Prevalência de cistos e tumores odontogênicos em pacientes atendidos na Fundação Assistencial da Paraíba: estudo retrospectivo

  • Jozinete Vieira Pereira Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
  • Danillo Urquiza de Figueirêdo Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
  • Emmanuel Albuquerque Souza Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
  • Tatiana Stuart Vieira Holmes Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
  • Daliana Queiroga de Castro Gomes Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
  • Alessandro Leite Cavalcanti Universidade Estadual da Paraíba - UEPB

Resumo

Avaliar a prevalência de cistos e tumores odontogênicos em pacientes atendidos na Fundação Assistencial da Paraíba (FAP). Foi realizado um estudo observacional, epidemiológico e retrospectivo, por meio da análise de 2.268 prontuários odontológicos de pacientes atendidos no período de janeiro de 1999 a dezembro de 2008. Os dados foram coletados por um único examinador e registrados em ficha específica, sendo analisadas as variáveis: gênero, faixa etária, tipo de lesão (cisto ou tumor) e localização (maxila ou
mandíbula). A análise bivariada utilizou o teste do Qui-quadrado, sendo empregado um nível de significância de 5%. A prevalência de cistos e tumores foi de 1,9%, sendo verificada maior ocorrência no gênero feminino
(62,8%) e na faixa etária de indivíduos acima de 51 anos (25,6%). A maxila foi a região mais atingida (60,5%). Não se observou diferença estatisticamente significante entre o gênero e o tipo de lesão (P=0,249)
e entre a região envolvida e o tipo de lesão (p=0,190). Os cistos radiculares apicais foram os mais freqüentes (51,7%), seguido dos cistos dentígeros (20,7%). Quanto à distribuição segundo o gênero, entre os homens
houve predomínio do cisto dentígero, enquanto entre as mulheres a maior freqüência foi de cisto radicular apical. Em relação aos tipos de tumores, os ameloblastomas (35,8%) e os odontomas (35,8%) foram os mais
freqüentes e as mulheres foram mais afetadas que os homens (78,6% versus 21,4%). Concluiu-se ser baixa a prevalência de cistos e tumores odontogênicos, sendo observada maior ocorrência no gênero feminino, em
indivíduos acima de 51 anos e na região da maxila. 

Descritores: Cisto dentígero. Cistos odontogênicos. Tumores odontogênicos. Epidemiologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jozinete Vieira Pereira, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB

Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Campina Grande, PB, Brasil
Curso de Odontologia, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Campina Grande, PB, Brasil

Danillo Urquiza de Figueirêdo, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
Curso de Odontologia, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Campina Grande, PB, Brasil
Emmanuel Albuquerque Souza, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
Curso de Odontologia, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Campina Grande, PB, Brasil
Tatiana Stuart Vieira Holmes, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Campina Grande, PB, Brasil
Daliana Queiroga de Castro Gomes, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
Curso de Odontologia, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Campina Grande, PB, Brasil
Alessandro Leite Cavalcanti, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Campina Grande, PB, Brasil
Curso de Odontologia, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Campina Grande, PB, Brasil

Referências

1. Volkweis MR, Wagner JCB, Gerhardt EL. Cisto e tumores odontogênicos: um guia para o diagnóstico diferencial. J Bras Clin Odontol Int. 2002; 6:36-42.
2. Domingos AC, Almeida SM, Boscolo FN. Cisto odontogênico glandular: uma lesão rara. Odontologia Clín-Científ. 2002; 1:165-8.
3. Neville BW, Damm DD. Cistos e tumores odontogênicos. In: Neville BW, Damm DD. Patologia oral e maxilofacial. 2.ed. Rio de
Janeiro: Guanabara-Koogan, 2004.
4. Elias E, Fadel F. Cisto odontogênico dentígero relato de caso: criança de 7 anos. J Bras Odontol Clín. 1999; 3:82-5.
5. Tortorici S, Amodio E, Massenti MF, Buzzanca ML, Burruano F, Vitale F. Prevalence and distribution of odontogenic cysts in Sicily: 1986-
2005. J Oral Sci. 2008; 50:15-8.
6. Vieira AR, Modesto A, Soares VR. Tratamento cirúrgico conservador de cisto dentígero. Rev Assoc Paul Cir Dent. 1995; 49:380-3.
7. Souza Costa CA, Pamplona FC. Mecanismo de formação de lesões periapicais: granuloma e cistos. ROBRAC. 2002; 11:34-41.
8. Sá ACD, Zardo M, Paes Junior AJO, Souza RP, Neme MP, Sabedotti I, Lovato AFG, Costa KD, Rapoport A. Ameloblastoma da mandíbula: relato de dois casos. Radiol Bras. 2004; 37:465-8.
9. Kawai T, Murakami S, Nishiyama H, Kishino M, Sakuda M, Fuchihata H. Diagnostic imaging for a case of maxillary myxoma with a review of the magnetic resonance images of myxoid lesions. Oral Surg Oral Med Oral Pathol Oral Radiol Endod. 1997; 84:449-54.
10. Saddy MS, Chilvarquer I, Dib LL, Sandoval RL. Aspectos clínicos, radiográficos e terapêuticos do ameloblastoma. RPG Rev Pós Grad. 2005; 12:460-5.
11. Freitas MCA, Moreira ALG, Santos JN, Ramalho LMP, Reis SRA. Tumor odontogênico epitelial calcificante: relato de um caso clínico.
Rev Bras Patol Oral. 2005; 4:51-9.
12. Miller CS, Bean LR. Pericoronal radiolucencies with and without radiopacities. Dent Clin North Am. 1994; 38:51-61.
13. Iwaki LCV, Silva MC, Iwaki Filho L, Depintor AM, Marques LM, Hirata MH. Tumor odontogênico adenomatóide: relato de caso e
revisão de literatura. Rev ABRO. 2006; 7:169- 74.
14. Kuramochi MM, Vanti LA, Berenguel IA, Pereira WL, Zangrando D. Acesso extraoral para reconstrução primária em odontoma
complexo raro em mandíbula. Rev Port Estomatol Med Dent Cir Maxilofac. 2006; 47:35-40.
15. Barnes L, Everson J, Reichart P. World Health Organization classification of tumours: pathology and genetics of tumors of the head and neck. Lyon, France, International Agency for Research on Cancer, 2005.
16. Camisasca DR, Janini MER, Silva Júnior JÁ, Bernardo V. Cistos e tumores odontogênicos: Estudo epidemiológico. Rev Assoc Paul Cir
Dent. 2005; 59:261-6.
17. Avelar RL, Antunes AZ, Santos TS, Andrade ESS, Dourado E. Tumores odontogênicos: estudo clínico-patológico de 238 casos. Rev
Bras Otorrinolaringol. 2008; 74:668-73.
18. Daley TD, Wysocki GP, Pringle GA. Relative incidence of odontogenic tumors and oral and jaw cysts in a Canadian population. Oral Surg Oral Med Oral Pathol. 1994; 77:276-80.
19. Santos JN, Pereira Pinto L, Figueredo CRLV, Souza LB. Odontogenic tumors: analysis of 127 cases. Pesqui Odontol Bras. 2001; 15:308-13.
20. Nascimento GIF, Paraíso DP, Goés PSA, Sobral APV. Estudo epidemiológico de 2.147 casos de lesões bucomaxilofaciais Rev Bras
Patol Oral. 2005; 4:82-9.
21. Bento PM, Souza LB, Pereira Pinto L. Estudo epidemiológico dos cistos odontogênicos: análise de 446 casos. Rev Odonto Ciência.
1996; 11:125-42.
22. Meningaud JP, Oprean N, Pitak-Arnnop P, Bertrand JC. Odontogenic cysts: a clinical study of 695 cases. J Oral Sci. 2006; 48:59- 62.
23. Avelar RL, Antunes AA, Carvalho RW, Bezerra PG, Oliveira Neto PJ, Andrade ES. Odontogenic cysts: a clinicopathological study of 507 cases. J Oral Sci. 2009; 51:581-6.
24. Santos TS, Antunes AA, Avelar RL, Antunes AP. Cistos odontogênicos: estudo epidemiológico de 72 casos Rev Bras Cir Cabeça Pescoço. 2007; 36:30-2.
25. Bacaltchuk M, Cumerlato ML, Zardo P, Luisi SB, Rados PV, Barbachan JJD. Avaliação da prevalência de lesões periapicais examinadas no laboratório de patologia bucal da FO PUCRS
nos anos de 1973, 1983, 1993 e 2003. Rev Odonto Ciência. 2005; 20: 324-9.
26. Ochsenius G, Escobar E, Godoy L, Peñafiel C. Odontogenic cysts: Analysis of 2.944 cases in Chile. Med Oral Patol Oral Cir Bucal. 2007;
12:85-91.
27. Mosqueda-Taylor A, Ledesma-Montes C, Caballero-Sandoval S, Portilla-Robertson J, Ruíz- Godoy Rivera LM, Meneses-García A.
Odontogenic tumors in Mexico: a collaborative retrospective study of 349 cases. Oral Surg Oral Med Oral Pathol Oral Radiol Endod. 1997;
84:672-5.
28. Lu Y, Xuan M, Takata T, Wang C, He Z, Zhou Z, Mock D, Nikai H. Odontogenic tumors: A demographic study of 759 cases in a Chinese
population Oral Surg Oral Med Oral Pathol Oral Radiol Endod. 1998; 86:707-14.
29. Belinda BS, Martín TFJ, Reynaldo FE, Francisco RMJ, Gerardo HRH. Prevalencia de tumores odontogênicos en el Hospital Central de San Luis Potosí de 1952-1997. Rev ADM. 1998; 55:173- 6.
30. Tawfik MA, Zyada MM. Odontogenic tumors in Dakahlia, Egypt: analysis of 82 cases. Oral Surg Oral Med Oral Pathol Oral Radiol Endod. 2010; 109:e67-73.
Publicado
2016-05-10
Como Citar
Pereira, J. V., Figueirêdo, D. U. de, Souza, E. A., Holmes, T. S. V., Gomes, D. Q. de C., & Cavalcanti, A. L. (2016). Prevalência de cistos e tumores odontogênicos em pacientes atendidos na Fundação Assistencial da Paraíba: estudo retrospectivo. Arquivos Em Odontologia, 46(2). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3530
Seção
Artigos

Most read articles by the same author(s)