ASPECTOS DA VIDA COTIDIANA NA VIDA DO TRABALHADOR: O ESTRANHAMENTO DO TRABALHO E DA CIDADE

Autores

  • Leonardo Luiz Cordeiro Ferreira da Silva

DOI:

https://doi.org/10.35699/2525-8036.2017.5031

Resumo

A vida cotidiana do trabalhador da atual sociedade é marcada pela falta de tempo, não lhe sobrando muito tempo para desempenhar outras atividades sem que sejam as profissionais. Parte deste tempo, o trabalhador usa para se deslocar de casa ao trabalho e para volta a casa, evidenciando um modelo precário de transporte público. Além deste excessivo tempo gasto no transporte público, acrescenta-se o fato de como a sociedade moderna coloca o trabalho como atividade central (DAL ROSSO, 2006), desta maneira, a cultura do trabalho como atividade central afasta o ser humano de si, retirando-os o tempo para atividades de lazer, cuidados com suas saúdes, cuidado com a casa, com os filhos e familiares, para estudos e qualificação. Assim sendo, será aqui analisado como esta falta de tempo contribui para alienação e estranhamento deste trabalhador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-07-28

Como Citar

CORDEIRO FERREIRA DA SILVA, L. L. ASPECTOS DA VIDA COTIDIANA NA VIDA DO TRABALHADOR: O ESTRANHAMENTO DO TRABALHO E DA CIDADE. Revista de Ciências do Estado, Belo Horizonte, v. 2, n. 1, 2017. DOI: 10.35699/2525-8036.2017.5031. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revice/article/view/5031. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos