SOBRE O OBJETO ESTÉTICO

DESLOCAMENTOS EM FLUXO

Autores

  • LUCIANA SILVA AGUIAR MENDES BARROS Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Brasil
  • MARIA CRISTINA VILLANOVA BIASUZ Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Brasil

Palavras-chave:

objeto estetico, Simondon, arte.

Resumo

Este artigo apresenta as contribuições do filosofo Gilbert Simondon para a Estética e para a elucidação do objeto estético. Busca compreender as características que definem o caráter estético de um objeto.  Analisa conceitos básicos da teoria simondiana como Individuação, meio associado, transdução e equilíbrio metaestável  relacionando-os com aspectos estéticos e mais especificamente com o universo da arte,  a partir de exemplos da história da arte ocidental.

Biografia do Autor

LUCIANA SILVA AGUIAR MENDES BARROS, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Brasil

DOUTORANDA EM INFORMATICA NA EDUCAÇAO. PROFESSORA DE ARTES VISUAIS DO IFMA NO ENSINO TECNICO E NO SUPERIOR.

MARIA CRISTINA VILLANOVA BIASUZ, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Brasil

PROFESSORA DO PROGRAMA DE POS GRADUAÇAO EM INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO

AREA ARTES VISUAIS

Referências

ARCHR, M. Arte contemporânea: uma história concisa. São Paulo: Martins Fontes Editora, 2001.

BAKHTIN, M. Questões de literatura e estética. São Paulo: Hucitec, 1990.

DUCHAMP, M. O Ato Criador. In: BATTCOCK, G. A Nova Arte. São Paulo. Perspectiva: 2004.

DUFRENNE, M. . Estética e filosofia. São Paulo: Perspectiva, 1998.

ESCÓSSIA, L. DA. Individuação e informação em Gilbert Simondón. In: Informática na educação: teoria e prática. Vol 15, n.1 jan/jun, Porto Alegre 2012.

GOMBRICH, E. A história da arte. Rio de Janeiro:LTC, 1998.

HAUSER, A. História social da literatura e da arte. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

LATERCE, S. R. Simondón e a invenção técnica. In: Informática na educação: teoria e prática. Vol 15, n.1 jan/jun, 2012.

LAYMERT, G. Demasiadamente pós-humano. São Paulo, 2005. Entrevista realizada pelo grupo de pesquisa "Conhecimento, Tecnologia e Mercado”. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002005000200009#nt. Acesso em: 23/09/2016

MACHADO, A. Arte e mídia. São Paulo: Zahar, 2007, 3ed.

PAREYSON, L. Os problemas da estética. São Paulo: Martins Fontes Editora, 1997.

SALLES, Cecilia Almeida. Gesto Inacabado: processo de criação artística. 6a ed. São Paulo: Intermeios, 2013.

SANTAELLA, L. Culturas e artes do pós-humano: da cultura das mídias à cibercultura. São Paulo: Paulus, 2003.

SENNETT, R. O artífice. Rio de Janeiro: Record, 2009.

SIMONDON., G. Imaginación e Invención. Buenos Aires: Cactus, 2013.

SIMONDON, G. El modo de existencia de los objetos técnicos. Buenos Aires: Prometeos Libros, 2010.

SIMONDON, G. L´individuation à la lumière des notions de forme et d´information. Grenoble: Millon, 2005.

WERLE, M. A. Mikel Dufrenne: a fenomenologia da experiência estética In: Sapere Aude v. 6 – n. 12, 2015 .

Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/SapereAude/article/viewFile/11200/9068. Acesso em: 13 de fevereiro de 2016.

Downloads

Publicado

2017-11-22

Como Citar

BARROS, L. S. A. M.; VILLANOVA BIASUZ, M. C. SOBRE O OBJETO ESTÉTICO: DESLOCAMENTOS EM FLUXO. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Belo Horizonte, p. 194–222, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/15493. Acesso em: 22 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos - Seção aberta