Aprendizagem baseada em problemas

integrando a prática com a teoria no ensino da Medicina Veterinária

Palavras-chave: Educação prática, Prática clínica baseada em evidências, Educação continuada, Educação profissional

Resumo

A aula prática é um momento de vivência, e não apenas de ilustração da aula teórica. Uma oportunidade de lidar com a realidade e dar significado à aprendizagem. O aluno é o elemento central desse processo, pois ele é o sujeito que precisa analisar, comparar, propor ou questionar. Nesse sentido, as metodologias problematizadoras são úteis na aproximação do estudante com a prática profissional, entre elas a Aprendizagem Baseada em Problemas combinada com a Medicina Baseada em Evidências. Este texto buscou analisar, a partir da bibliografia consultada, a importância da formação prática do graduando e apresentar a Aprendizagem Baseada em Problemas como alternativa de metodologia ativa de ensino e a Medicina Baseada em Evidências como abordagem crítica do conhecimento científico produzido.

Biografia do Autor

Silvana Bellini Vidor, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil

Doutoranda na área de Morfologia, Cirurgia e Patologia Animal do Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias (PPGCV) pela UFRGS, com Mestrado na mesma instituição em 2015 e Graduação em Medicina Veterinária (2012) e Comunicação Social – Jornalismo (1996). Participa de projetos de pesquisa na área de Cirurgia Veterinária e Terapia Celular. Faz especialização lato sensu em Docência de Nível Superior pela PUC-RS e de Dermatologia Veterinária pelo Instituto Qualittas.

Elissandra da Silveira, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias pela UFRGS, com Graduação (2013) e duas Residências em Clínica Médica, pela UFRSG (2016) e pela ULBRA (2014). Com formação em Magistério pela Escola Estadual Ruben Dario e experiência em Educação Infantil.

Emerson Antonio Contesini, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil

Professor-doutor do PPGCV da UFRGS, ministra a disciplina de Práticas de Ensino em Cirurgia – Técnicas Alternativas no Ensino de Cirurgia. Professor associado 3 de Cirurgia Veterinária e diretor da Faculdade de Veterinária da UFRGS. Consultor dos periódicos Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, Ciência Rural, Ciência Animal Brasileira e editor associado da revista Acta Scientiae Veterinariae.

Elaine Turk Faria, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil

Professora-doutora da Faculdade de Educação da PUC-RS de 1973 a 2013 e professora-assessora de Educação a Distância (EaD) da PUC-RS. Atualmente aposentada, mas continua como avaliadora de curso a convite do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em EaD, Tecnologia Educacional, Ambientes Virtuais, Informática na Educação, Formação Continuada e Legislação Educacional.

Referências

ALPI, Kristine M. et al. Clinical and research searching on the wild side: exploring the veterinary literature. Journal of the Medical Library Association, v. 3, n. 97, p. 169-177, 2007.

ALTHAUS, Maiza T. M.; BAGIO, Viviane A. As metodologias ativas e as aproximações entre o ensino e aprendizagem na prática pedagógica universitária.Revista Docência do Ensino Superior, v. 7, n. 2, p. 79-96, 2017.

ARRUDA, Benedito F. Estratégias de Ensino-Aprendizagem para Desenvolvimento das Competências Humanísticas: Proposta para formar Médicos Veterinários para um mundo melhor. Brasília: Conselho Federal de Medicina Veterinária, 2012. Disponível em: <http://portal.cfmv.gov.br/uploads/files/Estrategias%20de%20Ensino-aprendizagem%20para%20Desenvolvimento%20das%20Competencias%20Humanisticas_site.pdf>. Acesso em: 30 jul. 2017.

BATISTA, Nildo A.; BATISTA, Sylvia H. S. S. A prática como eixo da aprendizagem na graduação médica. In: PUCCINI, Rosana F.; SAMPAIO, Lucia O.; BATISTA, Nildo A. (ed.). A formação médica na Unifesp: excelência e compromisso social. São Paulo: Unifesp, 2008. p. 101-115.

BERBEL, Neusi A. N. A problematização e a aprendizagem baseada em problemas: diferentes termos ou diferentes caminhos? Interface – Comunicação, Saúde, Educação, v. 2, n. 2, p. 139-154, 1998.

BIRGEL, E. H.; SANTOS, E. de B.; SILVA, J. C. P. Diretrizes curriculares de Medicina Veterinária: comissão de especialistas de ensino em Medicina Veterinária. Brasília: MEC, 2017.

BLIGH, John. Problem-based learning in medicine: an introduction. PostGraduate Medical Journal, v. 71, p. 323-326, fev. 1995.

BONDÍA, Jorge L. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista Brasileira de Educação, v. 41, n. 19, p. 20-28, 2002.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, Brasília, 1996. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm>. Acesso em: 7 nov. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CES nº0105/2002. Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina Veterinária. Relatores: MARANHÃO, Éfrem A.; MACEDO, Arthur R.; OKIDA, Yugo. Diário Oficial da União, Brasília, 2002. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/pces105_02.pdf>. Acesso em: 8 ago. 2017.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Resolução CNE/CES no 1, de 18 de fevereiro de 2003. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Medicina Veterinária. Diário Oficial da União, Brasília, 2003. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/ces012003.pdf>. Acesso em: 7 nov. 2018.

EL DIB, Regina. Medicina Baseada em Evidências. In: EL DIB, Regina (ed.). Guia prático de medicina baseada em evidências. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2014. p. 118.

EPSTEIN, Ronald M.; HUNDERT, Edward M. Professional Competence. Journal of American Medical Association, v. 287, n. 2, p. 226-235, 2002.

EBMG – Evidence-Based Medicine Group. A new approach to teaching the practice of medicine. Journal of American Medical Association, v. 268, p. 2420-2425, 1992.

FEUERWERKER, Laura C. M. Além do discurso de mudança na educação médica. São Paulo: Hucitec, 2002.

GOMES, Andreia P. Trans-Formação da Educação Médica: É possível mudar o perfil do egresso com base em modificações no método de ensino-aprendizagem? 2011. 135 f. Tese (Doutorado em Ciências/Saúde Pública) – Escola Nacional de Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz, 2011.

GOMES, Romeu et al. Aprendizagem Baseada em Problemas na formação médica e o currículo tradicional de Medicina: uma revisão bibliográfica. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 33, n. 3, p. 444-451, 2009.

KOMATSU, Ricardo S. Guia do Processo de Ensino-Aprendizagem “Aprender a Aprender”.4. ed. Marília: Faculdade de Medicina de Marília, 2003.

LOPES, Antônio A. Medicina Baseada em Evidências: a arte de aplicar o conhecimento científico na prática clínica. Revista da Associação Médica Brasileira, v. 46, n. 3, p. 285-288, 2000.

MARQUES, Tânia B. I.; BECKER, Fernando. Docência de Nível Superior: espaço para construções? Diálogo, v. 20, n. 15, p. 89-107, jul./dez. 2009.

MONTORI, Victor M.; GUYATT, Gordon H. Progress in Evidence-Based Medicine. Journal of American Medical Association, v. 300, n. 15, p. 1814-1816, 2008.

PERLEY, Cathy M. Physician use of the curbside consultation to address information needs: report on a collective case study. Journal of the Medical Library Association, v. 2, n. 94, p. 137-144, 2006.

ROGERS, Carl R. Tornar-se Pessoa. São Paulo: Martins Fontes, 1998.SIMON, Eduardo et al. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem e educação popular: encontros e desencontros no contexto da formação dos profissionais de saúde. Interface – Comunicação, Saúde, Educação, v. 18, n. suppl. 2, p. 1355-1364, 2014.

SMITH-AKIN, Kimberly A. et al. Toward a veterinary informatics research agenda: An analysis of the PubMed-indexed literature. International Journal of Medical Information, v. 6, n. 76, p. 306-312, 2007.

VANDEWEERD, Jean-Michel et al. Is evidence-based medicine so evident in veterinary research and practice? History, obstacles and perspectives. The Veterinary Journal, v. 191, n. 1, p. 28-34, 2012.

VELHO, Pedro B. Aprendizagem baseada em problemas como alternativa no ensino da Medicina Veterinária. 2010. 43 f. Monografia (Especialização em Docência do Ensino Superior) – Universidade Candido Mendes, Rio de Janeiro, 2010.

WOOD, Diana F. Problem-based learning. British Medical Journal, v. 8, n. 326, p. 328-330, 2003.

Publicado
2018-12-10
Como Citar
VIDOR, S. B.; SILVEIRA, E. DA; CONTESINI, E. A.; FARIA, E. T. Aprendizagem baseada em problemas. Revista Docência do Ensino Superior, v. 8, n. 2, p. 195-210, 10 dez. 2018.
Seção
Artigos