Aprendizagem e virtualidade

práticas possíveis na sociedade do conhecimento

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2015.2035

Palavras-chave:

Comunidades virtuais, Aprendizagem, Tecnologias digitais, Gamificação, Práticas

Resumo

Aprender, na sociedade contemporânea, representa uma prática complexa. O processo de aprendizagem encontra-se mais desenvolvido em modalidades a distância, por meio de tecnologias digitais, redes sociais, simulações e elementos de gamificação. Os mundos virtuais e de jogos são utilizados para simular situações reais dinâmicas e podem representar uma ferramenta de inovação muito útil para o desenvolvimento do ensino, da aprendizagem e da educação, na produção do conhecimento por meio da potenciação e do cultivo das comunidades de prática. Este trabalho se propõe uma reflexão sobre as potencialidades de algumas tecnologias digitais (TDs) para a construção de comunidades virtuais e o melhoramento contínuo dos processos de aprendizagem entre os participantes das mesmas comunidades. Um caso de sucesso mostra algumas tecnologias-conceitos para refletir sobre a aplicação das TDs nos processos de aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gaia Moretti, Libera Università Maria Santissima Assunta (LUMSA), Roma, Itália.

Professora na Universidade LUMSA, de Roma, Itália, no Laboratório Social Network. É PhD em Ciências da Comunicação e Organizações Complexas na mesma universidade. Foi professora na Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos) no MBA Datacom, nos cursos de Cultura Organizacional e Comunicação de empresa. Entre 2010 e 2013 foi professora no Instituto Superior de Comunicação Empresarial (Iscem), de Lisboa, na licenciatura e no mestrado em Comunicação Empresarial e Marketing. É sócia fundadora da empresa italiana de consultoria Ianus Consulting and Development, onde trabalha com processos e serviços de comunicação digital e social media, em particular para o desenvolvimento das energias renováveis.

Pierfranco Malizia, Libera Università Maria Santissima Assunta (LUMSA), Roma, Itália.

PhD em Sociologia da Cultura pela Universidade La Sapienza, de Roma, é professor de Sociologia no Departamento de Ciências Econômicas e Políticas da Universidade LUMSA, de Roma e professor visitante no Iscem, de Lisboa, e na Unisinos, de Porto Alegre. É membro da Associação Portuguesa de Sociologia e da Associação Italiana de Sociologia. Atua principalmente nas áreas das transformações sociais, da produção cultural e da comunicação. Publicou, dentre outros, os livros Contesti e dinamiche (Soveria Mannelli, 2011), Uncertain outines (Saarbrücken, 2012), Unir as forças (Universidade da Beira Interior, 2011), Marcas da sociedade (Curitiba, 2013), Into the box (Saarbrücken, 2015), Parole e prassi (Milão, 2015) e os artigos “Cultura, mídia e sociedade” (Revista FAMECOS, Porto Alegre, 2012) e “A arte social” (Atas do VII APS, Universidade de Porto, 2012).

Downloads

Publicado

2016-01-07

Como Citar

MORETTI, G.; MALIZIA, P. Aprendizagem e virtualidade: práticas possíveis na sociedade do conhecimento. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 5, n. 2, p. 129–152, 2016. DOI: 10.35699/2237-5864.2015.2035. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/2035. Acesso em: 20 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos