UM ESTUDO DAS RELAÇÕES ENTRE A EJA E A EDUCAÇÃO DO CAMPO / Educational policies: a study of the relationship between Education of the Field and EJA

Autores

  • Arlete Ramos dos Santos UFMG/UESB
  • Gilvan dos Santos Sousa Secretaria Municipal de Educação de Vitória da Conquista - BA

Palavras-chave:

Educação de Jovens e Adultos, Educação do Campo, Movimentos Sociais

Resumo

Este artigo traz como enfoque a configuração da EJA na Educação do Campo, analisando historicamente como essas duas modalidades de ensino foram pensadas na história da educação brasileira e observando qual o campo da EJA na Educação do Campo. Para tanto, far-se-á um estudo de como tais modalidades adquiriram essas nomenclaturas, inserindo-as no âmbito das políticas e dos paradigmas educacionais que têm sido implementados no Brasil, adotando como metodologia uma revisão de literatura. Dentre os estudiosos pesquisados, há autores que tratam especificamente da EJA, como Paiva, Haddad, Soares; e há outros que se referem à Educação do Campo, como Caldart, Santos, Calazans. Existem, ainda, autores que são utilizados para fundamentar os estudos das duas modalidades, a exemplo de Freire.Com base na pesquisa realizada, concluiu-se que a EJA, vista como modalidade de ensino, faz parte da Educação do Campo e ambas foram objeto de muitos debates e enfrentamentos entre os movimentos sociais, intelectuais e camponeses para garantir uma educação de qualidade e uma implementação com pressupostos teóricos e epistemológicos voltados para a emancipação humana e a transformação social. Portanto, esse embate não aconteceu de forma fragmentada, mas concomitantemente, pois, quando se luta pela Educação do Campo, luta-se também pela EJA no campo, uma vez que uma já faz parte da outra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arlete Ramos dos Santos, UFMG/UESB

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2002). Fez Mestrado em Educação pela FaE/UFMG (Programa de Pós-Graduação em Educação: conhecimento e inclusão social - Linha de Pesquisa: Política, trabalho e formação humana) e cursa atualmente o Doutorado em Educação na FaE/UFMG. Foi técnica do monitoramento do PAR - Plano de Ações Articuladas do MEC/FNDE/UFMG - É professora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Foi professora, compondo o quadro da Secretaria Municipal de Educação de Vitória da Conquista - BA. Desempenhou a função de Coordenadora Municipal da Educação do Campo e diretora de algumas escolas desse município. Especialista em Psicopedagogia pela FACINTER, e em Políticas Públicas e Educação pela UESB. Possui formação complementar em gestão educacional.

Gilvan dos Santos Sousa, Secretaria Municipal de Educação de Vitória da Conquista - BA

Possui graduação pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2010). Atualmente é contratado - secretaria de educaçao de vitoria da conaquista. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Fundamentos da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação do campo; mst; burocracia, socialismo; capitalismo; marxismo, mst; movimentos sociais, mst; marxismo; educação e burocracia, gestão educacional, mst.

Downloads

Publicado

2013-02-21

Como Citar

SANTOS, A. R. dos; SOUSA, G. dos S. UM ESTUDO DAS RELAÇÕES ENTRE A EJA E A EDUCAÇÃO DO CAMPO / Educational policies: a study of the relationship between Education of the Field and EJA. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 21, n. 3, p. 237–256, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/8780. Acesso em: 2 dez. 2021.