Dimensão da pesquisa na atuação docente

processo que forma, informa e transforma o profissional da educação superior

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2017.2291

Palavras-chave:

Ensino superior, Dimensão ensino, Dimensão pesquisa, Indissociabilidade, Formação docente

Resumo

Neste artigo apresenta-se a compreensão que 26 bacharéis em atuação no magistério superior têm sobre a articulação entre ensino e pesquisa na prática pedagógica, partindo de considerações teóricas que reconhecem a atividade investigativa como um dos pilares de sustentação e desenvolvimento da profissão docente. Os procedimentos metodológicos contemplaram a Análise Textual Discursiva aliada ao software ATLAS.ti para a produção e análise dos dados que foram obtidos de uma base estruturada a partir das respostas a um questionário elaborado, coletivamente, por um grupo de doutorandos e aplicado aos professores de ensino superior. Constatou-se que mesmo os professores que concebem a pesquisa na sua articulação dialética com o ensino dedicam-se exclusivamente à docência, investindo na carreira acadêmica de modo pontual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Solange Castro Schorn, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ), Ijuí, RS, Brasil.

Graduada em Psicologia; especialista em Psicanálise na Cultura: Saber e Ética e mestre em Educação nas Ciências pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ). Atualmente doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ). Bolsista CAPES/PROSUP.

Denilson Rodrigues da Silva, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Santo Angelo, RS, Brasil.

Graduado em Sistemas de Informação pelo Centro Universitário Franciscano; mestre em Ciência da Computação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Atualmente é doutorando no Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ) e professor do Departamento de Engenharias e Ciência da Computação da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Santo Angelo/RS.

Catia Maria Nehring, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ), Ijuí, RS, Brasil.

Graduada em Ciências: Licenciatura Plena Habilitação Matemática e Química pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, mestre e doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atualmente docente do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ).

Maria Cristina Pansera de Araújo, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ), Ijuí, RS, Brasil.

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, mestre e doutora em Genética e Biologia Molecular pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atualmente docente do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ).

Referências

ARIZA, L. G. A. et al. Articulações metodológicas da Análise Textual Discursiva com o ATLAS.ti. Investigação Qualitativa em Educação, Aracaju, CIAIQ 2015, v. 2, p. 346-351, ago. 2015. Disponível em: <http://proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2015/article/view/273/269>. Acesso em: 20 dez. 2015.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dez. de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, DF, v. 134, n. 248, 23 dez. 1996. Seção I, p. 27834-27841.

CRUZ, G. B. Pesquisa e formação docente: apontamentos teóricos. RECE – Rev. Elet. Ciên. Ed., Paraná v. 2, n. 1, dez 2003. Disponível em: <http://www.uesc.br/cpa/artigos/apontamento_docente.pdf>. Acesso em: 13 dez. 2015.

CUNHA, M. I. Inovações pedagógicas e a reconfiguração de saberes no ensinar e no aprender na universidade. In: VIII CONGRESSO LUSO-AFRO-BRASILEIRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS, 8, 2004, Coimbra. A questão social no novo milênio. Coimbra: Universidade de Coimbra, 2004, p. 18. Disponível em: <http://www.ces.uc.pt/lab2004/pdfs/MAriaIsabelCunha.pdf>. Acesso em: 20 dez. 2015.

DEMO, P. Educação científica. Revista Brasileira de Iniciação Científica, São Paulo, v. 1, n. 1, maio 2014. Disponível em: <http://itp.ifsp.edu.br/ojs/index.php/IC/index>. Acesso em: 20 dez. 2015.

FRANCO, M. A. S. Prática docente universitária e a construção coletiva de conhecimentos: possibilidades de transformações no processo ensino-aprendizagem. Cadernos de Pedagogia Universitária, São Paulo, USP, v. 1, n. 10, set. 2009.

FRIESE, S. ATLAS.ti 7 user manual. Berlin: ATLAS.ti Scientific Software Development GmbH, 2012.

GRILLO, M. Ação educativa e referências teórico-metodológicas. In: ISAIA, S. M. A.; BOLZAN, D. P. V.; MACIEL, A. M. R. (org.). Pedagogia universitária: tecendo redes sobre a educação superior. Santa Maria: UFSM, 2009.

ISAIA, S. M. A.; BOLZAN, D. P. V. Construção da profissão docente: possibilidades e desafios para a formação. In: ISAIA, S. M. A.; BOLZAN, D. P. V.; MACIEL, A. M. R. (org.). Pedagogia universitária: tecendo redes sobre a educação superior. Santa Maria: UFSM, 2009.

ISAIA, S. M. A.; BOLZAN, D. P. V. Construção da profissão docente/professoralidade em debate: desafios para a educação superior. Publicação do Grupo de Pesquisa Trajetórias de Formação – GTFORMA do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Maria. 2007. Disponível em: <http://w3.ufsm.br/gtforma/estagio1/5f8279f686111670e4d47b33350b3be9.pdf>. Acesso em: 13 dez. 2015.

MARQUES, M. O. Escrever é preciso: o princípio da pesquisa. Ijuí: UNIJUÍ, 1997.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva. Ijuí: UNIJUÍ, 2011.

POWACZUK, A. C. H.; BOLZAN, D. P. V. A construção da professoralidade do professor do ensino superior. In: IX CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO – EDUCERE E III ENCONTRO SUL BRASILEIRO DE PSICOPEDAGOGIA. 2009, PUCPR. Curitiba: PUC/PR, out. 2009. p. 8764. Disponível em: <http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2009/anais/pdf/3661_2051.pdf>. Acesso em: 13 dez. 2015.

SEVERINO, A. J. Ensino e pesquisa na docência universitária: caminhos para a integração. Cadernos de Pedagogia Universitária, São Paulo, USP,v. 1, n. 3, abr. 2008.

Downloads

Publicado

2017-12-07

Como Citar

SCHORN, S. C.; SILVA, D. R. da; NEHRING, C. M.; ARAÚJO, M. C. P. de. Dimensão da pesquisa na atuação docente: processo que forma, informa e transforma o profissional da educação superior. Revista Docência do Ensino Superior, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 252-269, 2017. DOI: 10.35699/2237-5864.2017.2291. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/2291. Acesso em: 30 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos