Trajetórias docentes

caminhos que se completam

Palavras-chave: História de vida, Trajetória docente, Constituição docente, Ensino superior

Resumo

Este artigo visa relatar e refletir sobre uma prática formativa realizada no Fórum Permanente de Pedagogia Universitária de uma universidade comunitária. O objetivo principal da prática foi proporcionar aos professores da universidade momentos para compreender a constituição do professor na sua trajetória de vida pessoal e profissional e como isso influencia a prática docente. A metodologia utilizada foi trabalhar com História de Vida por meio da construção de uma Colcha de Retalhos. Cada participante compartilhou suas vivências com os demais e os retalhos foram costurados, unindo histórias de diversas pessoas, que passaram por diferentes experiências. Por meio da análise das narrativas, consideramos que os momentos de formação possibilitaram trazer à tona significados e sentidos da história de vida e como essas vivências afetam a perspectiva do presente na sua prática docente, como também, a compreensão de que tanto o professor como o acadêmico são atores do processo de aprendizagem e sujeitos dotados de subjetividade.

Biografia do Autor

Rose Aparecida Colognese Rech, Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ), Cruz Alta, Rio Grande do Sul, Brasil.

Doutoranda e Mestre em Educação nas Ciências (UNIJUÍ), Psicopedagoga e Pedagoga (UNISC). Professora na Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ). Coordenadora do Núcleo de Apoio ao Estudante e ao Professor (NAEP) da UNICRUZ. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Estudos Humanos e Pedagógicos da UNICRUZ.

Fatima Teresinha Lopes da Costa, Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ), Cruz Alta, Rio Grande do Sul, Brasil.

Mestre em Educação (UFSM), Psicopedagoga e Pedagoga (UFSM). Professora na Universidade De Cruz Alta (UNICRUZ). Psicopedagoga do Núcleo de Apoio ao Estudante e ao Professor (NAEP) da UNICRUZ. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Estudos Humanos e Pedagógicos da UNICRUZ.

Marcia Cristina Gouveia Gomes, Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ), Cruz Alta, Rio Grande do Sul, Brasil.

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social pela Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ). Psicopedagoga e Pedagoga (UNICRUZ). Psicopedagoga do Núcleo de Apoio ao Estudante e ao Professor (NAEP) da UNICRUZ. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Estudos Humanos e Pedagógicos da UNICRUZ.

Referências

ABRAÃO, Maria Helena Menna Barreto. O professor e o ciclo de vida profissional. In: ENRICONE, Délcia. Ser professor. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002.

BRASIL. Ministério de Educação e Cultura. LDB - Lei nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional. Brasília: MEC, 1996.

BENEDITO, A. V.; FERRER, V.; FERRERES, V. La formación universitaria a debate. Barcelona: Universitat de Barcelona, 1995.

BOHOSLAVSK, Rodolfo. Orientação vocacional: a estratégia clínica. São Paulo: Martins Fontes, 1980.

FREITAS, Fernanda de Lourdes. A identidade do professor da teoria à prática. Casa do Psicólogo: São Paulo, 2014.

HUBERMAN, Michael. O ciclo de vida pessoal dos professores. In: Nóvoa, Antônio (org.). Vidas de professores. Porto: Porto, 1992.

KUPFER, Maria Cristina. Freud e a educação: o mestre do impossível. São Paulo: Scipione, 1992.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em educação: abordagem qualitativa. São Paulo: EPU, 2001.

MARQUES, Mario Osório. Escrever é preciso: o princípio da pesquisa. Ijuí: Ed. Unijuí, 2001.

MORIN, Edgar. O método I: a natureza da natureza. Lisboa: Europa América, 1977.

MORGADO, Maria Aparecida. Transferência, sedução e autoridade na relação pedagógica. Revista Espaço Acadêmico. v. 11, n. 131, p. 25-31, 19 mar. 2012.

NÓVOA, Antonio. Os professores e a história de sua vida. In: NÓVOA, Antônio (org.). Os professores e a profissão. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

NÓVOA, Antonio; FINGER, Mattias. O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: MS/DRHS/CFAP, 1988.

PEREIRA, Marcos Villela. Subjetividade e Memória: considerações sobre formação e autoformação. Ijuí: Ed. UNIJUÍ, 2000.

PIMENTA, Selma Garrido; ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos. Docência no Ensino Superior. São Paulo: Cortez, 2014.

QUEIROZ, Maria Izaura Pereira de. Relatos orais: do “indizível” ao “dizível”. In: SIMSON, Olga Rodrigues de Moraes Von (org.). Experimentos com histórias de vida: Itália-Brasil. São Pedro: Vértice, 1988.

RECH, Rose Aparecida Colognese. Fotografia 1 - Professores representando suas trajetórias de vida, 2017.

RECH, Rose Aparecida Colognese. Fotografia 2 - A colcha de retalhos exposta na parede da universidade, 2018.

Publicado
2019-12-03
Como Citar
RECH, R. A. C.; COSTA, F. T. L. DA; GOMES, M. C. G. Trajetórias docentes. Revista Docência do Ensino Superior, v. 9, p. 1-15, 3 dez. 2019.
Edição
Seção
Artigos