Europa, sempre às quartas

Main Article Content

Myriam Correa de Araujo Ávila

Resumo

Europa, sempre às quartas é uma tradução de Myriam Ávila do texto de Detlev Clausen é sociólogo, especialista em Teoria Crítica e dedica-se, entre outros temas, ao estudo da sociologia do futebol. Autor, no Brasil, de Bela Guttmann: uma lenda do futebol do século XX (Estação Liberdade, 2014).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Ávila, M. C. de A. (2017). Europa, sempre às quartas. FuLiA/UFMG, 1(1), 65–68. https://doi.org/10.17851/2526-4494.1.1.65-68
Seção
TRADUÇÃO & EDIÇÃO
Biografia do Autor

Myriam Correa de Araujo Ávila, Faculdade de Letras da UFMG

Pesquisadora 1D do CNPq. Possui graduação em Belas Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais (1977), mestrado em Inglês - Literatura pela Universidade Federal de Minas Gerais (1986) e doutorado em Literatura Comparada pela Universidade Federal de Minas Gerais (1994). Estudou na Universidade de Kassel, Alemanha (1987-1989). Pós-doutorado na USP (2004-2005). Pós-doutorado na Fundação Casa de Rui Barbosa (RJ) em 2013. Atualmente ocupa o cargo de Professor Titular na Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: correspondência, diários, viajantes, nonsense e estranhamento. É pesquisadora do CNPq desde 1999. Autora de Rima e solução: a poesia nonsense de Lewis Carroll e Edward Lear (Annablume), Retrato na rua: memórias e modernidade na cidade planejada (Ed.UFMG), Douglas Diegues por Myriam Ávila (Eduerj) e Diários de Escritores (ABRE). Lider do grupo de pesquisa Poéticas do Estranhamento (CNPq-UFMG). Coordenadora de verbete no projeto Léxico Brasil/Europa (Universidade de Bolonha/UFMG).

Referências

O texto não traz referências.