Relato de experiência da disciplina “Administração da Produção”, ofertada exclusivamente em inglês para graduandos da UFMG – campus Montes Claros

Autores

  • Giovanni Campos Fonseca Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), campus Montes Claros, MG, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-2503-1199
  • André Luiz Mendes Athayde Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), campus Montes Claros, MG, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-2109-2130
  • Igor Andrade Dias Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), campus Montes Claros, MG, Brasil.
  • João Victor de Oliveira e Souza Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), campus Montes Claros, MG, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2018.2365

Palavras-chave:

Internacionalização do ensino superior, Disciplina em inglês, Graduação

Resumo

Este artigo relata a experiência inédita de oferta de uma disciplina lecionada exclusivamente em inglês para graduandos da Universidade Federal de Minas Gerais, campus Montes Claros. Focalizam-se o contexto da criação da disciplina, os aspectos mais relevantes da construção dela e as principais reflexões geradas a partir da experiência. A primeira oferta da disciplina contou com dezessete estudantes, e a segunda com vinte e dois matriculados. Concluíram o curso, respectivamente, sete e doze acadêmicos. Estudantes relataram, por um lado, dificuldades de cursar uma disciplina em idioma estrangeiro e, por outro lado, satisfação de concluir o curso e de exercitar habilidades na língua inglesa. Embora seja prematuro avaliar as repercussões da oferta da disciplina para a internacionalização do ensino no campus, pode-se afirmar que ela possibilitou uma oportunidade válida tanto para aqueles estudantes que não têm a oportunidade de ir ao exterior quanto para os que desejam se preparar para tal experiência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giovanni Campos Fonseca, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), campus Montes Claros, MG, Brasil.

Professor adjunto da Universidade Federal de Minas Gerais, campus Montes Claros. Graduado em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Belo Horizonte, mestre em Engenharia de Produção pela UFMG e doutor em Educação pela UFMG. Tem experiência na área de educação e trabalho, atuando nos seguintes temas: formação profissional, administração da produção, inovação e transferência de tecnologia, ergonomia e desenvolvimento local.

André Luiz Mendes Athayde, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), campus Montes Claros, MG, Brasil.

Professor assistente da Universidade Federal de Minas Gerais, campus Montes Claros. Graduado em Administração pelas Faculdades Santo Agostinho, mestre em Administração Pública pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e doutorando em Administração na Universidade de Brasília (UnB). Tem experiência na área de logística e administração pública, atuando nos seguintes temas: avaliação de leadtimes; métodos e técnicas de avaliação de programas governamentais; administração da produção.

Igor Andrade Dias, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), campus Montes Claros, MG, Brasil.

Graduando em Administração na Universidade Federal de Minas Gerais, campus Montes Claros. Monitor voluntário da disciplina Production and Operations Management. Áreas de grande interesse incluem empreendedorismo, inovação, produção e finanças.

João Victor de Oliveira e Souza, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), campus Montes Claros, MG, Brasil.

Graduando em Administração na Universidade Federal de Minas Gerais. Graduando em Direito nas Faculdades Integradas Pitágoras. Monitor voluntário da disciplina Production and Operations Management. Tem grande afinidade com finanças corporativas e administração da produção.

Referências

BEELEN, Jos.; JONES, Elspeth. Redefining internationalization at home. In: CURAJ, Adrian et al. (ed.). The european higher education area. New York: Springer, 2015. p. 59-72.

BERNABÉ, María; MATEOS, Luz. The effects of CLIL from the perspective of in-service teachers in Salamanca. EXEDRA– Educação e Formação, n. 8, p. 200-217, 2013.

CANAGARAJAH, Suresh. Resisting linguistic imperialism in English teaching. Oxford: Oxford University Press, 1999.

CHISWICK, Barry; MILLER, Paul. Language skills and earnings among legalized aliens. Journal of Population Economics, v. 12, n. 1, p. 63-91, 1999.

FINARDI, Kyria; ORTIZ, Ramón. Globalization, internationalization and education: what is the connection? In: INTCESS14 – INTERNATIONAL CONFERENCE ON EDUCATION AND SOCIAL SCIENCES, 2014, Istambul. Proceedings of INTCESS14 – International Conference on Education and Social Sciences. Istambul: Ocerint, v. 1, p. 45-53, 2014.

FREIRE JÚNIOR, José Celso. Internacionalização de instituições de ensino superior no Brasil. UNESPCIÊNCIA. São Paulo, 1º abr. 2015. Disponível em: <http://www.unespciencia.com.br/?p=1343>. Acesso em: 25 jan. 2017.

HUDZIK, John. Comprehensive internationalization: from concept to action. Washington D.C.: NAFSA, 2011.

KACHRU, Braj. Standards, codification and sociolinguistic realism: the English language in the outer circle. In: QUIRK, Randolph; WIDDOWSON, Henry (ed.). English in the world. Cambridge: Cambridge University Press, 1985.

LEFFA, Vilson. O professor de línguas estrangeiras: do corpo mole ao corpo dócil. In: FREIRE, Maximina; ABRAHÃO, Maria; BARCELOS, Ana Maria (org.). Linguística aplicada e contemporaneidade. São Paulo: ALAB; Pontes, 2005. p. 203-218.

MCKAY, Sandra. Teaching English as an international language: rethinking goals and approaches. Oxford: Oxford University Press, 2002.

SANTOS, Boaventura de Sousa. A encruzilhada da universidade europeia. Revista do SNESup, v. 41, jul.-ago.-set., 2011.

SCHÖN, Donald. Learning to design and designing to learn. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON THEORIES AND METHODS OF DESIGN, 1992, Gotemburg. Proceedings... Gotemburg: 1992. p. 25-46.

SCHÖN, Donald. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Tradução de Roberto Cataldo Costa. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

SIEBIGER, Ralf. O Processo de Bolonha e sua influência na definição de espaços transnacionais de educação superior: a universidade brasileira em movimento. Revista da Faculdade de Educação, ano IX, n. 15, jan./jul., 2011.

SLACK, Nigel; CHAMBERS, Stuart; JOHNSTON, Robert. Operations management. 6. ed. New York: Pearson Education, 2010.

VIGOTSKI, Liev. Psicologia pedagógica. Tradução de Cláudia Schilling. Porto Alegre: Artmed, 2003.

YONEZAWA, Akiyoshi. The internationalization of the university as a response to globalization: an East Asian perspective. In: SHIN, Jung; TEICHLER, Ulrich (ed.). The future of the post-massified university at the crossroads: restructuring systems and functions. New York: Springer, 2013.

Downloads

Publicado

2018-07-11

Como Citar

FONSECA, G. C.; ATHAYDE, A. L. M.; DIAS, I. A.; SOUZA, J. V. de O. e. Relato de experiência da disciplina “Administração da Produção”, ofertada exclusivamente em inglês para graduandos da UFMG – campus Montes Claros. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 8, n. 1, p. 108–124, 2018. DOI: 10.35699/2237-5864.2018.2365. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/2365. Acesso em: 18 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos