CHAT COMO FERRAMENTA COLABORATIVA DE APRENDIZAGEM DE CONTEÚDOS BIOLÓGICOS DURANTE EXIBIÇÃO DE FILMES

Autores

Palavras-chave:

Ciências Biológicas, Bate Papo, Aprendizagem Colaborativa

Resumo

O uso da ferramenta chat para divulgação de conteúdos biológicos por meio de debates científicos de filmes foi uma importante estratégia usada pelo projeto de extensão “BioCine: Cinema com Ciência”, promovido por um curso de licenciatura a distância com vistas a contribuir não só para o público em geral, mas também para a formação dos futuros docentes de Ciências e Biologia. Nesse contexto, o trabalho objetivou descrever o uso do chat em debate científico durante a exibição de filmes. Trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem quali-quantitativa. Foram oito exibições em sala virtual, de ocorrência mensal, cada uma com duas horas de
duração, com média de 75 participantes por exibição. Por meio do chat, contabilizou-se um total de 1.067 comentários gerais, 553 comentários específicos e 94 questionamentos sobre os filmes. O chat funcionava como extensão da exibição, pois, nele, perguntas norteadoras eram lançadas pelo moderador de forma síncrona. Constatou-se que o chat permitiu aos participantes exporem suas ideias, bem como ao mediador conduzir o olhar do público, colaborando com a construção do conhecimento do intelecto individual e coletivo, assim contribuindo para formação dos futuros docentes

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Isa Morais Lima, Universidade Estadual do Ceará/ Universidade Aberta do Brasil - UECE/UAB

Possui graduação em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Federal da Paraíba. Tem experiência na área de Comunicação Popular e Comunitária assessorando projetos pedagógicos. Formadora de Leitores com experiência em Literatura Infantil e Infanto-Juvenil. Atualmente graduanda em Licenciatura Ciências Biológicas pela UECE/UAB.

 

Antonio Alcides Gomes Filho, Universidade Estadual do Ceará/ Universidade Aberta do Brasil - UECE/UAB

Graduando em Ciências Biológicas pela UECE/UAB. Atuou como Bolsista no Projeto de Extensão BioCine: Cinema com Ciência e atualmente atua no Projeto de Extensão Diagnóstico da arborização urbana no município de Canindé.

Helen de Sousa Brasil, Universidade Estadual do Ceará/ Universidade Aberta do Brasil - UECE/UAB

Técnica em meio ambiente pela EEEP Salaberga, graduanda em História-Licenciatura pela Universidade Estácio de Sá (UNESA) e graduanda em Ciências Biológicas - Licenciatura pela UECE/UAB.

Laura Helena Pinto de Castro, Universidade Estadual do Ceará/ Universidade Aberta do Brasil - UECE/UAB

É Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Ceará. Especialista em Formação de Formadores pela Universidade Estadual do Ceará. Atua como professora de Biologia nas redes particular, municipal e estadual de ensino. Atualmente é tutora a distância do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas a distância da UECE/UAB.

Lydia Pantoja, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Ceará (Licenciatura e Bacharel); Mestre em Microbiologia Médica pela Universidade Federal do Ceará e Doutora em Engenharia Civil (área de concentração em Saneamento Ambiental) pela Universidade Federal do Ceará - UFC. Atua como Professora Adjunto da Universidade Estadual do Ceará. Coordena a Pesquisa do Curso de Ciências Biológicas a distância - UECE/UAB.

Germana Costa Paixão, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual do Ceará, Mestre em Patologia pela Universidade Federal do Ceará e Doutora em Microbiologia Médica/UFC. Professora Adjunta da Universidade Estadual do Ceará desde 2000 e Coordenadora do Curso de Ciências Biológicas a distância UECE/Universidade Aberta do Brasil (UAB) desde 2009. Docente do curso de Enfermagem do Centro Universitário Fametro/UNIFAMETRO. É líder do grupo de pesquisas certificado pelo CNPq "Tecnologias educacionais e educação a distância".

Referências

Amaral, R. de C. B. de M. & Rosini, A. M. (2008). Concepções de interatividade e tecnologia no processo de tutoria em programas de educação a distância: novos paradigmas na construção do conhecimento. Revista Intersaberes, 3(6), 141-154.

Brasil. (2016). Resolução nº 510 de 07 de abril de 2016. Diário Oficial da União, Brasília, DF, nº 98,24 de maio de 2016. Seção 1, p. 44-46.

Brasil. (2021). Ofício Circular nº 02/2021/CONEP/SECNS/MS. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 24 de fevereiro de 2021.

Castro, L.H. P. de, Queiroz, E. N., Amorim, D. B., Anjos, D. C. dos, Pantoja, L. D. M. & Paixão,G. C. (2022). Relato dos desafios e estratégias de superação de um projeto de extensão na perspectiva de seus coordenadores. Anais... III Encontro da BioEad, Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza. Ceará.

Crisóstomo, M. G da S. (2014). Docente e discente interligados através do chat. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Docência Universitária). Faculdade Católica de Anápolis. Anápolis, GO, Brasil.

Feitosa, J. A. F., de Lima, I. P. & Vasconcelos, F. H. L. (2013). A ferramenta chat como recurso pedagógico no ensino de Física. EaD Em Foco, 3(1), 82-95. https://doi.org/10.18264/eadf.v3i1.144

Minayo, M.C.S. (2007). O Desafio do Conhecimento: Pesquisa Qualitativa em Saúde (10 ed.).São Paulo: HUCITEC..

Moore, M. G. & Kearsley, G. (2007). Educação a distância: uma visão integrada. São Paulo: Cengage Learning.

Pereira, V. de O & Neto, H. B. (2007). A utilização do chat como recurso pedagógico. Multimeios UFC, 1-12.

Silva, C. U. M. T. & Carvalho, A. O. P. (2018). O Chat como ferramenta pedagógica: experiências a partir do curso de Letras Português-Inglês do IFCE-Campus Baturité. Conexão Ciência e Tecnologia,, 12(2), 35-44. https://doi.org/10.21439/conexoes.v12i2.1442

Silva, P. C. D., Shitsuka, R. & Shitsuka, D. M. (2017). Mudança na forma de uso da ferramenta chat por tutores e alunos de um curso de pós-graduação a distância aumentando a contribuição na aprendizagem: uma pesquisa-ação. Revista Espacios, 38(60). https://www.revistaespacios.com/a17v38n60/a17v38n60p22.pdf

Walker, M. R., Costa, A. L. de O., Martins, C. P., Bertim, G. M. M., Carvalho, G. A de, Nicodem, M.F. M. (2019). Cinema, diversidade e extensão na universidade: diálogo possível. In: Monteiro, S.A. S. Filosofia, política, educação, direito e sociedade 2 [recurso eletrônico]. Ponta Grossa (PR):Atena Editora, 231-241

Downloads

Publicado

2023-12-30

Como Citar

LIMA, M. I. M.; FILHO, A. A. G.; BRASIL, H. de S.; CASTRO, L. H. P. de; PANTOJA, L. D. M.; PAIXÃO, G. C. CHAT COMO FERRAMENTA COLABORATIVA DE APRENDIZAGEM DE CONTEÚDOS BIOLÓGICOS DURANTE EXIBIÇÃO DE FILMES. Interfaces - Revista de Extensão da UFMG, [S. l.], 2023. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistainterfaces/article/view/40500. Acesso em: 24 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos