Os eixos estruturantes das diretrizes curriculares nacionais dos cursos de Medicina no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2017.2245

Palavras-chave:

Educação médica, Formação médica, Reforma curricular, Diretrizes Curriculares Nacionais

Resumo

As reformas curriculares dos cursos de Medicina no Brasil são territórios em disputa por forças com intensidades, direções e sentidos variáveis, emanadas de diversas fontes do conhecimento, em determinado tempo histórico. Tais forças estão organizadas em eixos estruturantes, que orientam a redação dos artigos e parágrafos de projetos pedagógicos e diretrizes. O principal objetivo deste artigo foi identificar, de forma panorâmica, os eixos estruturantes que modelam os currículos dos cursos de Medicina no Brasil e, de forma específica, contextualizá-los com os eventos históricos recentes. Como metodologia, utilizamos os conceitos da pesquisa bibliográfica e documental e, como principal fonte de análise, as novas Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Medicina (DCN), de junho de 2014. Os resultados do trabalho apontam para a presença de quatro grandes eixos: promoção da saúde, político-econômico, ético-cultural e simbólico-tecnológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diogo Hiroshi Beçon Kussakawa, Universidade do Oeste do Paraná (UNIOESTE), Campus Francisco Beltrão, PR, Brasil.

Professor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), campus de Francisco Beltrão. Docente do curso de Medicina. Mestrando em Educação pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), campus Francisco Beltrão.

Clésio Acilino Antonio, Universidade do Oeste do Paraná (UNIOESTE), Campus Francisco Beltrão, PR, Brasil.

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor adjunto da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), campus de Francisco Beltrão. Docente do curso de Pedagogia e do Programa de Pós-graduação em Educação - Mestrado em Educação. 

Downloads

Publicado

2017-06-30

Como Citar

KUSSAKAWA, D. H. B.; ANTONIO, C. A. Os eixos estruturantes das diretrizes curriculares nacionais dos cursos de Medicina no Brasil. Revista Docência do Ensino Superior, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 165-184, 2017. DOI: 10.35699/2237-5864.2017.2245. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/2245. Acesso em: 30 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos