Poéticas visuais do encontro ao fotografar a performance cênica de Neci

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2238-2046.2023.45300

Palavras-chave:

Teatro, Fotografia, Poética visual, Performance

Resumo

Resultado de investigação cênica realizada pela Cia. Ortaet de Teatro, Neci remonta as experiências narrativas da sertaneja idosa e contadora de histórias em comunidade rural de Quixelô, no Ceará. Ao interagir com a performance a partir da ação fotográfica, a poética visual se redimensiona ao inserir o fotógrafo como um dos agentes na cena e ao tomar outras dimensões imagéticas como construções de sentidos resultantes do encontro. Neste ensaio, dialogo com Rancière (2012) para discutir as possibilidades de agência dos sujeitos envolvidos na instabilidade de sentidos da cena teatral e, nisto, realizar este exercício em que a fotografia desponta como inscrição narrativa dos encontros na experiência cênica.

Referências

CIA ORTAET DE TEATRO. Neci. Direção: José Filho. Iguatu: Cia. Ortaet de Teatro, 2021.

MORICEAU, Jean-Luc. Afetos na pesquisa acadêmica. Belo Horizonte: FAFICH: PPGCom UFMG, 2020.

RANCIÈRE, Jacques. O espectador emancipado. São Paulo: Ed. WMF Martins, 2012.

Downloads

Publicado

2023-08-01

Como Citar

MACÊDO , D. Poéticas visuais do encontro ao fotografar a performance cênica de Neci. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Belo Horizonte, v. 13, n. 28, p. 397–408, 2023. DOI: 10.35699/2238-2046.2023.45300. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/45300. Acesso em: 24 abr. 2024.