Ensino de Engenharia Civil

uma prática de manufatura de concreto que perpassa discussões sobre sustentabilidade e pensamento crítico

  • Alaor Valério Filho Programa de Pós-Graduação em Engenharia, Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Alegrete, RS, Brasil.
  • Ânderson Martins Pereira Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, RS, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-2667-8891
  • Carlos Alfredo Barcellos Bellinaso Universidade da Região da Campanha (URCAMP), Bagé, RS, Brasil.
  • Daniela Giffoni Marques Universidade da Região da Campanha (URCAMP), Bagé, RS, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-7958-2936
Palavras-chave: Ensino, Engenharia Civil, Sustentabilidade

Resumo

O presente artigo busca refletir sobre uma prática de ensino em Engenharia Civil que pretende desenvolver a independência e o pensamento crítico de alunos da graduação. Ao longo do trabalho, estratégias para o ensino dessa área e questionamentos acerca da prática docente sob o aspecto da altivez acadêmica serão propostos. Este artigo justifica-se por contribuir com a pesquisa acerca de estudos sobre o ensino de Engenharia e sobre a inserção de práticas voltadas para a sustentabilidade, a qual tem se destacado nas últimas décadas e tem tornado disponíveis novas ferramentas para melhor entender a atualidade, bem como a necessidade de medidas educativas que a contemplem. Além disso, este estudo inova no que tange a aplicabilidade da teoria de Communicative Approach no ensino de Engenharia Civil.

Biografia do Autor

Alaor Valério Filho, Programa de Pós-Graduação em Engenharia, Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Alegrete, RS, Brasil.

Mestrando em Engenharia, área de Ciência de Materiais, na UNIPAMPA. Graduado em Engenharia Civil pela URCAMP (2017). Fez parte do projeto de pesquisa “Substituição sustentável na mistura de concreto”. Entre as áreas de interesse, pode-se citar: sustentabilidade, materiais e gerenciamento de obras.

Ânderson Martins Pereira, Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutorando em Estudos Literários, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestre em Letras pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), período no qual foi bolsista CAPES (2017). Licenciado em Letras-Português/Inglês pela Unipampa (2012) e especializado em Linguagem e Docência (2014) pela mesma instituição.

Carlos Alfredo Barcellos Bellinaso, Universidade da Região da Campanha (URCAMP), Bagé, RS, Brasil.

Graduado em Engenharia Civil pela Universidade Católica de Pelotas (1992) e em Matemática pela UFPel (2002). Especializado em Matemática pela URCAMP (2004). Professor adjunto da URCAMP desde fevereiro de 2002.

Daniela Giffoni Marques, Universidade da Região da Campanha (URCAMP), Bagé, RS, Brasil.

Doutora em Agronomia (Produção Vegetal) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2003), mestra em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria (1999) e graduada em Agronomia pela URCAMP (1995). Atualmente é professora e responsável pelos Cursos de Pós-Graduação da URCAMP.

Referências

ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12655: concreto: preparo, controle e recebimento. Rio de Janeiro, 2006.

ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5738: moldagem e cura de corpos de prova cilíndricos ou prismáticos de concreto. Rio de Janeiro, 2003.

ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5739: concreto: ensaio de compressão de corpos de prova cilíndricos: método de ensaio. Rio de Janeiro, 2007.

BOTELHO, Manoel Henrique Campos; MARCHETTI, Osvaldemar. Concreto armado eu te amo. 8. ed. São Paulo: Edgard Blucher, 2015.

CASE, Alexander. 15 reasons why PPP is so unfashionable. Teach English as a Foreign Language. Maio 2008. Disponível em: <http://edition.tefl.net/articles/teacher-technique/why-ppp-is-unfashionable/>. Acesso em: 3 abr. 2018.

DÖRNYEI, Zoltán. Motivational strategies in the language classroom. Cambridge: Cambridge University Press, 2001.

FILHO, Alaor Valério. Diário Reflexivo – Materiais de Construção Civil III. 17 ago. 2017. Disponível em: <https://docs.google.com/document/d/11w8PoGI7mUdOvC40H9S6gTy0uBGHCluhRGFYIn24nlU/edit?usp=sharing>. Acesso em: 23 out. 2018.

G1 RS. Cinzas de termelétrica cobrem carros e invadem casas em Candiota, RS. G1. 19 jul. 2012. Disponível em: <http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2012/07/cinzas-de-termeletrica-cobrem-carros-e-invadem-casas-em-candiota-rs.html>. Acesso em: 26 maio 2018.

RECENA, Fernando Antônio Piazza. Boletim Técnico: Dosagem Empírica de Concreto. Porto Alegre: CIENTEC, 1989.

RICHARDS, Jack. Approaches and methods in Language teaching. 2. ed. New York: Cambridge, 2001.

TEMPLE, Charles Critical thinking and critical literacy. Thinking Classroom, v. 6, n. 2, abr. 2005, p. 15-20.

Publicado
2018-12-10
Como Citar
FILHO, A. V.; PEREIRA, ÂNDERSON M.; BELLINASO, C. A. B.; MARQUES, D. G. Ensino de Engenharia Civil. Revista Docência do Ensino Superior, v. 8, n. 2, p. 30-43, 10 dez. 2018.
Seção
Artigos