“PLANETA TERRA”

Onde estava toda essa diversidade?

Autores

  • Simon Brethé Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brasil

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2019.15728

Palavras-chave:

Curta-metragem, Coletivo, Animação brasileira, Artista animador

Resumo

O presente texto faz uma análise da produção coletiva do curta-metragem de animação brasileiro “Planeta Terra” (1986), com objetivo de mostrar indicadores sobre as condições de atuação e aprendizagem do artista animador brasileiro no contexto do cinema de animação brasileiro da época. Nessa perspectiva, o texto apresenta uma análise das qualidades gráficas e do domínio técnico de concepção do movimento animado, propostos por alguns artistas animadores autores do curta-metragem, no intuito de relacioná-las às habilidades adquiridas por meio da prática da animação nos respectivos contextos de atuação profissional.

Biografia do Autor

Simon Brethé, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brasil

Professor do curso de Cinema de Animação e Artes Digitais da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais.

Referências

ANIMATION HAS NO BORDERS. Direção: Peter Sweenen. Holanda (1985). Arquivo digital: 4’16” Disponível em: <https://goo.gl/rr9byQ>. Acesso em: 19 mar. 2018.

BUCCINI, Marcos. História do Cinema de Animação em Pernambuco. Recife: Serifa Fina, 2017.

CENTRO TÉCNICO AUDIOVISUAL. Disponível em: <http://ctav.gov.br>. Acesso em: 19 mar. 2018.

GALVÃO, Arnaldo. Arnaldo Galvão: Entrevista concedida a Sávio Leite, [s.d].

JOHNSTON, Ollie; THOMAS, Frank. Illusion of Life: The Disney Animation. New York: Hyperion, 1981.

INAGAKI, Mitiko; PAULA, Bruna Thaís; SCHNEIDER, Carla. O legado canadense, através do NFB, no desenvolvimento do cinema de animação no Brasil. In: SEMINÁRIO DE HISTÓRIA DA ARTE DO CENTRO DE ARTES DA UFPEL, 11, Anais... n. 2. 2012. Disponível em: <https://goo.gl/XKvidP>. Acesso em: 19 fev. 2018.

LEITE, Sávio (Org.). Maldita Animação brasileira. Belo Horizonte: Favela é isso aí [Editora], 2015.

MAGALHÃES, Marcos. Animação Espontânea. 2004. 126p. Dissertação. (Mestrado em Design) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2004.

MAGALHÃES, Marcos. Marcos Magalhães: inédito. Entrevista concedida a Simon Brethé, por e-mail. 12 jan. 2018.

MARQUES, Ana Luiza de Almeida. A transição do modo de produção analógico para o digital: impacto da tecnologia no cinema de animação. São Paulo, 2014. Dissertação. (Mestrado em Meio e Processos Audiovisuais) - Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

MEMÓRIA da propaganda Brasileira. Disponível em: <http://www.memoriadapropaganda.org.br/>. Acesso em: 13 set. 2018.

MORENO, Antônio. A Experiência brasileira no cinema de animação. Rio de Janeiro: Artenova, 1978.

MORENO, Antônio. Exercício para o salto. Rev Filme Cultura. n. 60, p.21-27, 2013.

STILPEN (STIL), Pedro Ernesto. Lente Filmes apresenta: Mestre da Animação. Documentário. Entrevista concedida a Noilton Nunes. 2017. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=h6c6pDltjTg>. Acesso em: 13 set. 2018.

MESSIAS, Daniel. Daniel Messias: Entrevista concedida a Ana Luiza de Almeida Marques. 21 out. 2013.

NÚCLEO DE CINEMA DE ANIMAÇÃO DE CAMPINAS. Disponível em: <http://nucleodeanimacaodecampinas.blogspot.com.br>. Acesso em:19 mar. 2018.

AONDE VAMOS com tanta animação? Revista Filme Cultura. Rio de Janeiro: CTAV - Centro Técnico Audiovisual: n. 60, jul. ago. set. 2013. ISSN 2177-3912.

OTTO. Desenhos Animados. Disponível em: <http://www.ottodesenhos.com.br/>. Acesso em: 14 ago. 2018.

PLANETA TERRA. Direção: Marcos Magalhães, 1986. Arquivo digital: 7’37”. Disponível em: <https://vimeo.com/14912391>. Acesso em: 19 mar. 2018.

SPACCA. Disponível em: <http://www.spacca.com.br>. Acesso em: 14 ago. 2018.

SOUZA, E. R; EBERSOL, I; BACK, P. D. P; SCHNEIDER, C; SILVA, A. R. O Cinema de Animação no Rio Grande do Sul e os Animadores Argentinos. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas RS/ Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. s.d.

WILLIAMS, Richard. The Animator’s Survival Kit: A manual of methods, principles and formulas for classical, computer, games, stop-motion and internet animators. London & New York: Faber and Faber, 2001.

Downloads

Publicado

2019-05-17

Como Citar

BRETHÉ, S. P. “PLANETA TERRA”: Onde estava toda essa diversidade?. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Belo Horizonte, v. 9, n. 17, p. 153–175, 2019. DOI: 10.35699/2237-5864.2019.15728. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/15728. Acesso em: 25 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos - Seção aberta