Sobre a necessidade da moral na democracia

Autores

  • Luan Fernandes Machado Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.35699/2525-8036.2022.35884

Palavras-chave:

Democracia liberal, Democracia deliberativa, Moral

Resumo

O propósito deste artigo consiste em sustentar a necessidade da moralidade formal na democracia. Para tanto, a moralidade formal é apresentada como uma consequência necessária caso queiramos uma democracia plural. Assim, o artigo elabora uma associação entre as três endemias da democracia liberal e o modelo agregativo de democracia, cujo pano de fundo é profundamente relativista, propondo, então, a adoção do modelo deliberativo. Em seguida, é apresentada a teoria agonística, segundo a qual o modelo deliberativo conduz ao ressurgimento da extrema direita ao sufocar a categoria ontológica do político. Contextualizando a discussão, o artigo desfaz a associação entre o ressurgimento da extrema direita e o deliberacionismo. A conclusão reforça a importância de se adotar a perspectiva do participante para analisar a democracia, incluindo-se aí o pano de fundo moral próprio deste regime, caso o queiramos plural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luan Fernandes Machado, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Graduando em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Brasil. Monitor bolsista de Teoria do Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). ORCID: https://orcid.org/0000-0002-7252-1011. Contato: luanmachado.fm4@gmail.com.

Referências

ALMEIDA, Philippe Oliveira de. Crítica da razão antiutópica: inovação institucional na aurora do Estado Moderno. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Direito, 2016 (Tese, Doutorado em Direito).

AVRITZER, Leonardo. A moralidade da democracia: ensaios em teoria habermasiana e teoria democrática. São Paulo: Perspectiva; Belo Horizonte: Editora da UFMG, 1996.

BOBBIO, Norberto. Liberalismo e democracia. Trad. Marco Aurélio Nogueira. São Paulo: Brasiliense, 2000.

BOBBIO, Norberto. O futuro da democracia: uma defesa das regras do jogo. Trad. Marco Aurélio Nogueira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986.

CARVALHO NETTO, Menelick de; SCOTTI, Guilherme. Os direitos fundamentais e a (in)certeza do Direito: a produtividade das tensões principiológicas e a superação do sistema de regras. 2ª ed. rev. Belo Horizonte: Fórum, 2020.

COELHO, André L. S. Facticidade e Validade no Processo Judicial. Não publicado. Disponível em: https://www.academia.edu/4435632/Facticidade_e_Validade_no_Processo_Judicial.

CONSTANT, Benjamin. A liberdade dos antigos comparada à dos modernos: discurso pronunciado no Ateneu Real de Paris em 1819. São Paulo: Edipro, 2019.

HABERMAS, Jürgen. A ética da discussão e a questão da verdade. Trad. Marcelo Brandão Cipolla. 4ª ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2018.

HABERMAS, Jürgen. A inclusão do outro: estudos de teoria política. Trad. Denilson Luis Werle. São Paulo: Ed. Unesp, 2018.

HABERMAS, Jürgen. Facticidade e validade: contribuições para uma teoria discursiva do direito e da democracia. Trad. Felipe Gonçalves Silva, Rúrion Melo. São Paulo: Editora Unesp, 2020.

HABERMAS, Jürgen. Mudança estrutural da esfera pública: investigações quanto a uma categoria da sociedade burguesa. Trad. Flávio R. Kothe 2ª ed. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2013.

HABERMAS, Jürgen. Para a reconstrução do materialismo histórico. Trad. Carlos Nelson Coutinho. São Paulo: Editora Brasiliense, 1983.

HABERMAS, Jürgen. Pensamento pós-metafísico: estudos filosóficos. Trad. Flávio Beno Siebeneichler. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1990.

HABERMAS, Jürgen. Teoria do agir comunicativo: sobre a crítica da razão funcionalista. Trad. Flávio Beno Siebeneichler. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2012.

KAHN, Michael. Freud básico: pensamentos psicanalíticos para o século XXI. Trad. Luis Paulo Guanabara. 4ª ed. Rio de Janeiro: BestBolso, 2018.

KANT, Immanuel. Metafísica dos costumes. Trad. Clélia Aparecida Martins, Bruno Nadai, Diego Kosbiau, Monique Hulshof. Petrópolis, RJ: Vozes; Bragança Paulista, SP: Ed. Universitária São Francisco, 2013.

KELSEN, Hans. A democracia. Trad. Vera Barkov, Jefferson Luiz Camargo, Marcelo Brandão Cipolla. Ivone Castilho Benedetti. 3ª ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2019.

LEVITSKY, Steven; ZIBLATT, Daniel. Como as democracias morrem. Trad. Renato Aguiar. Rio de Janeiro: Zahar, 2018.

MIGUEL, Luis Felipe. Consenso e conflito na teoria democrática: para além do “agonismo”. São Paulo: Lua Nova, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0102-64452014000200002.

MOUFFE, Chantal. Sobre o político. Trad. Fernando Santos. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2015.

MOUFFE, Chantall. Por um modelo agonístico de democracia. Trad. Pablo Sanges Ghetti; Gustavo Biscaia de Lacerda. Curitiba; Revista de Sociologia e Política, nº 25: 165-175 JUN. 2006. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0104-44782005000200003.

MOUNK, Yascha. O povo contra a democracia: por que nossa liberdade corre perigo e como salvá-la. Trad. Cássio de Arantes Leite, Débora Landsberg. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

PAIVA, J. (Org). Entre necessidade e desejo: diálogos da psicologia com a religião. São Paulo: Loyola, 2001.

PIKETTY, Thomas. O capital no século XXI. Trad. Monica Baumgarten de Bolle. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2014.

RIBEIRO, Djamila. O que é lugar de fala?. Belo Horizonte: Letramento, Justificando, 2017.

SANTAELLA, Lucia. A pós-verdade é verdadeira ou falsa? São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2018.

SANTOS, Fábio Eulalio. A fundamentação da moral em Jürgen Habermas. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, 2007 (Dissertação, Mestrado em Filosofia).

SCHMITT, Carl. Teoria de la Constituicíon. Trad. Francisco Ayala. Madri: Alianza Editorial, 1996.

SUNSTEIN, Cass. Republic.com 2.0. Princeton: Princeton University Press, 2009.

VIANNA, Túlio Lima. Crítica da razão comunicativa: o direito entre o consenso e o conflito. Brasília: Revista de Informação Legislativa, 2008.

WOLLHEIM, Richard. As ideias de Freud. Trad. Álvaro Cabral. São Paulo: Círculo do Livro, 1971.

YEARS and Years. Direção: Lisa Mulcahy, Simon Cellan Jones. Produção: Russel T. Davies. Reino Unido e Irlanda do Norte: BBC One e HBO, 2019.

Downloads

Publicado

21-02-2022

Como Citar

MACHADO, L. F. Sobre a necessidade da moral na democracia. Revista de Ciências do Estado, Belo Horizonte, v. 7, n. 1, p. 1–19, 2022. DOI: 10.35699/2525-8036.2022.35884. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revice/article/view/e35884. Acesso em: 1 fev. 2023.