Metadados para acervos culturais

Autores

  • Juliana Martins de Castro Barroso Universidade Federal de Minas Gerais https://orcid.org/0000-0001-7848-0399
  • Célia da Consolação Dias Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

Metadados, Acervos Culturais, Web Semântica, Interoperabilidade

Resumo

Este artigo investiga os padrões de metadados orientados à estruturação, descrição, gestão e preservação de acervos culturais. Existem diversos modelos de metadados criados por comunidades das áreas bibliográfica, arquivística e museológica disponíveis na atualidade, grande parte dos quais com acesso livre, mas que ainda não têm seu uso difundido no Brasil. Dada a demanda cada vez maior por dados abertos e interligados no âmbito da Web Semântica, torna-se de extrema importância o conhecimento das ferramentas disponíveis para a descrição e publicação de acervos on-line. O objetivo deste estudo é mapear os diferentes tipos de metadados aplicáveis a recursos culturais, apontando suas principais características e possibilidades de uso. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de caráter exploratório, constituída por revisão de literatura e análise documental. Como conclusão, apontam-se as potencialidades para utilização desses padrões nas instituições culturais nacionais, viabilizando a gestão de acervos on-line de forma eficiente e orientada à interoperabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BACA, M., HARPRING, P. (eds.). CDWA: Categories for the Description of Works of Art. Los Angeles: Getty Institute, 2016. Disponível em: <https://www.getty.edu/research/publications/electronic_publications/cdwa/index.html>. Acesso em: 19 nov. 2021.

CAMPOS, M. L. A. O papel das definições na pesquisa em ontologia. Perspect. ciênc. inf., Belo Horizonte, v. 15, n. 1, p. 220 - 238, abr. 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362010000100013&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 19 nov. 2021.

CARLYLE, A. Understanding FRBR as a conceptual model. Library Resources & Technical Services, v. 50, n. 4, p. 264-273, 2011.

CIDOC CRM. What is the CIDOC CRM? Disponível em: <http://www.cidoc-crm.org/>. Acesso em: 19 nov. 2021.

DREFTYMAC. A graphical depiction of a very simple HTML document. In: WIKIMEDIA COMMONS, a midiateca livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2007a. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/wiki/File:HTML.svg> sob CC BY-SA 2.5. Acesso em: 19 nov. 2021.

DREFTYMAC. A graphical depiction of a very simple SGML document. In: WIKIMEDIA COMMONS, a midiateca livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2007b. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/wiki/File:SGML.svg> sob CC BY-SA 2.5. Acesso em: 19 nov. 2021.

DREFTYMAC. A graphical depiction of a very simple XML document. In: WIKIMEDIA COMMONS, a midiateca livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2007c. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/wiki/File:XML.svg> sob CC BY-SA 2.5. Acesso em: 19 nov. 2021.

DUBLIN CORE. Dublin Core Metadata Initiative. Disponível em: <https://dublincore.org/specifications/dublin-core/>. Acesso em: 19 nov. 2021.

EAD: Encoded Archival Description - Tag Library. v. EAD3 1.1.1. Chicago: Society of American Archivists, 2019. 422p. Disponível em: <https://www.loc.gov/ead/EAD3taglib/tl_ead3.pdf>. Acesso em: 19 nov. 2021.

EUROPEANA. About Europeana. Disponível em: <https://www.europeana.eu/pt/about-us>. Acesso em: 19 nov. 2021.

GILL, T. Metadata and the Web. In: BACA, M. (ed.). Introduction to metadata. 3 ed. Los Angeles: Getty Publications, 2016. p. 32-50.

GILLILAND, A. J. Setting the stage. In: BACA, M. (ed.). Introduction to metadata. 3 ed. Los Angeles: Getty Publications, 2016. p. 10-31.

GREENBERG, J. Understanding metadata and metadata schemes. Cataloging & Classification Quarterly, v. 40, n. 3-4, p. 17-36, 2005.

GUARINO, N.; GUIZZARDI, G.; MYLOPOULOS, J. On the philosophical foundations of conceptual models. Information Modelling and Knowledge Bases, v. 31, n. 321, p. 1-14, 2020. Disponível em: <http://www.inf.ufes.br/~gguizzardi/Conceptual_Modeling_EJC(1).pdf>. Acesso em: 19 nov. 2021.

GUERREIRO, D.; BORBINHA, J. L. Humanidades Digitais: novos desafios e oportunidades. Revista Internacional del Libro, Digitalización y Bibliotecas, v. 2, n. 2, p. 1-16, 2014. Disponível em: <https://dspace.uevora.pt/rdpc/handle/10174/12155>. Acesso em: 19 nov. 2021.

INTERNACIONAL COUNCIL ON ARCHIVES. Records in Contexts: A Conceptual Model For Archival Description. Consultation Draft, v 0.1, set. 2016. Disponível em: <https://www.ica.org/sites/default/files/RiC-CM-0.1.pdf>. Acesso em: 19 nov. 2021.

LATORRE, M. Historia de las Web 1.0, 2.0, 3.0 y 4.0. Universidad Marcelino Champagnat, Lima, p. 1 - 8, 2018. Disponível em: <https://umch.edu.pe/arch/hnomarino/74_Historia%20de%20la%20Web.pdf>. Acesso em: 19 nov. 2021.

MARCONDES, C. H. Dados abertos interligados: publicação, recuperação e integração de acervos de arquivos, bibliotecas e museus na web. Marília: Oficina Universitária; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2021.

MAYERNIK, M. S. Metadata. Knowledge Organization, v. 47, n. 8, p. 696-713, 2020. Disponível em: <https://www.isko.org/cyclo/metadata>. Acesso em: 19 nov. 2021.

NETCRAFT. March 2021 Web Server Survey. Disponível em: <https://news.netcraft.com/archives/category/web-server-survey/>. Acesso em: 19 nov. 2021.

RAMALHO, R. A. S.; MARTINS, P. G. M.; SOUSA, J. L. Evolução das linguagens de marcação: um breve histórico à luz da área de Ciência da Informação. Informação@ Profissões, v. 6, n. 2, p. 20-34, 2017.

RILEY, J. Understanding metadata. Washington DC: National Information Standards Organization, v. 23, 2017. Disponível em: <http://www.niso.org/publications/press/UnderstandingMetadata.pdf>. Acesso em: 19 nov. 2021.

RIVA, P.; LE BŒUF, P.; ŽUMER, M. IFLA Library Reference Model: Um Modelo Conceitual para a Informação Bibliográfica. International Federation of Library Associations and institutions, 2017. Disponível em: <https://www.ifla.org/files/assets/cataloguing/frbr-lrm/ifla-lrm-august-2017_rev201712-por.pdf>. Acesso em: 19 nov. 2021.

SCHNEIDER, L. Sintaxe e semântica na reformulação de algumas prescrições gramaticais. Travessias, v. 4, n. 3, p. 565-569, 2010.

SEMÂNTICA. In: MICHAELIS: Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa. São Paulo: Melhoramentos, 2021. Disponível em: <https://michaelis.uol.com.br/moderno-portugues/>. Acesso em: 19 nov. 2021.

SMIRAGLIA, R. P. Introducing metadata. Cataloging & Classification Quarterly, v. 40, n. 3-4, p. 1-15, 2005.

TEI CONSURTIUM. TEI P5: Guidelines for Electronic Text Encoding and Interchange. Disponível em: <https://www.tei-c.org/release/doc/tei-p5-doc/en/html/index.html>. Acesso em: 19 nov. 2021.

THE LIBRARY OF CONGRESS. Bibliographic Framework Initiative. Disponível em: <https://www.loc.gov/bibframe/>. Acesso em: 19 nov. 2021a.

THE LIBRARY OF CONGRESS. MARC Standards. Disponível em: <https://www.loc.gov/marc/marcginf.html#intro>. Acesso em: 19 nov. 2021b.

THE LIBRARY OF CONGRESS. Metadata Encoding and Transmission Standard. Disponível em: <https://www.loc.gov/standards/mets/>. Acesso em: 19 nov. 2021c.

THE LIBRARY OF CONGRESS. Metadata Object Description Schema. Disponível em: <https://www.loc.gov/standards/mods/>. Acesso em: 19 nov. 2021d.

THE LIBRARY OF CONGRESS. VRA Core Schemas and Documentation. Disponível em: <https://www.loc.gov/standards/vracore/schemas.html>. Acesso em: 19 nov. 2021e.

TILLETT, B. O que é FRBR? Um modelo conceitual para o universo bibliográfico. Washington, DC: Library of Congress, 2003. Disponível em: <https://www.loc.gov/catdir/cpso/o-que-e-frbr.pdf>. Acesso em: 19 nov. 2021.

W3C. Resource Description Framework (RDF). Disponível em: <https://www.w3.org/RDF/>. Acesso em: 19 nov. 2021.

ZENG, M. L. Semantic enrichment for enhancing LAM data and supporting digital humanities. Review article. El profesional de la información, v. 28, n. 1, p. 1-35, 2019. Disponível em: <https://doi.org/10.3145/epi.2019.ene.03>. Acesso em: 19 nov. 2021.

Downloads

Publicado

2021-12-04

Como Citar

BARROSO, J. M. de C.; DIAS, C. da C. . Metadados para acervos culturais. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, [S. l.], n. Especial, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/moci/article/view/37137. Acesso em: 18 maio. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>