Biblioteca Warburg: uma “coleção de problemas” e memórias

  • Alice Costa Souza Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Aby Warburg, Memória, Coleção

Resumo

Aby Warburg é um nome que evoca mais que um homem, evoca uma biblioteca: a Kulturwissenschaftliche Bibliothek Warburg (KBW) em Hamburgo. O artigo discorre sobre a “ciência sem nome” criada por Warburg para ordenação de sua coleção pessoal que se tornou pública, refletindo seu entusiasmo pela memória coletiva. A biblioteca abriga também o Atlas Mnemosyne (1924-1929), formado por lâminas que contam uma versão alternativa da História da Arte, uma coleção de imagens organizada, bem como a biblioteca, por critérios de “boa vizinhança”. A KBW – que sobrevivera a duas guerras, mudança para Londres, aos colapsos mentais de seu criador – eternizou-se por meio de sua abertura ao público em 1926 e reverbera ainda pelos inúmeros trabalhos de arte contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alice Costa Souza, Universidade Federal de Minas Gerais
mestre em Artes, doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Artes da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (EBA-UFMG) e bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Referências

AGAMBEN, Giorgio. Aby Warburg y la ciencia sin nombre. In: ______. La potencia del pensamento. Trad. Flavia Costa e Edgardo Castro. Buenos Aires: Adriana Hidalgo, 2007.

DERRIDA, Jacques. Mal de arquivo: uma impressão freudiana. Trad. Cláudia de Moraes Rego. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2001.

DIDI-HUBERMAN, Georges. La imagen supervivente. Historia del Arte y Tiempo de los fantasmas según Aby Warburg. Madrid. Les Editions de Minuit, 2002.

DIDI-HUBERMANN, Georges. ATLAS ¿Cómo llevar el mundo a cuestas? Texto de apresentação de Georges Didi-Huberman da exposição homónima no Museu Reina Sofía, em Madrid, até 28 de Março de 2011. Folheto de exposição.

FREITAS, Guilherme. A arte de Warburg. Disponível em: <http://oglobo.globo.com/blogs/prosa/posts/2013/05/18/a-arte-de-warburg497082.asp>. Acesso em: 30 nov. 2013.

GINZBURG, Carlo. De A. Warburg a E.H.Gombrich – Notas sobre um problema de método. In: ______. Mitos, emblemas, sinais: morfologia e história. Trad. Federico Carotti. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. Trad. Laís Teles Benoir. São Paulo: Centauro, 2004.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Trad. Bernardo Leitão et al. Campinas: Editora da UNICAMP, 2003. 544p.

LEROI-GOURHAN, A. Le geste et la parole. Paris: Michel, 1964-1965, 2v., p. 72, citado por LE GOFF, Jacques. História e Memória. Trad. Bernardo Leitão et al. Campinas: Editora da UNICAMP, 2003.

MAREK, Michael. Jewish scholar challenged tradition with creation of unique library. Editor: Kate Bowen. Disponível em: Também disponível em: <http://www.dw.de/jewish-scholar-challenged-tradition-with-creation-ofunique-library/a-4819428> Acesso em 24/10/2009.

OUTHWAITE, William. Dicionário do pensamento social do século XX. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1996.

PERNIOLA, Mario. Pensando o ritual: sexualidade, morte, mundo. Trad. Maria do Rosário Toschi. São Paulo: Studio Nobel, 2000.

RICHTER, Gerhard. Disponível em: <https://www.gerhard-richter.com> Acesso em: 10 mar. 2015.

RICŒUR, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Trad. Alain François et al. Campinas: Editora da UNICAMP, 2007. 536p.

SETTIS, Salvatore. Warburg Continuatus, descripción de una biblioteca. Barcelona: La Central, 2010.

The Warburg Institute. Disponível em: <http://warburg.sas.ac.uk/home/> Acesso em: 10 mar. 2015.

WARBURG, Aby. Aby Warburg, Conferencia en la Hertziana (enero de 1929). In:______. Atlas Mnemosyne. Trad. Joaquín Chamorro Mielke Madrid: Ediciones Akal, 2010. p. 179-180.

WARBURG, Aby. Aby Warburg, Conferencia sobre Rembrandt (mayo de 1926). In: ______. Atlas Mnemosyne. Trad. Joaquín Chamorro Mielke. Madrid: Ediciones Akal, 2010. p. 173-178.

WARBURG, Aby. Atlas Mnemosyne. Trad. Joaquín Chamorro Mielke. Madrid: Ediciones Akal, 2010.

Publicado
2015-05-30
Como Citar
Souza, A. C. (2015). Biblioteca Warburg: uma “coleção de problemas” e memórias. Arquivo Maaravi: Revista Digital De Estudos Judaicos Da UFMG, 9(16), 17-38. https://doi.org/10.17851/1982-3053.9.16.17-38