Autonomia na dependência e as relações exteriores brasileiras

Autores

  • Alana Carvalho Miranda Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.35699/2525-8036.2018.5115

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alana Carvalho Miranda, Universidade Federal de Minas Gerais

Graduanda em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais –UFMG

Referências

ALBUQUERQUE, José Augusto Guilhon (org.). Sessenta anos de política externa brasileira (1930-1990). São Paulo: Annablume/NUPRI/USO, 2000.

DE FARIA, Carlos Aurélio Pimenta. O Itamaraty e a política externa brasileira: do insulamento à busca de coordenação dos atores governamentais e de cooperação com os agentes societários. Contexto int. vol. 34, n. 1, 2012, pp. 311-355.

GAMBINI, Roberto. O duplo jogo de Getulio Vargas: influência americana e alemã no Estado Novo. São Paulo: Ed. Simbolo, 1977. 175 p.

HILTON, Stanley E. O Brasil e a crise internacional: 1930-1945 (Cinco Estudos). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1977. 203p

MOURA, Gerson. Autonomia na dependência: a política externa brasileira de 1935 a 1942. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1980. 194p.

MOURA, Gerson. Tio Sam chega ao Brasil: a penetração cultural americana. 5. ed. São Paulo: Brasiliense, 1988. 92p.

SEITENFUS, R. A. S. O Brasil de Getúlio Vargas e a formação dos blocos (1930-1942). São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1985, 488p.

Downloads

Publicado

2018-10-05

Como Citar

MIRANDA, A. C. Autonomia na dependência e as relações exteriores brasileiras. Revista de Ciências do Estado, Belo Horizonte, v. 3, n. 2, p. 67–77, 2018. DOI: 10.35699/2525-8036.2018.5115. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revice/article/view/e5115. Acesso em: 17 ago. 2022.