O estágio supervisionado em Educação Infantil e a formação docente em Educação Física

Palavras-chave: Educação Infantil, Educação Física, Formação inicial, Estágio Supervisionado, Documentos orientadores

Resumo

Este artigo analisa as disciplinas de Estágio Supervisionado relacionadas à Educação Infantil nos cursos de Licenciatura em Educação Física, identificando os pontos de convergência e de divergência com as orientações pedagógicas contidas nos documentos norteadores da primeira etapa da Educação Básica. Trata-se de uma pesquisa documental que utiliza como fontes as ementas e as bibliografias das referidas disciplinas em cursos oferecidos por universidades públicas, sediadas nas capitais brasileiras, em que há a presença de professores de Educação Física atuando na Educação Infantil municipal. Foram examinadas 16 ementas e 267 obras vinculadas a elas, provenientes de currículos de 14 universidades. O estudo constata um afastamento dessas ementas e bibliografias com relação aos documentos oficiais que balizam o trabalho pedagógico na Educação Infantil no país. Conclui-se que esse distanciamento pode acarretar dificuldades para a ampliação da presença do professor com formação em Educação Física na primeira etapa da Educação Básica e, também, para a sua permanência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Lema Del Rio Martins, Universidade Federal do Tocantins (UFT), Palmas, TO, Brasil.

Doutor em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES-2018). Licenciado Pleno em Educação Física pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ-2006). Professor do curso de Educação Física da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Líder do Núcleo de Aprendizagens com as Infâncias e seus Fazeres (NAIF/UFES) e do Grupo de Investigação Pedagógica em Educação Física (GIPEF/UFT).

Luiza Fraga Tostes, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória, ES, Brasil.

Licenciada em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES - 2019). Mestranda em Educação Física na UFES (2020-atual). Bolsista de Iniciação à Docência - PIBID (2015/2016). Bolsista de Iniciação Científica - PIBIC/CNPq (2016/2017 e 2017/2018). Membro do Núcleo de Aprendizagens com as Infâncias e seus Fazeres (NAIF/UFES).

André da Silva Mello, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória, ES, Brasil.

Licenciado pleno em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (1993); Doutor em Educação Física pela Universidade Gama Filho (2007); e Pós-Doutorado pelo Programa Associado em Educação Física da UEM/UEL (2019). Professor no Programa de Pós-graduação em Educação Física da UFES. Líder do Núcleo de Aprendizagens com as Infâncias e seus Fazeres (NAIF/UFES).

Referências

ALVES, Nilda. Sobre as razões das pesquisas nos/dos/com os cotidianos. In: GARCIA, Regina Leite (org.). Diálogos cotidianos. Petrópolis, RJ: DPA et ali, 2010. p. 67-82.

ANDRADE FILHO, Nelson Figueiredo de. Experiências de movimento corporal de crianças no cotidiano da educação infantil. 2011. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas-SP, 2011.

BISCOSNI, Camila Rinaldi; OLIVEIRA, Amauri Aparecido Bassoli. O estágio curricular supervisionado na formação inicial para a docência: as significações dos estagiários como atores do processo. Motrivivência, Florianópolis, v. 28, n. 4, p. 347-359, set. 2016. Disponível em: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2016v28n48p347. Acesso em: 20 jul. 2019.

BRASIL. Congresso Nacional. Lei nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases Da Educação Nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, 23 dez. 1996.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria da Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Fundamental. Brasília/DF: MEC, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Brasília: Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral, 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/#/site/inicio. Acesso em: 10 mar. 2019.

CAMARGO, Brigídio Vizeu; JUSTO, Ana Maria. Tutorial para uso do software de análise textual IRAMUTEQ. Florianópolis: Laboratório de Psicologia Social da Comunicação e Cognição – Laccos da Universidade Federal de Santa Catarina, 2013.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino de Educação Física. São Paulo: Cortez, 1992.

CORSARO, William. Entrada no campo, aceitação e natureza da participação nos estudos etnográficos com crianças pequenas. Educação & Sociedade, v. 26, n. 91, p. 443- 464, maio/ago. 2005. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0101-73302005000200008. Acesso em: 15 jul. 2019.

KISHIMOTO, Tizuko Morchida. O jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. 11. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

MARTINS, Rodrigo Lema Del Rio. O Pibid e a formação docente em Educação Física para a Educação Infantil. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória-ES, 2015.

MARTINS, Rodrigo Lema Del Rio. O lugar da Educação Física na Educação Infantil. 2018. Tese (Doutorado em Educação Física) – Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória-ES, 2018.

MARTINS, Rodrigo Lema Del Rio; TOSTES, Luiza Fraga; MELLO, André da Silva. Educação infantil e formação docente: análise das ementas e bibliografias de disciplinas dos cursos de educação física. Movimento, Porto Alegre, v. 24, p. 10-23, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.22456/1982-8918.77519. Acesso em: 18 jul. 2019.

MELLO, André da Silva et al. Educação Física na Educação Infantil: um estudo em periódicos da área. In: MELLO, André da Silva; SANTOS, Wagner (org.). Educação física na Educação Infantil: práticas pedagógicas no cotidiano escolar. Curitiba: Editora CRV, 2012. p. 41-56.

MELLO, André da Silva et al. Educação Infantil a e Base Nacional Comum Curricular: interfaces com a educação física. Motrivivência, Florianópolis, v. 28, n. 48, p. 130-149, set. 2016. Disponível em: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2016v28n48p130. Acesso em: 18 jul. 2019.

MOSS, Peter. What future for the relationship between early childhood education and care and compulsory schooling? Research in Comparative and International Education, v. 3, n. 3, 2008. Disponível em: https://doi.org/10.2304/rcie.2008.3.3.224. Acesso em: 15 jul. 2019.

PIMENTA, Selma Garrido. Professor reflexivo: construindo uma crítica. In: PIMENTA, Selma Garrido; GHEDIN, Evandro. (org.). Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2008. p. 17-52.

PIMENTEL, Alessandra. O método da análise documental: seu uso numa pesquisa historiográfica. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 114, p. 179-195, nov. 2001. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-15742001000300008. Acesso em: 17 jul. 2019.

PINTO, Rubia-Mar Nunes. A formação de professores para a Educação Infantil: desafios para a universidade. Pensar a Prática, Goiânia, v. 4, p. 135-148, jun./jul. 2001. Disponível em: https://doi.org/10.5216/rpp.v4i0.82. Acesso em: 20 jul. 2019.

SIROTA, Règine. Emergência de uma sociologia da infância: evolução do objeto e do olhar. Cadernos de Pesquisa, n. 112, p. 7- 31, mar. 2001. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-15742001000100001. Acesso em: 18 jul. 2019.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes & formação profissional. 8. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

Publicado
2020-05-05
Como Citar
MARTINS, R. L. D. R.; TOSTES, L. F.; MELLO, A. DA S. O estágio supervisionado em Educação Infantil e a formação docente em Educação Física. Revista Docência do Ensino Superior, v. 10, p. 1-18, 5 maio 2020.
Seção
Artigos