Para licenciandos em Matemática participantes do Programa Residência Pedagógica

o que é formação de professores?

Autores

  • Ana Paula Moreira Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-2376-716X
  • Marinez Meneghello Passos Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR, Brasil. Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Cornélio Procópio, PR, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-8856-5521

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2020.23813

Palavras-chave:

Formação de professores, Focos da Aprendizagem Docente, Programa de Residência Pedagógica

Resumo

Este artigo tem como objetivo investigar qual o significado de formação de professores para os integrantes do Programa de Residência Pedagógica do curso de licenciatura em Matemática de uma Universidade Tecnológica Federal do estado do Paraná. Para tanto, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os alunos participantes do projeto. Os depoimentos dos entrevistados foram analisados segundo os procedimentos indicados pela Análise de Conteúdo, tendo como categorias a priori os Focos da Aprendizagem Docente, os quais são: (i) interesse pela docência; (ii) conhecimento prático da docência; (iii) reflexão sobre a docência; (iv) comunidade docente; e, (v) identidade docente. Mediante esta investigação foram encontrados significados relacionados a progressos pessoais, estabelecimento de valores, vivências possibilitadas, reflexões deflagradas, questionamentos evidenciados, participações realizadas, aprendizados ocorridos, construções elaboradas, estratégias efetivadas, saberes e conhecimentos inerentes ao professor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Moreira, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR, Brasil.

Licenciada em Matemática (UTFPR, 2017). Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática na Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Marinez Meneghello Passos, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR, Brasil. Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Cornélio Procópio, PR, Brasil.

Licenciada e bacharel em Matemática (UEL, 1982). Doutora em Educação para a Ciência (UNESP, 2009). Atualmente é professora Sênior da Universidade Estadual de Londrina (UEL), orientadora do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática (PECEM) e professora colaboradora da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), atuando no Programa de Pós-graduação em Ensino (PPGEN) no campus de Cornélio Procópio.

Referências

ARRUDA, Sergio de Mello; PASSOS, Marinez Meneghello; FREGOLENTE, Alexandre. Focos da Aprendizagem Docente. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, Florianópolis, v. 5, n. 3, p. 25-48, nov. 2012.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Porto: Edições 70, 2011.

BATISTA, Sylvia Helena Souza da Silva. Formação. In: FAZENDA, Ivani Catarina Arantes (org.). Dicionário em construção: interdisciplinaridade. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2002. p. 135-137.

BRASIL. Lei nº 9394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União. Brasília, dez. 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Portaria nº 38, de 28 de fevereiro de 2018. Institui o Programa de Residência Pedagógica. Diário Oficial da União: seção 2, Brasília, n. 41, p. 28, 1 mar. 2018.

HOUAISS, Antônio. Dicionário Eletrônico Houaiss da língua portuguesa. Versão 3.0. [S.L.]: Objetiva, 2009.

MORYAMA, Nayara; PASSOS, Marinez Meneghello; ARRUDA, Sérgio de Mello. Aprendizagem da Docência no PIBID-Biologia. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, Florianópolis, v. 6, n. 3, p. 191-210, nov. 2013.

NATIONAL RESEARCH COUNCIL. Learning science in informal environments: people, places, and pursuits. Washington: The National Academies Press, 2009.

NÓVOA, António. Formação de professores e profissão docente. In: NÓVOA, António (org.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992. p. 1-27. Disponível em: https://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/4758/1/FPPD_A_Novoa.pdf. Acesso em: 25 out. 2020.

OBARA, Cássia Emi; BROIETTI, Fabiele Cristiane Dias; PASSOS, Marinez Meneghello. Contribuições do PIBID para a construção da identidade docente do professor de Química. Ciência & Educação, Bauru, v. 23, n. 4, p. 979-994, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/1516-731320170040003.

PASSOS, Cármen Lúcia Brancaglion; NACARATO, Adair Mendes; FIORENTINI, Dario; MISKULIN, Rosana Giaretta Sguerra; GRANDO, Regina Célia; GAMA, Renata Prenstteter; MEGID, Maria Auxiliadora Bueno Andrade; FREITAS, Maria Teresa Menezes; MELO, Marisol Vieira de. Desenvolvimento profissional do professor que ensina Matemática: uma meta-

-análise de estudos brasileiros. Quadrante, [s. l.], v. 15, n. 1-2, p. 193-219, 2006.

PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores: saberes da docência e identidade do professor. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo, v. 22, n. 2, p. 85-101, jul./dez. 1996. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-25551996000200004.

PONTE, João Pedro da. Perspectivas de desenvolvimento profissional de professores de Matemática. In: PONTE, João Pedro da et al. (ed.). Desenvolvimento profissional de professores de Matemática: que formação?. Lisboa: SEM-SPCE, 1995. p. 193-211.

ROLDÃO, Maria do Céu Neves. Formação de professores e desenvolvimento profissional. Revista de Educação PUC, Campinas, v. 22, n. 2, p. 191-202, maio/ago. 2017. DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0870v22n2a3638.

SCHÖN, Donald Alan. Educating the Reflective Practitioner. San Francisco: JosseyBass, 1990.

Publicado

2020-11-28

Como Citar

MOREIRA, A. P.; PASSOS, M. M. Para licenciandos em Matemática participantes do Programa Residência Pedagógica: o que é formação de professores?. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 10, p. 1–16, 2020. DOI: 10.35699/2237-5864.2020.23813. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/23813. Acesso em: 25 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos