Mínimos monstros

  • Vívien Gonzaga e Silva Faculdade de Letras Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

Ao que se sabe, o monstro Beemot entra para o mundo das palavras no primeiro dos livros sapienciais da Bíblia. Ali, no Livro de Jó, o próprio Yahweh orgulha-­se de sua criatura, e Beemot é descrito como um ser de excepcional vigor, as ancas robustas, o ventre musculoso, os nervos das coxas fortemente entrelaçados. Seus ossos são como colunas de bronze.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vívien Gonzaga e Silva, Faculdade de Letras Universidade Federal de Minas Gerais

Professora de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, Mestre em Letras: Teoria da Literatura, Doutoranda em Letras na UFMG e pesquisadora do Núcleo de Estudos Judaicos da UFMG.

Publicado
2009-10-30
Como Citar
Silva, V. G. e. (2009). Mínimos monstros. Arquivo Maaravi: Revista Digital De Estudos Judaicos Da UFMG, 3(5), 128-131. https://doi.org/10.17851/1982-3053.3.5.128-131