A GESTÃO DOS DADOS DE PESQUISA NAS UNIVERSIDADES E O PAPEL DOS SERVIÇOS INFORMACIONAIS OFERECIDOS NAS BIBLIOTECAS

Uma revisão narrativa

  • Jorge Santa Anna Universidade Federal de Minas Gerais
  • Célia da Consolação Dias Universidade Federal de Minas Gerais
  • Benildes Coura Moreira dos Santos Maculan Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Serviços de informação, Bibliotecas universitárias, Gestão de dados de pesquisa, Contribuições do bibliotecário.

Resumo

O crescimento e a velocidade de produção de dados científicos constituem um efeito da explosão informacional e estão condicionados ao desenvolvimento científico dos últimos tempos. Adotar estratégias para gestão de dados científicos é um desafio que acomete diferentes personagens e instituições do meio acadêmico, como bibliotecários e bibliotecas. O presente artigo é uma revisão narrativa, recorte de uma tese em andamento, e apresenta indícios preliminares acerca da gestão de dados científicos nas universidades e o papel exercido pelos serviços de informação nesse processo. A partir dos estudos analisados, percebeu-se que bibliotecários e bibliotecas muito podem contribuir para a gestão dos dados, cujos fazeres desenvolvidos perfazem ações de instrução e orientação, curadoria digital e planejamento. Conclui-se que o trabalho a ser desenvolvido precisa ser integrado, contemplando o ciclo de vida dos dados e todos os agentes envolvidos com as pesquisas científicas nas universidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-02-03