A Educação Especial nos projetos pedagógicos dos cursos de licenciatura da Universidade Federal de Alfenas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2022.39485

Palavras-chave:

Educação Especial, currículo, licenciatura, diferença

Resumo

O presente artigo tem como objetivo investigar como o tema da Educação Especial é abordado nos projetos pedagógicos dos cursos de licenciatura de uma instituição federal de ensino superior de Minas Gerais. O estudo consistiu em uma análise documental de tais projetos que permitiu verificar se estes atendem ao que está orientado e normatizado pelas políticas e pela legislação que tratam do tema. Também foi possível compreender e discutir a organização curricular dos conteúdos e as concepções de Educação Especial reveladas pela linguagem utilizada nos documentos. Por fim, procurou-se argumentar em favor de duas questões: de uma abordagem transversal da Educação Especial nos currículos e de um paradigma educacional inclusivo que somente é possível pela ótica de uma educação que considere a singularidade e a diferença em si de cada ser.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edna de Oliveira, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, SP, Brasil.

Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. Mestre em Administração Pública pela Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG (2016). Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Ouro Preto (2012). Atuou como professora na Educação Básica na rede estadual de Minas Gerais (2006 a 2014). Atualmente é pedagoga na Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG.

Referências

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Diário Oficial da União, Brasília, seção 1, p. 1, 5 out. 1988.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Brasília, DF. 23 dez. 1996.

BRASIL. Lei nº. 12796, de 4 de abril de 2013. Presidência da República, Brasília, DF. 4 abr. 2013.

BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. Diário Oficial da União, Poder Legislativo, Brasília, DF. 7 jul. 2015a.

BRASIL. Decreto nº 5.626, de 22 de dezembro de 2005. Presidência da República, Brasília, DF. 22 dez. 2005.

BRASIL. Decreto nº 10.502, de 30 de setembro de 2020. Presidência da República, Brasília, DF. 30 set. 2020.

BRASIL. Estatuto da pessoa com deficiência. Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, 2015. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/handle/id/513623.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília: MEC/SEESP, 2008.

BRASIL. Parecer CNE/CP nº 2, de 9 de junho de 2015. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para Formação Inicial e Continuada dos Profissionais do Magistério da Educação Básica. Brasília, DF, 2015b. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=17625-parecer-cne-cp-2-2015-aprovado-9-junho-2015&category_slug=junho-2015-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 10 abr. 2022.

BRASIL. Parecer CNE/CP nº 22, de 7 de novembro de 2019. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação). Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=133091-pcp022-19-3&category_slug=dezembro-2019-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 10 abr. 2022.

BRASIL. MEC / SEESP / UABMEC / SEESP / UAB. Curso de formação continuada para professores do AEE, 2010. Disponível em: https://www.ifspcaraguatatuba.edu.br/images/conteudo/Comissoes/Forma%C3%A7%C3%A3o_Continuada/AEE.pdf. Acesso em: 20 maio 2022.

DELEUZE, Gilles. Diferença e Repetição. 3. ed. Tradução de Luiz Orlandi, Roberto Machado. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2021.

DELEUZE, Gilles. Lógica do Sentido. Tradução de Luiz Roberto Salinas Fortes. São Paulo: Perspectiva, 1974.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix.Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia, vol. 1. São Paulo: Ed. 34, 1995.

GALLO, Silvio. Deleuze & a educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

LIMA JUNIOR, Eduardo Brandão; OLIVEIRA, Guilherme Saramago de; SANTOS, Adriana Cristina Omena dos; SCHNEKENBERG, Guilherme Fernando. Análise documental como percurso metodológico na pesquisa qualitativa. Cadernos da Fucamp, v. 20, n. 44. p. 36-51, 2021.

MANTOAN, Maria Teresa Eglér; LANUTI, José Eduardo de Oliveira Evangelista. Todos pela inclusão escolar: dos fundamentos à prática. Curitiba: CRV, 2021.

MARINHO, Cristiane Maria. Filosofia e Educação no Brasil: da Identidade à Diferença. São Paulo: Edições Loyola, 2014.

RIBEIRO, Márden De Pádua. Teorias críticas e pós-críticas: pelo encontro em detrimento do radicalismo. Movimento - revista da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense. Ano 3, n. 5, 2016. Disponível em: https://periodicos.uff.br/revistamovimento/article/view/32619.

SANTOS, Kátia Silva. A Política Nacional de Educação Especial e a 'perspectiva inclusiva': novos referenciais cognitivos e normativos. In: ANPEd – SUL Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul – A pós-graduação e suas interlocuções com a educação básica, IX, 2012. Caxias do Sul. Anais [...] Caxias do Sul: UCS, 2012. p. 126-136.

SANTOS, Igor Alexandre de Carvalho. O que pode um currículo rizomático? Periferia, v. 11, n. 4, p. 105-133, set./dez. 2019. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/periferia/article/view/42338.

SÁ-SILVA, Jackson; ALMEIDA, Ronie Cristóvão Domingos de; GUINDANI, Joel Felipe. Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais, v. 1, n. 1, 2009.SILVA, Tomaz Tadeu da. (org.) Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2000. 133 p.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Identidade e Diferença: Impertinências. Educação & Sociedade, ano XXIII, n. 79, ago. 2002. p. 2.

Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG. Projeto Pedagógico de Curso. Química - Licenciatura, 2008. Disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/graduacao/cursos/. Acesso em: 02 maio 2022.

Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG. Projeto Pedagógico de Curso. História - Licenciatura, Alfenas, 2016a. Disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/graduacao/cursos/. Acesso em: 02 maio 2022.

Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG. Regimento Geral dos Cursos de Graduação, Alfenas, 2016b. Disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/graduacao/regimentos-e-regulamentacoes/. Acesso em: 02 maio 2022.

Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG. Projeto Pedagógico de Curso. Geografia - Licenciatura, Alfenas, 2017. Disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/graduacao/cursos/. Acesso em: 02 maio 2022.

Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG. Projeto Pedagógico de Curso. Ciências Biológicas - Licenciatura, Alfenas, 2018a. Disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/graduacao/cursos/. Acesso em: 02 maio 2022.

Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG. Projeto Pedagógico de Curso. Matemática - Licenciatura, Alfenas, 2018b. Disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/graduacao/cursos/. Acesso em: 02 maio 2022.

Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG. Projeto Pedagógico de Curso. Letras Espanhol e Literaturas da Língua Espanhola – Licenciatura, Alfenas, 2019a. Disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/graduacao/cursos/. Acesso em: 02 maio 2022.

Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG. Projeto Pedagógico de Curso. Letras Inglês e Literaturas da Língua Inglesa – Licenciatura, Alfenas, 2019b. Disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/graduacao/cursos/. Acesso em: 02 maio 2022.

Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG. Projeto Pedagógico de Curso. Letras Português e Literaturas da Língua Portuguesa – Licenciatura, Alfenas, 2019c. Disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/graduacao/cursos/. Acesso em: 02 maio 2022.

Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG. Projeto Pedagógico de Curso. Pedagogia- Licenciatura, Alfenas, 2019d. Disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/graduacao/cursos/. Acesso em: 02 maio 2022.

Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG. Projeto Pedagógico de Curso. Ciências Sociais - Licenciatura, Alfenas, 2020. Disponível em: https://www.unifal-mg.edu.br/graduacao/cursos/. Acesso em: 02 maio 2022.

icone

Downloads

Publicado

26-09-2022

Como Citar

OLIVEIRA, E. de. A Educação Especial nos projetos pedagógicos dos cursos de licenciatura da Universidade Federal de Alfenas. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 12, p. 1–19, 2022. DOI: 10.35699/2237-5864.2022.39485. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/39485. Acesso em: 10 dez. 2022.

Edição

Seção

Seção especial: universidade e inclusão