Sentir em rede: net-ativismo estético na ação colaborativa Letters to the Earth

  • Marina Magalhães Professora do Mestrado em Comunicação, Redes e Tecnologias da Universidade Lusófona do Porto e da Graduação em Comunicação Social da Universidade Federal de Campina Grande
Palavras-chave: Redes sociais digitais, Net-ativismo, Letters to the Earth

Resumo

As novas tecnologias comunicativas inauguraram formas distintas de ações colaborativas que atravessam diversos campos da vida cotidiana, transformando também a esfera do sentir. Neste artigo, convidamos a pensar as redes na dimensão da sua sensibilidade ecológica, a partir de colaborações que superem as grandes separações do pensamento ocidental – entre o humano, a técnica e a natureza – e contemporizem a complexidade dos nossos dias. Adotamos, teoricamente, o conceito de net-ativismo, a fim de entender como as novas formas de poder e de ativismo atravessam a esfera do sentir para, empiricamente, lançamos um olhar para o experimento colaborativo artístico Letters to the Earth.

Publicado
2019-11-22
Como Citar
MAGALHÃES, M. Sentir em rede: net-ativismo estético na ação colaborativa Letters to the Earth. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, p. 87-104, 22 nov. 2019.
Seção
Artigos - Seção temática