A EMERGÊNCIA DA CULTURA VISUAL: ALGUNS ELEMENTOS DA MUTAÇÃO DO SUJEITO ARTE-EDUCATIVO

Autores

  • Fernando Luiz Zanetti Faculdade de Educação - FE - USP

Palavras-chave:

Palavras-chave: Arte-educação, Filosofia da educação, Pedagogização, Educação da cultura visual, Canto orfeônico.

Resumo

RESUMO: O presente artigo é parte de uma pesquisa que problematiza o encontro da arte com a educação, no Brasil, nas últimas duas décadas. Pautados em procedimentos analíticos advindos do pensamento de Michel Foucault, buscaram-se delinear as condições de possibilidade da transição de um sujeito que possui, de acordo com Ana Mae Barbosa, proveniência em práticas como a do Canto Orfeônico, para um sujeito forjado na Cultura Visual. Trabalhou-se com uma extensa gama de artigos de revistas acadêmicas, as quais permitiram mapear um arquivo em que tais práticas se instituíram. Notou-se que tal transição, apesar de visar a um projeto emancipatório de mudança social, comunga absolutamente com os recentes modelos de controle social dos sujeitos da educação.

 

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Luiz Zanetti, Faculdade de Educação - FE - USP

Doutor, mestre, bacharel, licenciado e possui formação em Psicologia pela Unesp de Assis e fez pós-doutorado na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo - FEUSP (2013-2015). É associado fundador e diretor da ONG. CIRCUS - Circuito de Interação de Redes Sociais desde 2001. Foi Gestor da Subsede Assis do CRP SP nos anos de 2009 a 2012. Foi professor da Unesp de Assis nos anos de 2007 e 2008, da Faculdade da Alta Paulista - FAP, 2008 - 2013 e das Faculdades Integradas de Ourinhos - FIO 2012-2013. É professor da Fundação Educacional do município de Assis - FEMA desde 2012 e atualmente é professor da Faculdades Integradas de Ourinhos - FIO. 

Publicado

2021-08-02

Edição

Seção

Artigos