Controle de autoridade de nomes de pessoas

Uma proposta a partir da análise da Biblioteca Digital do Ministério Público Federal

Autores

  • Keila Mara Lara Rosado Universidade Federal de Minas Gerais
  • Célia da Consolação Dias Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

Controle de autoridade, Nomes de pessoas, Registro de autoridade, Biblioteca Digital do Ministério Público Federal

Resumo

Pesquisa de abordagem qualitativa, descritivo-exploratória e aplicada. Apresenta o resumo de uma pesquisa de mestrado em Gestão e Organização do Conhecimento, que aborda o controle de autoridade de nomes de pessoas, discutindo seu impacto na representação, organização e recuperação de informações. O escopo do estudo é o controle de autoridade de nomes de pessoas na Biblioteca Digital do Ministério Público Federal (BDMPF). O objetivo geral é propor um modelo de controle de autoridade de nomes de pessoas, a partir da análise da BDMPF, que forneça consistência à representação desses nomes e contribua para a organização e a recuperação de informações. Conclui que a padronização é premissa do controle de autoridade e exigência para a melhoria do nível de consistência das descrições de termos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-01-31

Como Citar

ROSADO , K. M. L. .; DIAS , C. da C. . Controle de autoridade de nomes de pessoas: Uma proposta a partir da análise da Biblioteca Digital do Ministério Público Federal. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, [S. l.], v. 9, n. 2, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/moci/article/view/19129. Acesso em: 25 maio. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>