Se vencer o Palestra, vence a 'bella' e legendária pátria italiana: um estudo comparado dos Palestras Itália de São Paulo e de Belo Horizonte (1914-1933)

Conteúdo do artigo principal

Rodrigo Caldeira Bagni Moura

Resumo

No presente trabalho analisaremos em perspectiva comparada o Palestra Itália fundado em São Paulo em 1914, que após 1942 passou a se chamar Sociedade Esportiva Palmeiras, com o Palestra Itália de Belo Horizonte, que iniciou suas atividades em 1921 e após 1942 transformou-se em Cruzeiro Esporte Clube. Nosso objetivo central será analisar comparativamente o processo de afirmação dos dois times, buscando compreender qual a importância do futebol, no processo de inserção e pertencimento dos italianos nas duas capitais mencionadas, e qual a contribuição dos Palestras para sedimentar a noção de identidade italiana, entre os membros da colônia, no período de 1914 a 1933. Durante a pesquisa pudemos perceber que vencer, para os Palestras Itália de São Paulo e de Minas Gerais, passou a ser uma forma de conseguir reunir e agrupar mais pessoas, que vieram da região onde se constituiu o território italiano após a unificação, em torno de um sentimento de pertencimento, reforçando desse modo a italianidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
MOURA, R. C. B. Se vencer o Palestra, vence a ’bella’ e legendária pátria italiana: um estudo comparado dos Palestras Itália de São Paulo e de Belo Horizonte (1914-1933). FuLiA/UFMG , Belo Horizonte/MG, Brasil, v. 2, n. 1, p. 59–79, 2017. DOI: 10.17851/2526-4494.2.1.59-79. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/fulia/article/view/13794. Acesso em: 29 fev. 2024.
Seção
DOSSIÊ
Biografia do Autor

Rodrigo Caldeira Bagni Moura, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Doutor em História Comparada pela UFRJ. Mestre em lazer pela UFMG, Especialista em lazer pela UFMG, e graduação em Educação Física pela UFMG. Atualmente é professor da Universidade Salgado de Oliveira; membro do Grupo Sport (Laboratório de história do esporte e do lazer da UFRJ). Tem experiência na área de Educação Física, atuando na formação de professores de Educação Física em Universidades particulares; também atuou em escolas públicas e particulares; em clubes com Esporte e lazer, atuando principalmente nos seguintes conteúdos/ temas: Lazer, Esporte, Jogos, Educação Física escolar, História da Educação Física, do Esporte, do lazer e do futebol. 
Share |

Referências

BARROS, José D’Assunção. Origens da história comparada: as experiências com o comparativismo histórico entre o século XVIII e a primeira metade do século XIX. Anos 90, Porto Alegre, vol.14, n. 25, p.141-173, jul. 2007a.

BARROS, José D’Assunção. História comparada: um novo modo de ver e fazer a História. Revista de História Comparada, Rio de Janeiro, vol. 1, n. 1, p. 1-30, 2007b.

BLOCH, Marc. Pour une histoire comparé des sociétes européennes. In: ______. Melanges historiques. Paris: Sevpen (Bibliotheque Generale de L’École Pratique des Hautes Études), 1963.

CAPELATO, Maria Helena R. A imprensa na história do Brasil. São Paulo: Contexto; Edusp,1988.

CERVO, Luigi. Início da vida palestrina. In: GALUPPO, Fernando Razzo. Morre líder, nasce campeão! – 1942: arrancada heroica palmeirense. São Paulo: Ed. BB, 2012. p 14-23.

DUARTE, Orlando. Palmeiras: o alviverde imponente. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2008.

LADISLAU, Carlos Rogério. Auroras da vitória: letras do treinamento esportivo no Brasil (1920-1968). 2010. 182 f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Campinas, SP, 2010.

PALMEIRAS: linha do tempo: 2014-21. Disponível em: . Acesso em: 10 nov. 2015.

PEREIRA, Leonardo Affonso de Miranda. Footballmania: uma história social do futebol no Rio de Janeiro, 1902-1938. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2000 (Coleção Histórias do Brasil)

RODRIGUES FILHO, Mário. O negro no futebol brasileiro. 4. ed. Rio de Janeiro: Mauad, 2003.

STREAPCO, João Paulo F. Cego é aquele que só vê a bola: o futebol em São Paulo e a formação das principais equipes paulistanas: S. C. Corinthians, S. E. Palmeiras e São Paulo F. C. 2010. 228 f. Dissertação (Mestrado em História) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

THEML, Neide; BUSTAMANTE, Regina Maria da Cunha. História comparada: olhares plurais. PHOÎNIX: revista de história comparada, vol. 10, p. 9-30, 2004.

WEINECK, Jürgen. Treinamento ideal: instruções técnicas sobre o desempenho fisiológico, incluindo considerações específicas de treinamento infantil e juvenil. 9. ed. Barueri, SP: Manole, 2003.