Materiais Impressos sobre Dengue: Análise Crítica e opiniões de Profissionais de Saúde e Educação sobre seu Uso

  • Sheila Soares de Assis Programa de Pós Graduação em Ensino em Biociências e Saúde – Instituto Oswaldo Cruz (IOC) - Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ).
  • Denise Nacif Pimenta Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS) – Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ).
  • Virgínia Torres Schall Laboratório de Educação em Saúde e Ambiente (LAESA) – Centro de Pesquisas René Rachou (CPqRR) - Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ)
Palavras-chave: Dengue, materiais educativos/informativos impressos, educação em saúde, ensino de Ciências e Biologia, profissionais de saúde e de educação.

Resumo

A dengue constitui grave problema de saúde púbica no mundo. Objetivou-se analisar impressos sobre dengue circulantes numa área endêmica do Rio de Janeiro e as opiniões de profissionais de saúde e de educação sobre o uso dos mesmos. Analisou-se 17 materiais impressos com base nos critérios de estrutura e formatação, conteúdo, linguagem e ilustrações, a partir de perspectiva pedagógica construtivista. Além disso, entrevistou-se 16 profissionais de saúde e sete docentes de Ciências e Biologia. As falas foram submetidas à análise de conteúdo por unidades temáticas. Os impressos possuem boa qualidade gráfica e linguagem inteligível, porém há conceitos científicos simplificados e abordagem pedagógica tradicional. Há discurso prescritivo em relação às ações de controle e ausência de informações sobre etiologia, sintomatologia, tratamento da doença e seus determinantes sociais. Os entrevistados reportam a necessidade de inclusão de tópicos relacionados à epidemiologia e maior contextualização do conteúdo com a realidade local.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-03-21
Como Citar
Assis, S. S. de, Pimenta, D. N., & Schall, V. T. (2014). Materiais Impressos sobre Dengue: Análise Crítica e opiniões de Profissionais de Saúde e Educação sobre seu Uso. Revista Brasileira De Pesquisa Em Educação Em Ciências, 13(3), 25-51. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/4270