Introdução precoce da sacarose está associada à presença de cárie dentária em bebês

  • Bruna Assis de Paula Universidade Federal de Minas Gerais
  • Juliana Freire-Maia Universidade Federal de Minas Gerais
  • Paulo Antônio Martins Júnior Universidade Federal de Minas Gerais https://orcid.org/0000-0002-1575-5364
  • Fernanda Bartolomeo Freire-Maia Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

Objetivo: Este estudo investigou o momento da introdução da sacarose na alimentação de bebês e presença de cárie dentária.

Materiais e métodos: Foi realizado um estudo transversal com uma amostra de 50 pais/responsáveis e suas crianças, sendo 25 do sexo feminino e 25 do masculino, com média de idade de 27 meses (idades mínima-máxima: 7-48 meses). A coleta de dados foi realizada por uma pesquisadora e por alunos matriculados na Disciplina “Odontologia para bebês” da Faculdade de Odontologia da UFMG. Os pais/responsáveis pelas crianças responderam a um questionário socioeconômico, demográfico e de verificação da época de inserção de determinados alimentos na dieta das crianças. A presença de cárie dentária foi coletada a partir dos prontuários dos pacientes, que foram submetidos a exame clínico, profilaxia e secagem dos dentes com ar comprimido, sendo considerada presença de lesão de mancha branca, lesão de cárie cavitada e presença de restauração. Foram realizadas análises descritivas e bivariadas (p < 0,05).

Resultados: As crianças apresentaram média de idade de 27 meses, sendo 50% do sexo masculino. O aleitamento de 46% das crianças foi exclusivo. Constatou-se que 98% das crianças consumiram sacarose em algum tipo de alimento antes de 2 anos de idade, 88% antes de 1 ano e 34% antes dos 6 meses. A introdução da sacarose antes dos 6 meses de idade apresentou associação significativa com a presença de cárie dentária. Os alimentos que contêm sacarose mais frequentemente introduzidos na dieta das crianças antes de 1 ano de idade foram açúcar branco, biscoito doce, bolo, gelatina, leite fresco tipo petit suisse, iogurte, leite fermentado com lactobacilos vivos e pão.

Conclusão: A introdução da sacarose na dieta das crianças foi precoce e apresentou associação significativa com a presença de cárie dentária. Portanto, verifica-se a necessidade de se fornecer informações sobre educação alimentar e oferecer atenção individualizada.

Descritores: Alimentos infantis. Cárie dentária. Criança. Sacarose.

Publicado
2019-07-18
Seção
Artigos