Deicida e aliado do demônio: o judeu na Patrística

  • Sergio Alberto Feldman UFES

Resumo

A história pode servir para entender a permanência e a continuidade de determinadas crenças e comportamentos sociais. O propósito deste artigo é refletir sobre os primórdios do preconceito antijudaico e sobre como, a partir de sua concepção, se deu a longa duração. O assim denominado Povo Eleito ou Povo do Livro deixa de ser um grupo pretensamente escolhido por Deus e passa a ser concebido como um coletivo visto como “o assassino de Deus” e o aliado do Diabo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sergio Alberto Feldman, UFES

Historiador e Professor de História na Universidade Federal do Espírito Santo.

Referências

AGOSTINHO. A cidade de Deus. Trad. Urbano Tavares Rodrigues. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 1995.

AGOSTINHO. A cidade de Deus. São Paulo: Petrópolis: Vozes, 1990.

FELDMAN, Sergio Alberto. A Igreja e a "questão judaica": de Eusébio de Cesaréia a Gregório Magno. Boletim do CPA, v.17, p. 131-154, 2004.

FELDMAN, Sergio Alberto. O projeto isidoriano: um currículo educacional numa era de transição. IN: FRANCO, Sebastião Pimentel. História e educação: em busca da interdisciplinaridade. Vitória: EDUFES; PPGHIS, 2006. (Coleção Rumos da História)

FELDMAN, Sergio Alberto. Isidoro de Sevilha e a desmontagem do Judaísmo. In: Relações de poder, educação e cultura na Antiguidade e Idade Média, Santana do Parnaíba: Solis, v. 1, p. 341-352, 2005a.

FELDMAN, Sergio Alberto. Agostinho de Hipona: a necessidade dos judeus na finalidade cristã da História. In: SOUBBOTNIK, Michael & SOUBBOTNIK, Olga Maria M. C. de Souza. Enlaces: Psicanálise e conexões. Vitória: GM Gráfica e Editora, 2008.

FLANNERY, Edward. A angústia dos judeus: história do anti-semitismo. Trad. Olga Biar Laino. São Paulo: Ibrasa, 1968.

FONTETTE, François de. História do anti-semitismo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1989.

ISIDORO DE SEVILHA. De fide catholica ex veteri et novo testamento contra judaeos. IN: MIGNE (Ed.). Patrologia Latina, t. 83, p. 449-538.

ISIDORO DE SEVILHA Los tres libros de las Sentencias (Sententiarum libri tres). IN: Santos padres españoles II: San Leandro, San Isidoro, San Fructuoso. Introducciones, versión y notas de J. Campos Ruiz & I. Roca Melia. Madrid: BAC, 1971.

PARKES, James. The conflict of the Church and the Synagogue: a study in the origins of anti-Semitism. New York: Hermon, 1974.

PINSKY, Jaime. 100 textos de História Antiga. São Paulo: Perspectiva, 1991.

POLIAKOV, Léon. De Cristo aos judeus da corte. Trad. Jair Korn e Jacó Guinsburg. São Paulo: Perspectiva, 1979.

ROTH, Cecil. Pequena história do povo judeu. São Paulo: Fundação Fritz Pinkuss CIP, 1963.

ROTH, Norman. Jews, Visigoths, and Muslins in medieval Spain: cooperation and conflict. Leiden; New York; Koln: Brill, 1994.

SELTZER, Robert M. Povo judeu, pensamento judaico. Rio de Janeiro: A Koogan, 1990. 2.v.

SILVA, Gilvan Ventura da. As relações de sociabilidade entre judeus e cristãos em Antioquia. In: Líber Intelectus, v. 2, n. 2, p. 2-15, dez. 2007.

Publicado
2009-10-30
Como Citar
Feldman, S. A. (2009). Deicida e aliado do demônio: o judeu na Patrística. Arquivo Maaravi: Revista Digital De Estudos Judaicos Da UFMG, 3(5), 110-122. https://doi.org/10.17851/1982-3053.3.5.110-122