OS SABERES DO OFÍCIO: NOTAS CONCEITUAIS / Working knowledge: conceptual remarks

Autores

  • Nicolás Arata Universidad de Buenos Aires

Palavras-chave:

Transmissão de saberes, Cultura escrita, Trabalho de artesãos

Resumo

Neste artigo realizo um aporte à área de estudos das relações entre educação e trabalho, expondo alguns usos teóricos da categoria "saberes do ofício". Argumento que uma estratégia que promova a elaboração de respostas à crise que atravessa as instituições escolares requer uma abertura ao diálogo com outros tipos de saberes e instituições que fazem a transmissão da cultura em nossas sociedades, particularmente no que se refere à formação para o mundo do trabalho. No curso deste artigo formulo algumas derivações teóricas do uso da categoria "saberes do ofício" e exponho alguns questionamentos que possibilitem tal diálogo. Entre as conclusões do artigo, destaco a importância de que os estudos sobre trabalho e educação repensem o regime de historicidade presentes nos saberes do ofício, bem como indaguem sobre o lugar ocupado por estes saberes a médio e longo prazo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nicolás Arata, Universidad de Buenos Aires

Doctorado en Educación, Profesor de la Facultad de Filosofía y Letras/Ciencias de la Educación / UBA

Downloads

Publicado

2013-12-08

Como Citar

ARATA, N. OS SABERES DO OFÍCIO: NOTAS CONCEITUAIS / Working knowledge: conceptual remarks. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 22, n. 3, p. 149–163, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9236. Acesso em: 17 out. 2021.