HERNÁNDEZ, Maria Herminia Oliveira (Org.). Anais do 180 Encontro da ANPAP, Salvador, EDUFBA, 2009, p. 2325-2335. (CD).

RIBEIRO, Marília Andrés. A poética transversal de Jorge dos Anjos. In: DOS ANJOS, Irene Seabra. Coleção Jorge dos Anjos. Belo Horizonte: Edição do Autor, 2011.

SAMPAIO, Márcio. Jorge dos Anjos: risco, recorte, percurso. Belo Horizonte: C/Arte, 2010.

ZUBERI, Tukufu. Jorge dos Anjos: uma homenagem a Antônio Francisco Lisboa. In: Jorge dos Anjos, esculturas, Ouro Preto. Belo Horizonte: Edição do Autor, 2014.

Downloads

Publicado

2016-09-09

Como Citar

RIBEIRO, M. A. A diversidade na poética de Jorge dos Anjos. Revista da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, v. 22, n. 1.2, p. 16–23, 2016. DOI: 10.35699/2316-770X.2015.2728. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistadaufmg/article/view/2728. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos