Avaliação da resistência ao cisalhamento de diferentes sistemas adesivos monocomponentes ao esmalte humano

  • Ana Marly Araújo Maia Universidade Federal de Pernambuco-UFPE
  • Alessandro Leite Cavalcanti Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
  • Téssia Richelly Nóbrega Borja de Melo Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
  • Alexandre Batista Lopes do Nascimento Universidade Federal de Pernambuco-UFPE
  • Josuel Raimundo Cavalcante Universidade Estadual da Paraíba - UEPB

Resumo

Esta pesquisa objetivou comparar a resistência de união ao cisalhamento de diferentes sistemas adesivos monocomponentes ao esmalte humano, analisando o padrão de fratura. Foram utilizados 40 hemifaces de terceiros molares humanos, os quais foram incluídos em tubos de PVC com resina acrílica, sendo
exposta uma superfície aplainada do esmalte dentário. Os espécimes foram divididos em 4 grupos: G1 - Single Bond® (3M-ESPE); G2 – Prime & Bond® 2.1 (Dentsply); G3 – Magic Bond® (Ivoclar Vigodent); G4 – Master Bond® (Biodinâmica). Com o auxílio de uma peça plástica, confeccionou-se um cilindro de resina com 4,2mm de diâmetro e a descolagem foi realizada em máquina Kratos, com velocidade de 1mm/ min. Os dados foram submetidos ao teste Kruskal-Wallis, não apresentando diferenças estatisticamente significantes entre os grupos (p>0,05). Na análise do tipo de fraturas constatou-se uma predominância da fratura adesiva na interface compósito/adesivo.
Descritores: Adesivos dentinários. Esmalte dentário. Resistência ao cisalhamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Marly Araújo Maia, Universidade Federal de Pernambuco-UFPE
Mestranda em Clínica Integrada, FO-UFPE
Alessandro Leite Cavalcanti, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
Prof. Titular, Dept. Odontologia, FO-UEPB
Téssia Richelly Nóbrega Borja de Melo, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
Graduanda em Odontologia, UEPB. Bolsista Pibic/CNPq/UEPB
Alexandre Batista Lopes do Nascimento, Universidade Federal de Pernambuco-UFPE
Prof. do Curso de Odontologia, UFPE
Josuel Raimundo Cavalcante, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
Prof. Titular, Dept. Odontologia, UEPB

Referências

1. Carvalho RV, Lima FG, Demarco FF. Os adesivos simplificados reduzem efetivamente o tempo de trabalho? J Bras Dentist Estética.
2002;338-42.
2. Eick JD, Gwinnett AJ, Pashley DH, Robinson SJ. Current concepts on adhesion to dentin. Crit Rev Oral Biol Med. 1997;306-35.
3. Aguilar LT, Rezende NP, Reis A. Tensile bond strength of adhesive systems: effects of primer and termocycling. Pesqui Odontol Bras.
2002;16:37-42.
4. Oliveira WJ, Pagani C, Rodrigues JR. Comparação da adesividade de dois sistemas adesivos autocondicionantes em esmalte de dentes bovinos. Rev Fac Odontol São José dos
Campos. 2001;43-50.
5. Lopes BN, Sinhoreti MAC, Sobrinho LC, Consani S. Comparative study of the dental substrate used in shear bond strength tests.
Pesqui Odontol Bras. 2003;17:171-5.
6. Reis A, Carrilho MRO, Loguercio AD, Grande RHM. Sistemas adesivos atuais. JBC J Bras Clin Odontol Integr. 2001;455-66.
7. Wilder Jr. AD, Swift Jr. EJ, May Jr. KN, Waddell SL. Bond strengths of conventional and simplified bonding systems. Am J Dent.
1998;114-7.
8. Barkmeier WW, Gwinnett AJ. A scanning electron microscopy study of dentin and enamel surfaces treated with three new resin adhesive
systems. Compend Contin Educ Dent. 1989;145-53.
9. Hadavi F, Hey JH, Ambrose ER. The effect of dentin primer on the shear bond strength between composite resin and enamel. Oper
Dent. 1993;61-5.
10. Thoms LM, Nicholls JL, Brudvik JS, Kydd WL. The effect of dentin primer on the tensile bond strength to human enamel. Int J Prosthodont.
1994;403-9.
11. Woronko Jr GA, Saint Germain Jr HA, Meiers JC. Effect of dentin primer on the shear bond strength between composite resin and enamel.
Oper Dent. 1996;116-21.
12. Brosh T, Pilo R, Arcan M. Shear modulus – measurement methodology with application to light-cured resin composites. Dent Mater. 1996;52-7.
13. Bengtson AL, Guedes-Pinto AC, Turbino ML, Bengtson NG, Bengtson CRG. Contribuição na padronização de dentina para os ensaios de
adesividade de materiais resinosos. Pesqui Bras Odontopediatria Clin Integr. 2003;21-8.
14. Sinhoreti MAC, Goes MF, Consani S, Sobrinho LC. Avaliação dos sistemas adesivos sobre esmalte. RGO. 2000;27-30.
15. Diegoli NM, Sinhoreti MA, Correr Sobrinho L, Consani S, Goes MF. Avaliação in vitro da resistência ao cisalhamento de sistemas de
união à dentina. Rev ABO Nac. 2004;100-6.
16. Lopes GC, Cardoso PC, Vieira LC, Baratieri LN, Rampinelli K, Costa G. Shear bond strength of acetone-based one-bottle adhesive systems.
Braz Dent J. 2006;39-43.
17. Nascimento ABL, Teixeira HM, Emerenciano M, Pérez-Simon LD, Colomo MR. Estudo da resistência adesiva à dentina contaminada por
saliva. JBC J Bras Clin Est Odontol. 2003;59-63. 18. Pioch T, Staehle HJ. Experimental investigation of the shear strengths of teeth in the region of
the dentin enamel juntion. Quintessence Int.1996;711-4.
19. Perdigão J, Swift Jr ES. Adhesion of a total etch phosphate ester bonding agent. Am J Dent.1994;149-52.
20. Fujishima A, Ferracane JL. Comparison of four modes of fracture toughness testing for dental composites. Dent Mater. 1996;38-43.
21. Anusavice KJ. Phillips materiais dentários. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 1998.
22. Giannini M, Martins LRM, Pimenta LAF, Dias CTS. Comparação da resistência de união entre adesivos dentinários convencionais e de frasco único. Rev ABO Nac. 2003;23-7.
23. Russo EMA, Garone Netto N, Carvalho RCR, Santos MG. Influência do “primer” sobre o esmalte na resistência ao cisalhamento de sistemas adesivos. Rev Odontol Univ São Paulo. 1998;261-5.
24. Konno ANK, Sinhoreti MAC, Consani S, Sobrinho LC, Consani RLX. Storage effect on the shear bond strength of adhesive systems.
Braz Dent J. 2003;17:42-7.
Publicado
2016-03-14
Como Citar
Maia, A. M. A., Cavalcanti, A. L., Melo, T. R. N. B. de, Nascimento, A. B. L. do, & Cavalcante, J. R. (2016). Avaliação da resistência ao cisalhamento de diferentes sistemas adesivos monocomponentes ao esmalte humano. Arquivos Em Odontologia, 44(4). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3482
Seção
Artigos

Most read articles by the same author(s)