Universidade como organização educativa na qualificação dos profissionais e crescimento económico de Angola

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2021.25122

Palavras-chave:

Papel da universidade, Ensino superior em Angola, Qualificação profissional, Crescimento económico de Angola

Resumo

Este artigo apresenta o resultado da pesquisa realizada nas instituições Universidade Katiavala Buila, Universidade Mandume Ya Ndemonfayo, Universidade Cuito Cuanavale, Universidade Metodista Unida, Universidade Luenji a Conde, Universidade José Eduardo dos Santos, ISCED/Huíla, ISCED/Luanda, ISP Independente, ISP Sinodal, Instituto Gregório Semedo e no ISP Tundavala. O objetivo é compreender os processos internos e vislumbrar caminhos para a promoção do crescimento económico de Angola com os seus próprios recursos humanos, formados no ensino superior angolano. Foram utilizados os paradigmas qualitativo e quantitativo, com a aplicação de uma entrevista em profundidade para gestores e dois questionários semiestruturados para os estudantes e para professores universitários. A pesquisa mostrou que, desde 2012, houve a disseminação das instituições de ensino superior pelo país, o que permitiu uma quantidade maior de matrículas para os estudantes e também um aumento do número de professores. A maioria das instituições universitárias precisa de professores qualificados, supervisão e apoio institucional, em equipamentos e recursos, para poderem alcançar os resultados exigidos pela legislação angolana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Justino Cangue, Instituto Superior Politécnico Independente do Cristo Rei, Lubango, Angola.

Doutor em Ciências da Educação pela Universidade de Sevilha, Espanha. Mestre em Supervisão e Formação de Formadores pelo ISCE de Lisboa, Portugal. Vinculado ao Ministério da Educação de Angola. Pesquisador e docente do programa de pós-graduação em Educação, leciona Metodologia de Investigação Científica e Filosofia da Educação no Instituto Superior Politécnico Independente do Lubango em Angola.

Referências

ABBAGNANO, Nicola. Dicionário de Filosofia. Edição Revista e Ampliada. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

ANGOLA. Lei de Bases do Sistema de Educação nº 17/16, de 7 de outubro de 2016. Estabelece os princípios e as bases gerais do Sistema de Educação e Ensino. Diário da República, 2016.

ANGOLA. Decreto Presidencial nº 191/18, de 8 de agosto de 2018. Aprova o Estatuto da Carreira Docente do Ensino Superior. Diário da República, 2018. Disponível em: https://www.feuan.ao/images/legislacao/EstatutoCarreiraDocenteEnsinoSuperior_191_18.pdf. Acesso em: 15 mar. 2020.

ANGOLA. Lei nº 32/20, de 12 de agosto de 2020. Altera a Lei de Bases do Sistema de Educação nº 17/16. Diário da República, 2020.

AUDY, Jorge. A inovação, o desenvolvimento e o papel da Universidade. Estudos Avançados, São Paulo, v. 31, n. 90, p. 75-87, 2017. DOI: https://dx.doi.org/10.1590/s0103-40142017.3190005.

BERNAL-GUERRERO, Antonino; CANGUE, Justino. The leadership in Angolan teacher trainainig schools. The International Jounal of Educational Organization and Leardership, v. 25, n. 1, p. 15-28, an. 2018. DOI: https://doi.org/10.18848/2329-1656/CGP/v25i01/15-28. Disponível em: https://cgscholar.com/bookstore/works/the-leadership-in-angolan-teacher-training-schools. Acesso em: 10 jun. 2020.

BUNNELL, Gene; LAWSON, Catherine T. A public university as city planner and developer: experience in the “Capital of Good Planning”. Planning, Practice & Research, v. 21, n. 1, p. 25-43, 2006 apud FERNANDES, Ruben. Impactos locais e regionais da Universidade do Porto. 2011. Dissertação (Mestrado em Economia) – Faculdade de Economia, Universidade do Porto, Porto, 2011. Disponível em: https://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/7560/4/2Cap1.pdf. Acesso em: 13 jun. 2020.

CANGUE, Justino. Exclusão social e pobreza na qualidade de ensino: estudo de caso no ensino primário em Angola. Revista Educação, Pesquisa e Inclusão, Boa Vista, v. 1, p. 169-182, 2020a. DOI: http://dx.doi.org/10.18227/2675-3294repi.v1i0.6505. Disponível em: https://revista.ufrr.br/repi/article/view/e202013. Acesso em: 19 ago. 2020.

CANGUE, Justino. Liderança nas escolas de Magistério em Angola. Intersaberes, v. 15, n. 35, p. 733-765, 2020b. DOI: https://doi.org/10.22169/revint.v15i35.1959. Disponível em: https://www.revistasuninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/1959. Acesso em: 2 dez. 2020.

CANGUE, Justino. Liderança na gestão das escolas de formação de professores em Angola. 2018. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Ciências da Educação, Universidade de Sevilha, Espanha, 2018. Disponível em: https://idus.us.es/bitstream/handle/11441/80742/TESIS%20DOCTORAL%20JUSTINO%20CANGUE%202018.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 15 jun. 2020.

CANHICI, Helena; LEITE, Carlinda; FERNANDES, Preciosa. A formação inicial de professores em Angola: percepções de professores do ISCED de Cabinda e do Huambo. EDUCA, Porto Velho, v. 6, n. 14, p. 37-68, 2019. DOI: https://doi.org/10.26568/2359-2087.2019.4212. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/333008007. Acesso em: 13 jun. 2020.

FAGUNDES, Tatiana Bezerra. Os conceitos de professor pesquisador e professor reflexivo: perspectivas do trabalho docente. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 21, n. 65, p. 281-298, jun. 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-24782016216516. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782016000200281&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 19 abr. 2021.

FERNANDES, Ruben. Impactos locais e regionais da Universidade do Porto. 2011. Dissertação (Mestrado em Economia) – Faculdade de Economia, Universidade do Porto, Porto, 2011. Disponível em: https://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/7560/4/2Cap1.pdf. Acesso em: 13 jun. 2020.

HUMBOLDT, Wilhelm Von. Sobre a organização interna e externa das instituições científicas superiores em Berlim. Rio de Janeiro: EdUERJ, 1997 apud WEBER, Ana Laura; WERLE, Vera Maria. Os desafios da educação superior na sociedade contemporânea. Interfaces: Educação e sociedade, Santo Ângelo, n. 2, p. 16-43, 2017. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/229767856.pdf. Acesso em: 28 abr. 2021.

MARQUES, Filomena. Análise de conteúdo de uma entrevista semi-estruturada. Brasil, 2011. Entrevista. Disponível em: http://mpelearning.pbworks.com/f/MICO.pdf. Acesso em: 13 jun. 2020.

PIGATTO, Lisete Maria Massulini. La investigación de práctica pedagogica en la Escuela Municipal de la Enseñanza Fundamental Edy Maya Bertoia y el perfil del professor. 2008. Tese (Doutorado em Ciências da Educação) – Universidade Tecnológica Intercontinental, Paraguai, 2008.

RIBEIRO, Angela Maria Gonçalves de Oliveira. Gestão escolar e qualidade no ensino: uma relação inseparável. Revista AMAzônica, Humaitá, v. 3, n. 2, p. 146-159, 2009.

RODRIGUES, João Gaspar. Nepotismo no serviço público brasileiro e a SV 13. Revista de Informação Legislativa, v. 49, n. 196, p. 205-220, out./dez. 2012. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/handle/id/496591. Acesso em: 13 jun. 2020.

SAMPIERI, Roberto Hernández; COLLADO, Carlos Fernández; LUCIO, María Del Pilar Baptista. Metodologia da Pesquisa. 3. ed. São Paulo: McGraw-Hill, 2006.

SANTANA, António Inácio Rocha. A necessidade de formação didáctico-pedagógica do professor universitário principiante. Mulemba, Luanda, v. 6, n. 11, p. 165-192, 2016. DOI: https://doi.org/10.4000/mulemba.1459.

SANTOS JÚNIOR, Alcides Leão. Universidade e sociedade: uma relação possível pelas vias da extensão universitária. Revista Inter-Legere, Natal, v. 1, n. 13, p. 299-335, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/interlegere/article/download/4178/3412/. Acesso em: 28 abr. 2021.

SARRAMONA, Jaume Lopez. Fundamentos de educacion. Barcelona, Espanha: CEAC, 1995 apud PIGATTO, Lisete Maria Massulini. La investigación de práctica pedagogica en la Escuela Municipal de la Enseñanza Fundamental Edy Maya Bertoia y el perfil del professor. 2008. Tese (Doutorado em Ciências da Educação) – Universidade Tecnológica Intercontinental, Paraguai, 2008.

VILELAS, José. Investigação: o processo de construção do conhecimento. Lisboa: Edições Silabo, 2009.

WEBER, Ana Laura; WERLE, Vera Maria. Os desafios da educação superior na sociedade contemporânea. Interfaces: Educação e sociedade, Santo Ângelo, n. 2, p. 16-43, 2017. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/229767856.pdf. Acesso em: 28 abr. 2021.

Publicado

2021-04-30

Como Citar

CANGUE, J. Universidade como organização educativa na qualificação dos profissionais e crescimento económico de Angola. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 11, p. 1–20, 2021. DOI: 10.35699/2237-5864.2021.25122. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/25122. Acesso em: 16 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos