A peste e o futebol de mulheres a mídia brasileira e a gestão do futebol durante a pandemia da covid-19

Conteúdo do artigo principal

Ana Laura Eckhardt de Lima
Raquel Pereira Quadrado
Jorge Knijnik

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar e discutir alguns impactos sofridos pelo futebol de mulheres no contexto da pandemia da covid-19 no Brasil, durante a suspensão dos campeonatos nacionais. Nossos dados foram produzidos no buscador do Google empregando o descritor “futebol feminino”, e os filtros “notícias” e “data”. Posteriormente, organizamos estes dados em categorias temáticas. Empregando o conceito de ‘acontecimento’ elaborado por Michel Foucault, observamos que a paralisação do futebol afetou muitas equipes, desencadeando crises financeiras as quais se potencializaram no futebol de mulheres em virtude de um persistente amadorismo de gestão, sobretudo no que diz respeito à gerência da verba repassada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) às equipes para mitigar os efeitos da crise. Na retomada das atividades, todavia, o futebol praticado por mulheres foi relegado ao segundo plano por sua entidade máxima, ficando, uma vez mais, à sombra do futebol masculino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
LIMA, A. L. E. de; QUADRADO, R. P.; KNIJNIK, J. A peste e o futebol de mulheres: a mídia brasileira e a gestão do futebol durante a pandemia da covid-19. FuLiA/UFMG , Belo Horizonte/MG, Brasil, v. 8, n. 2, p. 130–154, 2023. DOI: 10.35699/2526-4494.2023.45299. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/fulia/article/view/45299. Acesso em: 28 maio. 2024.
Seção
DOSSIÊ
Biografia do Autor

Jorge Knijnik, Western Sydney University

Professor Associado da School of Education e pesquisador do Institute for Culture & Society na Western Sydney University. Licenciado e Mestre em Educação Física pela Universidade de São Paulo com doutorado em Psicologia Social pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (2006). 

Share |

Referências

ALINE PELLEGRINO APRESENTA reforços para o futebol feminino da CBF. CBF, 1º jan. 2022. Disponível em: https://encurtador.com.br/sAFGI. Acesso em: 03 fev. 2023.

ALINE PELLEGRINO ASSUME a Coordenação das Seleções Brasileiras Fe-mininas. CBF, 13 jan. 2022. Disponível em: https://encurtador.com.br/bCGJM. Acesso em: 03 fev. 2023.

ALVES, Camila. CBF tenta manter formato do Brasileiro Feminino, mas estuda possibilidade de sede única. GE, Recife, 1º maio 2020. Disponível em: https://encurtador.com.br/luzLP. Acesso em: 20 out. 2021.

ALVES, Camila; ROCHA, Sabrina. Futebol feminino vive indefinição à espera do Brasileiro e Estadual: "ficou em segundo plano". GE, Recife, 26 jun. 2020. Disponível em: https://encurtador.com.br/ARX57. Acesso em: 20 out. 2021.

BARLEM, Cíntia. Tem Copa de novo em 2023! Seleção feminina busca novo patamar a partir de 20 de julho. GE, Rio de Janeiro, 19 dez. 2022. Disponível em: https://shre.ink/9KG9. Acesso em: 03 fev. 2023.

BARLEM, Cíntia; ROSSI, Gabriela. Brasileiro feminino de volta! Com reforços e saídas, equipes retomam disputa da Série A1. GE, Rio de Janeiro, 26 ago. 2020. Disponível em: https://shre.ink/9KG1. Acesso em: 20 out. 2021.

BUTLER, Judith. El capitalismo tiene sus límites. In: AMADEO, P. (Ed.). Sopa de Wuhan: pensamiento contemporáneo en tiempos de pandemias. ASPO, 2020, p. 59-65.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identida-de. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2018.

CANHEDO, Ana et al. De time desfeito aos atrasos de salário: Brasileiro Femi-nino volta com clubes em realidades opostas. GE, Recife, 23 ago. 2020. Dis-ponível em: https://shre.ink/9KGI. Acesso em: 20 out. 2021.

CANHEDO, Ana; Oliveira, MAURÍCIO. Das ameaças a atletas à verba da CBF retida: pandemia escancara amadorismo do futebol feminino. GE, São Paulo, 14 maio 2020a. Disponível em: https://shre.ink/9KGB. Acesso em: 14 out. 2021.

CANHEDO, Ana; Oliveira, MAURÍCIO. Pandemia afeta elite do futebol femini-no, mas maioria dos clubes mantém salários; veja panorama. GE, São Paulo, maio 2020b. Disponível em: https://shre.ink/9KSP. Acesso em: 14 out. 2021.

CBF ANUNCIA medidas de apoio financeiro aos clubes e federações. CBF, 06 abr. 2020 Disponível em: https://shre.ink/9KS6. Acesso em: 14 out. 2021.

CBF e Grupo Globo anunciam acordo para transmissões do futebol feminino e base masculina. CBF, 28 jan. 2022. Disponível em: https://shre.ink/9KSV. Acesso em: 03 fev. 2023.

CHAVES, Lincoln. Brasileiro Feminino volta com reforços e times afetados pe-la pandemia. Agência Brasil, São Paulo, 26 ago. 2020. Disponível em: https://shre.ink/9KSK. Acesso em: 20 out. 2021.

COM MAIS de 1 bilhão de pessoas, Fifa diz que Copa do Mundo Feminina foi a mais vista da história. GE, Paris, 12 maio 2021. Disponível em: https://shre.ink/9KSA. Acesso em: 12 maio 2021.

COPA DO MUNDO FEMININA É destaque do futebol em 2023; veja calendário completo. CNN Brasil, 1º jan. 2023. Disponível em: https://shre.ink/9KS5. Acesso em: 03 fev. 2023.

COPA DO MUNDO FEMININA TERÁ 32 seleções a partir de 2023. Gazeta Es-portiva, 1º ago. 2019. Disponível em: https://shre.ink/9KSx. Acesso em: 03 fev. 2023.

CORAZZA, Sandra Mara. Labirintos da pesquisa, diante dos ferrolhos. In: COSTA, Marisa Vorraber. (Orgs.). Caminhos investigativos I: novos olhares na pesquisa em educação. Rio de Janeiro: Lamparina, 2007. Disponível em: https://shre.ink/9KXP. Acesso em: 10 ago. 2020.

ELSEY, Brenda. Energizadas pelo movimento de mulheres "#NiUnaMenos": as equipes de futebol feminino desafiam os patriarcas do esporte-rei da Améri-ca Latina. FuLiA/UFMG, FALE/UFMG, Belo Horizonte. v. 4, n. 1, p. 39-50, 2019.

FERNANDES, Nathália. 100, 80, 30: as efemérides do futebol de mulheres em 2021. Ludopédio, São Paulo, v. 142, n. 28, 2021. Disponível em: https://shre.ink/9KXV. Acesso em: 10 ago. 2021.

FERREIRA, André B.; ROSA, Alexia Viana da.; FARIAS, Alexsander S.; VALENTIM, Giovanna Dutra Silva; HERZOG, Lucas Bertola. Boletim nº 10: direitos na pandemia – mapeamento e análise das normas jurídicas de resposta à covid-19 no Brasil. CEPEDISA/Conectas Direitos Humanos, São Paulo, nº 10, p. 3-57, jan. 2021. Disponível em: https://cepedisa.org.br/publicacoes/. Acesso em: 15 jul. 2021.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014.

GOELLNER, Silvana Vilodre. Futebol de mulheres: histórias, memórias e desa-fios. In: MARTINS, MARTINS, Mariana Zuaneti; WENETZ, Ileana. (Orgs.). Fu-tebol de mulheres no Brasil: desafios para as políticas públicas. Curitiba: Edi-tora CRV, 2020. E-book.

GOELLNER, Silvana Vilodre; KESSLER, Cláudia Samuel. A sub-representação do futebol praticado por mulheres no Brasil: ressaltar o protago-nismo para visibilizar a modalidade. Revista USP, n. 117, p. 31-38, 2018.

MATOS, Ana Thaís. Sem controle da CBF, futebol feminino fica nas mãos da má gestão dos clubes. GE, Rio de Janeiro: 11 maio 2020. Disponível em: https://shre.ink/9KXM. Acesso em: 18 out. 2021.

MENDONÇA, Renata. CBF não fiscaliza, e jogadoras ficam sem salário mes-mo com ajuda aos clubes. Dibradoras, 20 abr. 2020. Disponível em: https://shre.ink/9KXB. Acesso em: 18 out. 2021.

MENDONÇA, Renata; LISBOA, Juliana. Clubes cortam salários, dispensam jogadoras e querem nova ajuda da CBF. Dibradoras, 21 maio 2020. Disponí-vel em: https://shre.ink/9Kf2. Acesso em: 18 out. 2021.

QUANDO A BOLA parou de rolar: Museu do Futebol elenca principais inter-rupções de campeonatos. Gazeta Esportiva. São Paulo: 26 mar. 2020. Dispo-nível em: https://shre.ink/9Kfi. Acesso em: 11 out. 2021.

REVEL, Judith. Michel Foucault: conceitos essenciais. São Carlos: Claraluz, 2005.

SAFATLE, Vladimir. Bem-vindo ao Estado suicidário. N1-Edições, Texto 004 - Pandemia Crítica. Disponível em: https://www.n-1edicoes.org/textos/23. 2020. Acesso em: 21 out. 2022.

SALES, Tiago Amaral; ESTEVINHO, Lúcia de Fátima Dinelli. Cartografias de vida-e-morte em territórios pandêmicos: marcas-ferida, necro-bio-políticas e linhas de fuga. Revista M. Estudos Sobre a Morte, os Mortos e o Morrer, v. 6, n. 11. p. 275-293, 2021.

SANTOS, Boaventura de S. A cruel pedagogia do vírus. Coimbra: Almedina, 2020.

VON BENTZEEN, Vitoria; Barbosa, Lucas. Futebol feminino: retorno do cam-peonato gera preocupações. Jornal de Brasília, 25 ago. 2020. Disponível em: https://shre.ink/9Kfa. Acesso em: 20 out. 2021.