Um experimento à luz da ambivalência

A formação da imagem surrealista através do protótipo da fotografia quântica

  • Diego Rezende Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Brasil
Palavras-chave: Ambivalência, Surrealismo, Quântico

Resumo

A edificação de um “experimento mental” habilita a possibilidade de pensarmos o “protótipo da fotografia quântica” como um artefato detentor de um mecanismo autônomo de formação da “imagem surrealista”. Para isso, em um primeiro momento, analisaremos a “ambivalência” como conceito transdisciplinar e fundamento do nosso trabalho. Em um segundo momento, investigaremos a noção de “imagem surrealista” arquitetada por André Breton e René Magritte. E, em um terceiro momento, abordaremos o funcionamento do “protótipo da fotografia quântica”, publicado na revista Nature, em 2014, desenvolvido por cientistas da Academia Austríaca de Ciências.

Biografia do Autor

Diego Rezende, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Brasil

Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGAV-EBA/UFRJ)

Referências

APOLLINAIRE, G. As mamas de Tirésias: drama surrealista em dois actos e um prólogo. Tradução de Aníbal Fernandes. Lisboa: Sistema Solar, 2012.

BENJAMIN, W. Magia e técnica, arte e política. Tradução de Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1987.

BOHR, N. Física atômica e conhecimento humano: ensaios 1932-1957. Tradução de Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Contraponto, 1995.

BRADLEY, F. Surrealismo. Tradução de Sérgio Alcides. São Paulo: Cosac Naify, 2001.

BRETON, A. Manifestos do surrealismo. Tradução de Sergio Pachá. Rio de Janeiro: Nau, 2001.

CHAUI-BERLINCK, L. O inconsciente. São Paulo: Martins Fontes, 2014.

EINSTEIN, A; PODOLSKY, B; ROSEN, N. Can quantum-mechanical description of physical reality be considered complete? Physical Review, vo. 47, p. 777-780, 1935. Disponível em: <https://journals.aps.org/pr/pdf/10.1103/PhysRev.47.777>. Acesso em: 2 nov. 2019.

FREUD, S. Introdução ao narcisismo, ensaios de metapsicologia e outros textos (1914-1916). Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2010a. (Obras completas, 12)

FREUD, S. O mal-estar na civilização, novas conferências introdutórias à psicanálise e outros textos (1930-1936). Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2010b. (Obras completas, 18)

FREUD, S. Totem e tabu, Contribuição à história do movimento psicanalítico e outros textos (1912-1914). Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2012. (Obras completas, 11)

FREUD, S. A interpretação dos sonhos. Tradução do alemão de Renato Zwick. Porto Alegre: L&PM,

GRIBBIN, J. À procura do Gato de Schrödinger. Tradução de Mário Berberan Santos. Lisboa: Presença, 1988.

HEISENBERG, W. A parte e o todo. Tradução de Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.

HELDER, H. Ou o poema contínuo. São Paulo: A Girafa, 2006.

KAUFNANN, P. Dicionário enciclopédico de psicanálise: o legado de Freud e Lacan. Tradução de Vera Ribeiro. Maria Luiza X. de A. Borges. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996.

LEMOS, G et al. Quantum imaging with undetected photons. Nature, v. 512, p. 409-412, 2014. Disponível em: <http://www.nature.com/nature/journal/v512/n7515/full/nature13586.html?foxtrotcallback=true>. Acesso em: 2 nov. 2019.

MAGNO, MD. ZIG/JAC: MAG – Razão de um percurso. Rio de Janeiro: Novamente, 2015.

MAGRITTE, R. Selected Writings. Editado por Kathleen Rooney e Eric Plattner. Minneapolis: University of Minnesota Press, 2016.

MEDEIROS, N. O primado heurístico da noção de “formação”: para uma teoria gnóstica do conhecimento. Lumina: Revista do PPGCOM/UFJF, v. 2, n. 2, 2008.

MERLEAU-PONTY, M. O visível e o invisível. Tradução de José Artur Gianotti e Armando Mora d’Oliveira. São Paulo: Perspectiva, 2012.

PAQUET, M. Magritte. Tradução de Lucília Filipe. Köln: Taschen, 2000.

SCHRÖDINGER, E. Discussion of Probability Relations between Separated Systems. Mathematical Proceedings of the Cambridge Philosophical Society, v. 31, p. 555-563, 1935.

Publicado
2020-05-27
Como Citar
REZENDE, D. P. Um experimento à luz da ambivalência. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, v. 10, n. 19, p. 201-223, 27 maio 2020.
Seção
Artigos - Seção aberta