O mito de Pelé, ou: 'um desvendamento do Ser'

  • Clemens van Loyen
Palavras-chave: Pelé, Mito, Pós-história, Cultura, Novo homem.

Resumo

Minha contribuição parte de um ensaio pouco conhecido de Vilém Flusser, intitulado “Peleologia”, publicado no Suplemento Literário de O Estado de São Paulo em 04 de julho de 1964. Este ensaio tem um lugar de destaque no pensamento flusseriano. Argumento que ele está no limiar do próprio esclarecimento sobre o conceito de ‘pós-história’, como será tratado dois anos mais tarde no ensaio “Do Programa”, no qual Flusser proclama, pela primeira vez, “o fim da história”. Meu artigo visa elucidar as teias de pensamento, a dissolução e o surgimento de conceitos na obra flusseriana. Em Pelé, por exemplo, Flusser reconhece uma nova possibilidade de existência, o assim chamado ‘novo homem’, que seria também um modelo de vida para os brasileiros.

Publicado
2018-06-11